1. É O TEMPO DE SEGAR

1 É o tempo de se ar e tu sem vacilar,

Declaraste sem temor: “Não posso trabalhar?”

Vem, enquanto Cristo, o Mestre, está a te chamar:

“Jovem, jovem, ó vem trabalhar!”

VEM E VÊ OS CAMPOS BRANCOS JÁ ESTÃO

AGUARDANDO BRAÇOS QUE OS SEGARÃO;

JOVEM DESPERTA FAZ-TE PRONTO E ALERTA.

QUEIRAS LOGO RESPONDER: “EIS-ME AQUI, SENHOR”.

OLHA QUE A SEARA BEM MADURA ESTÁ;

QUE COLHEITA GLORIOSA NÃO SERÁ!

JOVEM DESPERTA. FAZ-TE PRONTO E ALERTA!

POUCOS DIAS SÃO QUE RESTAM PARA O SEGADOR!

  1. As gavelas que recolhes: jóias de esplendor

Brilharão na tua coroa, e darão fulgor;

Busca logo essas jóias Deus é premiado;

Jovem, jovem, entra nó labor!

  1. A manhã á vai passando, não mais voltará;

Da colheita o tempo brevemente findará;

E perante o teu Senhor vazio findarás;

Jovem, jovem, obedece já

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *