1. À BEIRA DA ESTRADA

  1. À beira da estrada estão

Muitos que esperam a salvação;

Podem tais almas sem Deus perecer,

Ou estás pronto para as socorrer?

QUEM HOJE DIRÁ; “EIS-ME AQUI, SENHOR

EU QUERO AOS PERDIDOS FALAR DO AMOR,

A QUANTOS NA SENDA DA VIDA ACHAR,

DE CRISTO EU IREI FALAR

  1. A beira da estrada estão

Muitos que buscam do céu o pão;

Para os famintos, oh! quem falará

Do Evangelho que lhes saciará?

  1. Pelo caminho em que vais,

Existem enfermos espirituais;

Qual o bom samaritano, farás,

Ou qual escriba. além passarás?

  1. Quando a jornada terminar

E o fim da estrada se aproximar,

Conhecerás muitos na multidão,

Que receberam, de Deus, salvação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *