1. AO GÓLGOTA

  1. Ao Gólgota ascende alma minha,

Contempla ali teu Senhor,

Também a agonia que tinha,

Sofrendo por ti com amor;

Não vês uma rubra torrente

Cobrindo a terra de horror?

E o sangue de Cristo inocente

Vertido por mim, pecador.

  1. Minh’alma, te lava contente

No sangue do teu Redentor!

E Cristo a senda somente,

Que leva ao repouso de amor;

Jubila no onipotente

Por toda a Sua mercê,

Também pelo dom excelente

De Cristo em todo o que crê!

  1. Minh’alma, ó sobe p’ra o alto!

Ali ouvirás o falar

D’Aquele a quem eu exalto;

Não sabes que vê teu penar?

Na graça divina medita,

Que tens em Jesus, teu Senhor;

Recebe a glória bendita

Orando a Deus, com fervor!

  1. Hosanas ao onisciente!

Jesus veio aqui p’ra salvar

Minh’alma da “velha serpente”

Que anda no mundo a tentar;

Hosanas a Deus entoemos

Por Sua Palavra de amor;

Hosanas e glória rendemos,

A Cristo Jesus. o Senhor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *