17.E vós sabereis que eu sou o SENHOR, vosso Deus, que habito em Sião, o monte da minha santidade; e Jerusalém será santidade; estranhos não passarão mais por ela.

20.Mas Judá será habitada para sempre, e Jerusalém, de geração em geração.

21.E purificarei o sangue dos que eu não tinha purificado, porque o SENHOR habitará em Sião.