1. AO LAR PATERNAL

  1. Quero vos contar a história dum varão,

Que Jesus outrora relatou,

O qual tinha dois filhos em feliz mansão,

Té que o mais jovem o deixou.

FILHO DESLEAL AO LAR PATERNAL,

QUEIRAS HOJE REGRESSAR!

POIS O PAI ESTÁ POR TI ESPERANDO LÁ;

PECADOR, Ó VOLTA P’RA TEU LAR!

  1. O mais moço disse ao seu bondoso pai:

“A heranÇa minha queiras dar”;

E a sua fazenda alegremente vai

Num país distante desfrutar.

  1. O incauto jovem os seus bens esbanjou

Com seus camaradas, no prazer;

Eis que vindo a fome, do seu pai se lembrou

Que pudera sempre o suster.

  1. O perdido filho, ao lar por fim, voltou,

Mui arrependido do que fez;

E o pai contente, amoroso o beijou,

Pois seu filho via outra vez!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *