1. O GRANDE “EU SOU”

1 Não perturbeis o coração,

Porque Eu sempre sou fiel;

Eu fecho a boca do “leão”,

Na cova estou com Daniel.

SOU EU AQUELE, O GRANDE “EU SOU”        

E, ONDE ESTAIS, TAMBÉM ESTOU;           

NÃO DISSE EU, HÁ MUITO JÁ:        

“PEDI, PEDI… DAR-SE-VOS-Á”?           

PEDI COM FÉ E COM FERVOR          

E VOS DAREI O CONSOLADOR.      

2 Quem tem a fé de Abraão,

O mundo sempre há de vencer;

Quem quer ter firme o coração,

Precisa igualmente crer.

3 Um terremoto e vento, após,

Do céu, um fogo e mui furor,

Ouviu Elias a minha voz,

Voz do Eterno, voz de amor.

4 Um certo dia, Estevão viu

O céu aberto e viu-me a mim;

Apedrejado, sucumbiu,

Mas foi fiel, até o fim.

5 Firmado em mim, Rocha Eternal,

Assim jamais o crente cai;

Buscai o dom celestial,

Que vem da casa de meu Pai.            J.R.

1 opinião sobre “84 O GRANDE “EU SOU””

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *