PROVEBIO EM AUDIO CLIC AQUI

Salmos NTLH

Sl 1

Felizes são aqueles que não se deixam levar pelos conselhos dos maus, que não seguem o exemplo dos que não querem saber de Deus e que não se juntam com os que zombam de tudo o que é sagrado!

Pelo contrário, o prazer deles está na lei do SENHOR, e nessa lei eles meditam dia e noite.

Essas pessoas são como árvores que crescem na beira de um riacho; elas dão frutas no tempo certo, e as suas folhas não murcham. Assim também tudo o que essas pessoas fazem dá certo.

O mesmo não acontece com os maus; eles são como a palha que o vento leva.

No Dia do Juízo eles serão condenados e ficarão separados dos que obedecem a Deus.

Pois o SENHOR dirige e abençoa a vida daqueles que lhe obedecem, porém o fim dos maus são a desgraça e a morte.

 

Sl 2

Por que as nações pagãs planejam revoltas? Por que os povos fazem planos tão tolos?

Os seus reis se preparam, e os seus governantes fazem planos contra Deus, o SENHOR, e o rei que ele escolheu.

Esses rebeldes dizem: “Vamos nos livrar do domínio deles; acabemos com o poder que eles têm sobre nós.”

Do seu trono lá no céu o Senhor ri e zomba deles.

Então, muito irado, ele os ameaça e os assusta com o seu furor.

Ele diz: “Já coloquei o meu rei no trono lá em Sião, o meu monte santo.”

O rei diz: “Anunciarei o que o SENHOR afirmou. O SENHOR me disse: ‘Você é meu filho; hoje eu me tornei seu pai.

Peça, e eu lhe darei todas as nações; o mundo inteiro será seu.

Com uma barra de ferro, você as quebrará e as fará em pedaços como se fossem potes de barro.’”

Agora escutem, ó reis; prestem atenção, autoridades!

Adorem o SENHOR com temor. Tremam e se ajoelhem diante dele;

se não, ele ficará irado logo, e vocês morrerão. Felizes são aqueles que buscam a proteção de Deus!

 

Sl 3

Davi escreveu este salmo quando fugia do seu filho Absalão. Ó SENHOR Deus, tenho tantos inimigos! São muitos os que se viram contra mim!

Eles conversam a meu respeito e dizem: “Deus não o ajudará!”

Mas tu, ó SENHOR, me proteges como um escudo. Tu me dás a vitória e renovas a minha coragem.

Eu chamo o SENHOR para me ajudar, e lá do seu monte santo ele me responde.

Eu me deito, e durmo tranqüilo, e depois acordo porque o SENHOR me protege.

Não tenho medo dos milhares de inimigos que me ameaçam de todos os lados.

Vem, ó SENHOR! Salva-me, meu Deus! Tu atacas os meus inimigos; tu humilhas os maus e acabas com o seu poder.

És tu que dás a vitória. Ó SENHOR Deus, abençoa o teu povo.

 

Sl 4

Salmo de Davi. Ao regente do coro-para instrumentos de cordas. Ó Deus, defensor dos meus direitos, responde-me quando eu te chamar! Eu estava em dificuldade, mas tu me ajudaste. Tem misericórdia de mim e ouve a minha oração!

Homens poderosos, até quando vocês vão me insultar? Até quando amarão o que não tem valor e andarão atrás de falsidades?

Lembrem que o SENHOR Deus trata com cuidado especial aqueles que são fiéis a ele; o SENHOR me ouve quando eu o chamo.

Tremam de medo e parem de pecar. Sozinhos e quietos nos seus quartos, examinem a sua própria consciência.

Ofereçam sacrifícios como o SENHOR exige e ponham a sua confiança nele.

Há muitas pessoas que oram assim: “Dá-nos mais bênçãos, ó SENHOR Deus, e olha para nós com bondade!”

Mas a felicidade que pões no meu coração é muito maior do que a daqueles que têm comida com fartura.

Quando me deito, durmo em paz, pois só tu, ó SENHOR, me fazes viver em segurança.

 

Sl 5

Salmo de Davi. Ao regente do coro-para flautas. Ó SENHOR Deus, ouve as minhas palavras e escuta os meus gemidos!

Meu Rei e meu Deus, atende o meu pedido de ajuda, pois eu oro a ti, ó SENHOR!

De manhã ouves a minha voz; quando o sol nasce, eu faço a minha oração e espero a tua resposta.

Tu não és Deus que tenha prazer na maldade; tu não permites que os maus sejam teus hóspedes.

Tu não suportas a presença dos orgulhosos e detestas os que praticam o mal.

Acabas com os mentirosos e desprezas os violentos e os falsos.

Mas, por causa do teu grande amor, eu posso entrar nos pátios da tua casa e ajoelhar com todo o respeito, voltado para o teu santo Templo.

Ó SENHOR Deus, ajuda-me a fazer a tua vontade e faze com que o teu caminho seja reto e plano para mim! Que os meus inimigos vejam que tu estás comigo!

Não se pode confiar no que eles dizem, pois só pensam em destruir. A sua conversa é uma bajulação macia, mas está cheia de engano e morte.

Condena e castiga-os, ó Deus! Que os próprios planos deles os façam cair na desgraça! Expulsa-os da tua presença, pois eles muitas vezes quebram as tuas leis e se revoltam contra ti.

Mas os que buscam abrigo em ti ficarão contentes e sempre cantarão de alegria porque tu os defendes. Os que te amam encontram a felicidade em ti.

Pois tu, ó SENHOR Deus, abençoas os que te obedecem, a tua bondade os protege como um escudo.

 

Sl 6

Salmo de Davi. Ao regente do coro-para instrumentos de oito cordas. Ó SENHOR Deus, não me repreendas quando estiveres irado! Não me castigues no teu furor.

Tem compaixão de mim, pois me sinto fraco. Dá-me saúde, pois o meu corpo está abatido,

e a minha alma está muito aflita. Ó Deus, quando virás me curar?

Vem salvar a minha vida, ó SENHOR Deus! Por causa do teu amor, livra-me da morte.

Pois no mundo dos mortos não és lembrado, e lá ninguém pode te louvar.

Estou cansado de chorar. Todas as noites a minha cama se molha de lágrimas, e o meu choro encharca o travesseiro.

Por causa dos meus inimigos, os meus olhos estão inchados de tanto chorar, e quase não posso enxergar.

Afastem-se de mim, vocês que fazem o mal! O SENHOR Deus me ouve quando choro;

ele me escuta quando peço ajuda e atende as minhas orações.

Os meus inimigos ficarão envergonhados e apavorados; eles fugirão de repente, em completa confusão.

 

Sl 7

Hino que Davi cantou a Deus por causa de Cuche, o benjamita. Ó SENHOR, meu Deus, em ti encontro segurança. Salva-me, livra-me de todos os que me perseguem.

Não permitas que eles, como um leão, me peguem e me despedacem, sem que ninguém possa me salvar.

Ó SENHOR, meu Deus, se tenho feito qualquer uma destas coisas: se cometi alguma injustiça contra alguém,

se traí um amigo, se cometi sem motivo alguma violência contra o meu inimigo,

então que os meus inimigos me persigam e me agarrem! Que eles me deixem caído no chão, morto, e largado sem vida no pó!

Ó SENHOR, levanta-te com ira. e enfrenta a fúria dos meus inimigos! Levanta-te e ajuda-me, porque tu exiges que a justiça seja feita.

Ajunta todos os povos em volta de ti e, de cima, reina sobre eles.

Ó SENHOR Deus, tu és o juiz de todas as pessoas. Julga a meu favor, pois sou inocente e correto.

Eu te peço que acabes com a maldade dos maus e que recompenses os que são direitos. Pois tu és Deus justo e julgas os nossos pensamentos e desejos.

Deus me protege como um escudo; ele salva os que são honestos de verdade.

Deus é um juiz justo; todos os dias ele condena os maus.

Se eles não se arrependerem, Deus afiará a sua espada. Ele já armou o seu arco para disparar flechas.

Ele pega as suas armas mortais e atira as suas flechas de fogo.

Vejam como os maus imaginam maldades. Eles planejam desgraças e vivem mentindo.

Armam armadilhas para pegarem os outros, mas eles mesmos caem nelas.

Assim eles são castigados pela sua própria maldade, são feridos pela sua própria violência.

Eu, porém, agradecerei a Deus a sua justiça e cantarei louvores ao SENHOR, o Deus Altíssimo.

 

Sl 8

Salmo de Davi. Ao regente do coro-com a melodia de “Os Lagares”. Ó SENHOR, nosso Deus, a tua grandeza é vista no mundo inteiro. O louvor dado a ti chega até o céu

e é cantado pelas crianças e pelas criancinhas de colo. Tu construíste uma fortaleza para te proteger dos teus inimigos, para acabar com todos os que te desafiam.

Quando olho para o céu, que tu criaste, para a lua e para as estrelas, que puseste nos seus lugares—

que é um simples ser humano para que penses nele? Que é um ser mortal para que te preocupes com ele?

No entanto, fizeste o ser humano inferior somente a ti mesmo e lhe deste a glória e a honra de um rei.

Tu lhe deste poder sobre tudo o que criaste; tu puseste todas as coisas debaixo do domínio dele:

as ovelhas e o gado e os animais selvagens também;

os pássaros e os peixes e todos os seres que vivem no mar.

Ó SENHOR, nosso Deus, a tua grandeza é vista no mundo inteiro.

 

Sl 9

Salmo de Davi. Ao regente do coro-com a melodia de “A Morte do Filho”. Ó SENHOR Deus, eu te louvarei com todo o coração e contarei todas as coisas maravilhosas que tens feito.

Por causa de ti eu me alegrarei e ficarei feliz. Cantarei louvores a ti, ó Deus Altíssimo.

Quando apareces, os meus inimigos fogem; eles caem e morrem.

Tu és um juiz justo e, sentado no teu trono, fizeste justiça, julgando a meu favor.

Tu condenaste os pagãos e destruíste os maus; eles nunca mais serão lembrados.

Arrasaste as cidades dos nossos inimigos; elas foram destruídas para sempre, e eles estão completamente esquecidos.

Mas o SENHOR é Rei para sempre. Sentado no seu trono, ele faz os seus julgamentos.

Deus governa o mundo com justiça e julga os povos de acordo com o que é direito.

O SENHOR é um abrigo para os que são perseguidos; ele os protege em tempos de aflição.

Ó SENHOR, aqueles que te conhecem confiam em ti, pois não abandonas os que procuram a tua ajuda.

Cantem louvores ao SENHOR, que reina em Jerusalém. Anunciem às nações o que ele tem feito.

Pois Deus lembra dos que são perseguidos; ele não esquece os seus gemidos e castiga aqueles que os tratam com violência.

Ó SENHOR Deus, tem compaixão de mim! Vê como me fazem sofrer os que me odeiam. Livra-me da morte

a fim de que eu, na presença do povo de Jerusalém, possa me levantar para anunciar o motivo por que te louvo e dizer que sou feliz porque me salvaste da morte.

Os pagãos caíram na cova que fizeram; foram apanhados na armadilha que eles mesmos armaram.

O SENHOR se torna conhecido por causa dos seus julgamentos justos, e os maus caem nas suas próprias armadilhas.

Eles acabarão no mundo dos mortos; para lá irão todos os que rejeitam a Deus.

Os pobres não serão esquecidos para sempre, e os necessitados não perderão para sempre a esperança.

Vem, ó SENHOR, e não deixes que os seres humanos te desafiem! Põe os povos pagãos diante de ti e julga-os.

Faze, ó SENHOR Deus, com que sintam medo! Que eles fiquem sabendo que são simples criaturas mortais!

 

Sl 10

Ó SENHOR Deus, por que ficas aí tão longe? Por que te escondes em tempos de aflição?

Os maus são orgulhosos e perseguem os pobres; que eles caiam nas suas próprias armadilhas!

Os maus falam com orgulho dos seus desejos. As pessoas que exploram os outros desprezam o SENHOR e blasfemam contra ele.

O homem mau não se importa com Deus; por causa do seu orgulho ele pensa assim: “Para mim, Deus não tem importância.”

Tudo o que esse homem faz dá certo. Ele não pode entender os julgamentos de Deus e zomba dos seus inimigos.

Ele pensa assim: “Nunca fracassarei; nunca terei dificuldades.”

A sua boca está cheia de maldições, mentiras e ameaças. Ele só fala de desgraças e de maldades.

Ele se esconde perto dos povoados; espera ali e mata pessoas inocentes.

Como um leão, ele espera no seu esconderijo e espia os que não podem se defender. Fica de tocaia, esperando pelos que são perseguidos; então pega as vítimas na armadilha e as arrasta dali.

Elas são esmagadas e caem, derrotadas pela força bruta.

Esse homem mau pensa assim: “Deus não se importa; ele fechou os olhos e nunca vê nada!”

Vem, ó SENHOR Deus, e castiga essa gente má! Não te esqueças dos que estão sendo perseguidos!

Como pode a pessoa má desprezar a Deus e pensar que Deus não a castigará?

Mas tu, ó Deus, vês e percebes o sofrimento e a tristeza e sempre estás pronto para ajudar. Os que não podem se defender confiam em ti; tu sempre tens socorrido os necessitados.

Senhor, acaba com o poder dos maus e dos perversos. Castiga-os por causa das suas maldades até que eles não as pratiquem mais.

O SENHOR é Rei para sempre; os pagãos serão expulsos da terra dele.

Ó SENHOR Deus, tu ouvirás as orações dos que são perseguidos e lhes darás coragem.

Tu ouvirás os gritos dos oprimidos e dos necessitados e julgarás a favor deles para que seres humanos, que são mortais, nunca mais espalhem o terror.

 

Sl 11

De Davi. Ao regente do coro. Com Deus, o SENHOR, estou seguro. Não adianta me dizerem: “Fuja como um pássaro para as montanhas

porque os maus já armaram os seus arcos e de tocaia apontam as flechas para atirar nas pessoas direitas.

O que pode fazer a pessoa honesta quando as leis e os bons costumes são desprezados?”

O SENHOR Deus está no seu santo Templo; o seu trono está no céu. Ele vê todas as pessoas e sabe o que elas fazem.

O SENHOR examina os que lhe obedecem e também aqueles que são maus; com todo o coração ele detesta os que gostam de praticar violências.

Deus faz cair enxofre e brasas sobre os maus; ele os castiga com ventos que queimam como o fogo.

O SENHOR faz o que é certo e ama a honestidade; as pessoas que são obedientes a ele viverão na sua presença.

 

Sl 12

Salmo de Davi. Ao regente do coro-para instrumentos de oito cordas. Salva-nos, ó SENHOR Deus, pois já não há mais pessoas de confiança, e os que são fiéis a ti desapareceram da terra.

Todos dizem mentiras uns aos outros; um engana o outro com bajulações.

Ó SENHOR, faze com que esses bajuladores se calem! Fecha a boca dessa gente convencida.

Eles dizem: “Com as nossas palavras venceremos; ninguém vai tapar a nossa boca. Quem é que manda em nós?”

Mas o SENHOR Deus diz: “Agora eu vou agir porque os necessitados estão sendo oprimidos, e os perseguidos gemem de dor. Eu lhes darei a segurança que tanto esperam.”

As promessas do SENHOR merecem confiança; elas são como a prata pura, refinada sete vezes no fogo.

Ó SENHOR Deus, guarda-nos sempre bem protegidos e livra-nos dos maus,

pois eles andam por toda parte, e todas as pessoas dão valor àquilo que é mau.

 

Sl 13

Salmo de Davi. Ao regente do coro. Ó SENHOR Deus, até quando esquecerás de mim? Será para sempre? Por quanto tempo esconderás de mim o teu rosto?

Até quando terei de suportar este sofrimento? Até quando o meu coração se encherá dia e noite de tristeza? Até quando os meus inimigos me vencerão?

Ó SENHOR, meu Deus, olha para mim e responde-me! Dá-me forças novamente para que eu não morra.

Assim os meus inimigos não poderão se alegrar com a minha desgraça, nem poderão dizer: “Nós o derrotamos!”

Eu confio no teu amor. O meu coração ficará alegre, pois tu me salvarás.

E, porque tens sido bom para mim, cantarei hinos a ti, ó SENHOR.

 

Sl 14

De Davi. Ao regente do coro. Os tolos pensam assim: “Para mim, Deus não tem importância.” Todos são corruptos e as coisas que eles fazem são nojentas; não há uma só pessoa que faça o bem.

Lá do céu o SENHOR Deus olha para a humanidade a fim de ver se existe alguém que tenha juízo, se existe uma só pessoa que o adore.

Mas todos se desviaram do caminho certo e são igualmente corruptos. Não há mais ninguém que faça o bem, não há nem mesmo uma só pessoa.

O SENHOR pergunta: “Será que toda essa gente má não entende nada? Eles vivem explorando o meu povo e não oram a mim.”

Mas eles vão tremer de medo porque Deus está do lado daqueles que lhe obedecem.

Os maus fazem com que fracassem as esperanças dos necessitados, mas estes são protegidos pelo SENHOR.

Queira Deus que de Jerusalém venha a vitória para Israel! Como ficarão felizes e alegres os descendentes de Jacó quando o SENHOR fizer com que eles prosperem de novo!

 

Sl 15

Salmo de Davi. Ó SENHOR Deus, quem tem o direito de morar no teu Templo? Quem pode viver no teu monte santo?

Só tem esse direito aquele que vive uma vida correta, que faz o que é certo e que é sincero e verdadeiro no que diz.

Ele não fala mal dos outros, não prejudica os seus amigos e não espalha boatos a respeito dos seus vizinhos.

Ele despreza aqueles que o SENHOR rejeita, mas trata com respeito os que o temem. Ele cumpre o que promete, mesmo com prejuízo próprio,

empresta sem cobrar juros e não aceita suborno para ser testemunha contra pessoas inocentes. Aquele que age assim estará sempre seguro.

 

Sl 16

Hino de Davi. Guarda-me, ó Deus, pois em ti eu tenho segurança!

Eu disse a Deus, o SENHOR: “Tu és o meu Senhor; tudo o que tenho de bom vem de ti.”

Como são admiráveis as pessoas que se dedicam a Deus! O meu maior prazer é estar na companhia delas.

Aqueles que correm atrás de outros deuses trazem muito sofrimento para si mesmos. Eu não tomarei parte nas suas ofertas de sangue, nem adorarei os seus deuses.

Tu, ó SENHOR Deus, és tudo o que tenho. O meu futuro está nas tuas mãos; tu diriges a minha vida.

Como são boas as bênçãos que me dás! Como são maravilhosas!

Eu louvo a Deus, o SENHOR, pois ele é o meu conselheiro, e durante a noite a minha consciência me avisa.

Estou certo de que o SENHOR está sempre comigo; ele está ao meu lado direito, e nada pode me abalar.

Por isso o meu coração está feliz e alegre, e eu, um ser mortal, me sinto bem seguro,

porque tu, ó Deus, me proteges do poder da morte. Eu tenho te servido fielmente, e por isso não deixarás que eu desça ao mundo dos mortos.

Tu me mostras o caminho que leva à vida. A tua presença me enche de alegria e me traz felicidade para sempre.

 

Sl 17

Oração de Davi. Ó SENHOR Deus, atende o meu pedido de justiça! Escuta o meu pedido de ajuda. Ouve a oração que faço com sinceridade.

Tu julgarás a meu favor porque sabes o que é direito.

Tu conheces o meu coração e de noite me visitas. Tu tens me examinado profundamente e não encontraste em mim nenhum desejo mau. Não digo coisas que te desagradam,

como os outros fazem. Tenho obedecido às tuas leis e tenho procurado não agir como os violentos.

Tenho andado sempre nos teus caminhos e nunca me desviei deles.

Eu oro a ti, ó Deus, porque tu me respondes. Por isso ouve-me, escuta as minhas palavras.

Mostra o teu amor maravilhoso, ó Salvador! Ao teu lado estou livre dos meus inimigos.

Protege-me como protegerias os teus próprios olhos e, na sombra das tuas asas,

esconde-me dos ataques dos maus. Inimigos violentos estão ao meu redor;

eles não têm pena de ninguém e falam com arrogância.

Eles me seguem de perto e agora estão em volta de mim, esperando o momento de me derrubarem.

Eles são como leões escondidos, esperando por mim, prontos para me despedaçar.

Vem, ó SENHOR Deus, enfrenta os meus inimigos e acaba com eles! Com a tua espada, salva-me dos maus.

Ó SENHOR Deus, livra-me daqueles que nesta vida têm tudo o que querem! Castiga-os com os sofrimentos que tens guardado para eles. Que haja bastante castigo para os seus filhos e que ainda sobre para os filhos dos seus filhos!

Mas eu te verei, pois tenho vivido corretamente; e, quando acordar, a tua presença me encherá de alegria.

 

Sl 18

De Davi. Ao regente do coro. Palavras da canção que Davi, servo de Deus, cantou a Deus, o SENHOR, no dia em que ele o livrou de Saul e de todos os seus inimigos.

Ó SENHOR Deus, como eu te amo! Tu és a minha força.

O SENHOR é a minha rocha, a minha fortaleza e o meu libertador. O meu Deus é uma rocha em que me escondo. Ele me protege como um escudo; ele é o meu abrigo, e com ele estou seguro.

Eu clamo a Deus, pedindo ajuda, e ele me salva dos meus inimigos. Louvem a Deus, o SENHOR!

Estive cercado de perigos de morte, e ondas de destruição rolaram sobre mim.

A morte me amarrou com as suas cordas, e a sepultura armou a sua armadilha para me pegar.

No meu desespero, eu clamei ao SENHOR e pedi que ele me ajudasse. Do seu templo no céu o SENHOR ouviu a minha voz, ele escutou o meu grito de socorro.

Então a terra tremeu e se abalou, e as bases dos montes balançaram e tremeram porque Deus estava irado.

Do seu nariz saiu fumaça, e da sua boca saíram brasas e fogo devorador.

Ele abriu o céu e desceu com uma nuvem escura debaixo dos pés.

Voou nas costas de um querubim e viajou rápido nas asas do vento.

Ele se cobriu de escuridão; nuvens grossas, cheias de água, estavam ao seu redor.

Brasas e chuva de pedra saíram dos relâmpagos que estavam diante dele e atravessaram as nuvens escuras.

Então o SENHOR trovejou do céu; o Altíssimo fez ouvir a sua voz.

Ele atirou as suas flechas e espalhou os seus inimigos; com o clarão dos seus relâmpagos ele os fez fugir.

Quando tu, ó SENHOR Deus, repreendeste os teus inimigos e, furioso, trovejaste contra eles, o fundo do mar apareceu, e os alicerces da terra ficaram descobertos.

Lá do alto, o SENHOR me estendeu a mão e me segurou; ele me tirou do mar profundo.

O SENHOR me livrou dos meus poderosos inimigos, daqueles que me odiavam. E todos eles eram fortes demais para mim.

Quando eu estava em dificuldade, eles me atacaram; porém o SENHOR me protegeu,

me livrou do perigo e me salvou porque me ama.

O SENHOR Deus me recompensa porque sou honesto; ele me abençoa porque sou inocente.

Eu tenho feito a vontade do SENHOR e nunca cometi o pecado de abandonar o meu Deus.

Eu tenho cumprido todas as suas leis e não tenho desobedecido aos seus mandamentos.

O SENHOR sabe que não cometi nenhuma falta e que tenho ficado longe do mal.

Assim ele me recompensa porque sou honesto e porque sabe que não sou culpado de nada.

Tu, ó SENHOR Deus, és fiel com os que são fiéis a ti e correto com aqueles que são corretos.

Tu és puro para os que são puros, mas és inimigo dos que são maus.

Tu salvas os humildes, mas humilhas os orgulhosos.

Tu, ó SENHOR, me iluminas; tu, meu Deus, acabas com a minha escuridão.

Tu me dás força para atacar os meus inimigos e poder para vencer as suas defesas.

Este Deus faz tudo perfeito e cumpre o que promete. Ele é como um escudo para os que procuram a sua proteção.

O SENHOR é o único Deus; somente Deus é a nossa rocha.

Ele é o Deus que me dá forças e me protege aonde quer que eu vá.

Ele não me deixa tropeçar e me põe a salvo nas montanhas.

Ele me treina para a batalha para que eu possa usar os arcos mais fortes.

Tu, ó SENHOR Deus, me deste o escudo que salva a minha vida. O teu cuidado me tem feito prosperar, e o teu poder me tem sustentado.

Tu não tens deixado que os meus inimigos me peguem, e eu não caí nenhuma vez.

Persigo esses inimigos e os pego de surpresa; não paro até acabar com eles.

Eu os esmago, e eles não podem se levantar; eles caem derrotados aos meus pés.

Tu me dás força para a batalha e fazes com que eu derrote os meus inimigos.

Tu fazes com que eles fujam de mim, e eu destruo os que me odeiam.

Eles gritam pedindo socorro, mas não há ninguém para salvá-los. Chamam o SENHOR Deus, mas ele não responde.

Eu os esmago, e eles viram pó, o pó que o vento leva. Eu os piso como se fossem a lama das ruas.

Tu me livras de revoluções no meio do povo e me colocas como rei das nações. Povos que eu não conhecia são agora meus escravos.

Estrangeiros se curvam diante de mim e me obedecem quando dou ordens.

Eles perdem a coragem e saem tremendo das suas fortalezas.

O SENHOR vive. Louvem aquele que é a minha rocha, anunciem a grandeza do Deus que salva a minha vida.

Ele me vinga dos meus inimigos, põe os povos debaixo do meu poder

e me livra dos meus adversários. Tu, ó SENHOR Deus, fazes com que eu vença os meus inimigos e me proteges dos homens violentos.

Por isso eu te louvo entre os pagãos; a ti eu canto hinos de louvor.

Deus dá grandes vitórias ao seu rei e mostra o seu amor a quem ele escolheu— a Davi e aos seus descendentes, para sempre.

 

Sl 19

Salmo de Davi. Ao regente do coro.

O céu anuncia a glória de Deus e nos mostra aquilo que as suas mãos fizeram.

Cada dia fala dessa glória ao dia seguinte, e cada noite repete isso à outra noite.

Não há discurso nem palavras, e não se ouve nenhum som.

No entanto, a voz do céu se espalha pelo mundo inteiro, e as suas palavras alcançam a terra toda. Deus armou no céu uma barraca para o sol.

O sol sai dali todo alegre como um noivo, como um atleta ansioso para entrar numa corrida.

O sol sai de um lado do céu e vai até o outro lado; nada pode se esconder do seu calor.

A lei do SENHOR é perfeita e nos dá novas forças. Os seus conselhos merecem confiança e dão sabedoria às pessoas simples.

Os ensinos do SENHOR são certos e alegram o coração. Os seus ensinamentos são claros e iluminam a nossa mente.

O temor ao SENHOR é bom e dura para sempre. Os seus julgamentos são justos e sempre se baseiam na verdade.

Os seus ensinos são mais preciosos do que o ouro, até mesmo do que muito ouro fino. São mais doces do que o mel, mais doces até do que o mel mais puro.

Senhor, os teus ensinamentos dão sabedoria a mim, teu servo, e eu sou recompensado quando lhes obedeço.

Quem pode ver os seus próprios erros? Purifica-me, Senhor, das faltas que cometo sem perceber.

Livra-me também dos pecados que cometo por vontade própria; não permitas que eles me dominem. Assim serei uma pessoa direita e ficarei livre do grave pecado da desobediência a ti.

Que as minhas palavras e os meus pensamentos sejam aceitáveis a ti, ó SENHOR Deus, minha rocha e meu defensor!

 

Sl 20

Salmo de Davi. Ao regente do coro.

Ó rei, que na hora da angústia o SENHOR Deus responda à sua oração! Que o Deus de Jacó o proteja!

Que, do seu Templo, Deus lhe envie socorro, e que, do monte Sião, ele o ajude!

Que Deus lembre de todas as suas ofertas e aceite com prazer os seus sacrifícios queimados no altar!

Que Deus satisfaça os seus desejos, ó rei, e permita que todos os seus planos dêem certo!

Então daremos gritos de alegria pelo seu triunfo e, em louvor ao nosso Deus, levantaremos as bandeiras da vitória. Que o SENHOR atenda todos os seus pedidos, ó rei!

Agora sei que o SENHOR dá a vitória ao rei que ele escolheu. Do seu santo céu, ele lhe responde e, com o seu grande poder, ele o torna vitorioso.

Alguns confiam nos seus carros de guerra, e outros, nos seus cavalos, mas nós confiamos no poder do SENHOR, nosso Deus.

Eles tropeçarão e cairão, mas nós nos levantaremos e ficaremos firmes.

Ó SENHOR Deus, dá a vitória ao rei! Responde-nos quando pedirmos a tua ajuda.

 

Sl 21

Salmo de Davi. Ao regente do coro.

Ó SENHOR Deus, o rei está muito feliz porque lhe deste força; está muito contente porque o tornaste vitorioso.

Tu satisfizeste os seus mais profundos desejos e lhe deste o que ele pediu.

Tu o recebeste com bênçãos preciosas e puseste uma coroa de ouro na sua cabeça.

O rei pediu vida, e tu lhe deste vida longa, sem fim.

A glória do rei é grande porque tu o ajudaste. Tu lhe deste majestade e fama.

As tuas bênçãos estão sobre ele para sempre, e a tua presença lhe dá muita alegria.

O rei confia no SENHOR, o Deus Altíssimo; e, por causa do amor do SENHOR, ele será rei para sempre.

O rei prenderá os seus inimigos; com a sua força ele prenderá todos os que o odeiam.

Ele aparecerá e os destruirá como um fogo devorador. Na sua ira, o SENHOR os devorará, e o fogo acabará com eles.

Nenhum dos seus descendentes ficará vivo; o rei matará todos.

Os inimigos planejam maldades e traições contra o rei, porém não terão sucesso.

Ele atirará as suas flechas contra eles e os fará fugir.

Ó SENHOR Deus, nós te louvaremos por causa do teu poder; nós cantaremos e louvaremos a tua força.

 

Sl 22

Salmo de Davi. Ao regente do coro-com a melodia de “A Corça da Manhã”.

Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste? Por que ficas tão longe? Por que não escutas quando grito pedindo socorro?

Meu Deus, durante o dia eu te chamo, mas tu não respondes. Eu te chamo de noite, mas não consigo descansar

Tu, porém, és santo e, sentado no teu trono, recebes os louvores do povo de Israel.

Os nossos antepassados puseram a sua confiança em ti; eles confiaram em ti, e tu os salvaste.

Eles te pediram ajuda e escaparam do perigo; confiaram em ti e não ficaram desiludidos.

Eu não sou mais um ser humano; sou um verme. Todos zombam de mim e me desprezam.

Todos os que me vêem caçoam de mim, mostrando a língua e balançando a cabeça.

Eles dizem: “Você confiou em Deus, o SENHOR; então por que ele não o salva? Se ele gosta de você, por que não o ajuda?”

No entanto, ó Deus, tu me trouxeste ao mundo quando nasci e, quando eu era uma criancinha, tu me guardaste.

Desde o meu nascimento, fui entregue aos teus cuidados; desde que nasci, tu tens sido o meu Deus.

Não te afastes de mim, pois o sofrimento está perto, e não há ninguém para me ajudar.

Como touros, muitos inimigos me cercam; todos eles estão em volta de mim, como fortes touros da terra de Basã.

Como leões, abrem a boca, rugem e se atiram contra mim.

Já não tenho mais forças; sou como água derramada no chão. Todos os meus ossos estão fora do lugar; o meu coração é como cera derretida.

A minha garganta está seca como o pó, e a minha língua gruda no céu da boca. Tu me deixaste como morto no chão.

Um bando de marginais está me cercando; eles avançam contra mim como cachorros e rasgam as minhas mãos e os meus pés.

Todos os meus ossos podem ser contados. Os meus inimigos me olham e gostam do que vêem.

Eles repartem entre si as minhas roupas e fazem sorteio da minha túnica.

Ó SENHOR Deus, não te afastes de mim! Vem depressa me socorrer.

Salva-me da espada; não deixes que esses cachorros me matem.

Livra-me desses leões; não consigo me defender desses touros selvagens.

Então contarei à minha gente o que tens feito; na reunião do povo eu te louvarei, dizendo:

“Louvem a Deus, o SENHOR, todos os que o temem. Descendentes de Jacó, prestem culto a Deus! Povo de Israel, adore o SENHOR!

Ele não abandona os pobres, nem esquece dos seus sofrimentos. Ele não se esconde deles, mas responde quando gritam por socorro.”

Na reunião de todo o povo, ó SENHOR, eu te louvarei pelo que tens feito. Na presença de todos os que te temem, oferecerei os sacrifícios que prometi.

Os pobres comerão da carne dos sacrifícios e ficarão satisfeitos; aqueles que adoram o SENHOR o louvarão. Que sejam sempre prósperos e felizes!

Todas as nações lembrarão de Deus, o SENHOR, todos os povos da terra se voltarão para ele, e todas as raças o adorarão.

Pois o SENHOR é Rei e governa as nações.

Todos os orgulhosos se curvarão na sua presença, e o adorarão todos os mortais, todos os que um dia vão morrer.

As pessoas dos tempos futuros o servirão e falarão às gerações seguintes a respeito de Deus, o Senhor.

Os que ainda não nasceram ouvirão falar do que ele fez: “Deus salvou o seu povo!”

 

Sl 23

Salmo de Davi.

O SENHOR é o meu pastor: nada me faltará.

Ele me faz descansar em pastos verdes e me leva a águas tranqüilas.

O SENHOR renova as minhas forças e me guia por caminhos certos, como ele mesmo prometeu.

Ainda que eu ande por um vale escuro como a morte, não terei medo de nada. Pois tu, ó SENHOR Deus, estás comigo; tu me proteges e me diriges.

Preparas um banquete para mim, onde os meus inimigos me podem ver. Tu me recebes como convidado de honra e enches o meu copo até derramar.

Certamente a tua bondade e o teu amor ficarão comigo enquanto eu viver. E na tua casa, ó SENHOR, morarei todos os dias da minha vida.

 

Sl 24

Salmo de Davi.

Ao SENHOR Deus pertencem o mundo e tudo o que nele existe; a terra e todos os seres vivos que nela vivem são dele.

O SENHOR construiu a terra sobre os mares e pôs os seus alicerces nas profundezas do oceano.

Quem tem o direito de subir o monte do SENHOR? Quem pode ficar no seu santo Templo?

Somente aquele que é correto no agir e limpo no pensar, que não adora ídolos, nem faz promessas falsas.

O SENHOR Deus o abençoará, o salvará e o declarará inocente no julgamento.

São assim as pessoas que adoram o SENHOR, que prestam culto ao Deus de Jacó.

Abram bem os portões, abram os portões antigos, e entrará o Rei da glória.

Quem é esse Rei da glória? É Deus, o SENHOR, forte e poderoso, o SENHOR, poderoso na batalha.

Abram bem os portões, abram os portões antigos, e entrará o Rei da glória.

Quem é esse Rei da glória? É Deus, o SENHOR Todo-Poderoso; ele é o Rei da glória.

 

Sl 25

De Davi,

Ó SENHOR Deus, a ti dirijo a minha oração.

Meu Deus, eu confio em ti. Salva-me da vergonha da derrota; não deixes que os meus inimigos se alegrem com a minha desgraça.

Os que confiam em ti não sofrerão a vergonha da derrota, mas serão derrotados os que sem motivo se revoltam contra ti.

Ó SENHOR, ensina-me os teus caminhos! Faze com que eu os conheça bem.

Ensina-me a viver de acordo com a tua verdade, pois tu és o meu Deus, o meu Salvador. Eu sempre confio em ti.

Ó SENHOR, lembra da tua bondade e do teu amor, que tens mostrado desde os tempos antigos.

Esquece os pecados e os erros da minha mocidade. Por causa do teu amor e da tua bondade, lembra de mim, ó SENHOR Deus!

O SENHOR é justo e bom e por isso mostra aos pecadores o caminho que devem seguir.

Deus guia os humildes no caminho certo e lhes ensina a sua vontade.

Ele é fiel e com amor guia todos os que são fiéis à sua aliança e que obedecem aos seus mandamentos.

Ó SENHOR Deus, cumpre a tua promessa e perdoa os meus pecados, porque são muitos!

Aqueles que temem o SENHOR aprenderão com ele o caminho que devem seguir.

Eles sempre terão sucesso, e a Terra Prometida será dos seus filhos.

O SENHOR Deus é amigo daqueles que o temem e lhes ensina as condições da aliança que fez com eles.

Eu olho sempre para o SENHOR, pois ele me livra do perigo.

Ó Deus, olha para mim e tem pena de mim, pois estou sendo perseguido e não tenho proteção!

Livra o meu coração de todas as aflições e tira-me de todas as dificuldades.

Vê as minhas tristezas e sofrimentos e perdoa todos os meus pecados.

Vê quantos inimigos tenho; vê como é grande o ódio deles contra mim.

Protege-me e salva-me; livra-me da vergonha da derrota, pois em ti encontro segurança.

Que a minha honestidade e sinceridade me protejam porque confio em ti!

Ó Deus, salva Israel, o teu povo, de todas as suas dificuldades!

 

Sl 26

De Davi.

Ó SENHOR Deus, declara que estou inocente, pois faço o que é certo e confio inteiramente em ti.

Examina-me e põe-me à prova, ó SENHOR; julga os meus desejos e os meus pensamentos,

pois o teu amor me guia, e a tua verdade sempre me orienta.

Eu não ando na companhia de gente falsa e não vivo com hipócritas.

Não me ajunto com os perversos e não ando com os maus.

Ó SENHOR Deus, lavo as mãos para mostrar que estou inocente. Ando em volta do teu altar junto com os que te adoram,

cantando um hino de gratidão e falando das tuas obras maravilhosas.

Ó SENHOR Deus, eu amo a casa onde vives, o lugar onde está presente a tua glória.

Não me destruas junto com os que não querem saber de ti; livra-me do castigo que recebem os assassinos—

aqueles que vivem fazendo o mal e que estão sempre prontos para receber suborno.

Eu, porém, faço o que é certo. Tem compaixão de mim e salva-me.

Estou livre de todos os perigos; nas reuniões de adoração, eu louvarei a Deus, o SENHOR.

 

Sl 27

De Davi.

O SENHOR Deus é a minha luz e a minha salvação; de quem terei medo? O SENHOR me livra de todo perigo; não ficarei com medo de ninguém.

Quando os maus, os meus inimigos, me atacam e procuram me matar, são eles que tropeçam e caem.

Ainda que um exército inteiro me cerque, não terei medo; ainda que os meus inimigos me ataquem, continuarei confiando em Deus.

A Deus, o SENHOR, pedi uma coisa, e o que eu quero é só isto: que ele me deixe viver na sua casa todos os dias da minha vida, para sentir, maravilhado, a sua bondade e pedir a sua orientação.

Em tempos difíceis, ele me esconderá no seu abrigo. Ele me guardará no seu Templo e me colocará em segurança no alto de uma rocha.

Assim vencerei os inimigos que me cercam. Com gritos de alegria, oferecerei sacrifícios no seu Templo; eu cantarei e louvarei a Deus, o SENHOR.

Ó SENHOR, ouve-me quando eu te chamar! Tem compaixão de mim e responde-me.

Tu disseste: “Venha me adorar.” Eu respondo: “Eu irei te adorar, ó SENHOR Deus.”

Não te escondas de mim. Não fiques irado comigo; não rejeites este teu servo. Ó Deus, meu libertador, tu tens sido a minha ajuda; não me deixes, não me abandones.

Ainda que o meu pai e a minha mãe me abandonem, o SENHOR cuidará de mim.

Ó SENHOR Deus, ensina-me a fazer a tua vontade e guia-me por um caminho seguro, pois os meus inimigos são muitos.

Não me entregues nas mãos desses inimigos, que dizem mentiras contra mim e me ameaçam com violência.

Estou certo de que verei, ainda nesta vida, o SENHOR Deus mostrar a sua bondade.

Confie no SENHOR. Tenha fé e coragem. Confie em Deus, o SENHOR.

 

Sl 28

De Davi.

Ó SENHOR Deus, minha rocha, eu peço a tua ajuda! Não deixes de ouvir o meu pedido. Se não me responderes, eu estarei com aqueles que descem ao mundo dos mortos.

Ouve-me quando levanto as mãos na direção do teu santo Templo e grito, pedindo a tua ajuda.

Não me castigues juntamente com os maus, com os que praticam más ações. Eles falam como se fossem amigos, mas o coração deles está cheio de maldade.

Castiga essas pessoas pelas suas ações, por todo o mal que têm feito. Dá aos maus o que merecem.

Eles não querem saber do que o SENHOR tem feito, nem reparam nos seus atos poderosos; por isso, ele os castigará e os destruirá para sempre.

Louvado seja Deus, o SENHOR, pois ele ouviu o meu grito pedindo ajuda.

O SENHOR é a minha força e o meu escudo; com todo o coração eu confio nele. O SENHOR me ajuda; por isso, o meu coração está feliz, e eu canto hinos em seu louvor.

O SENHOR Deus é a força do seu povo. O SENHOR é o refúgio seguro do rei que ele escolheu.

Ó Deus, salva o teu povo e abençoa aqueles que são teus! Sê o pastor deles e cuida deles para sempre.

 

Sl 29

Salmo de Davi.

Anjos, louvem a Deus, o SENHOR; louvem a sua glória e o seu poder.

Anunciem a glória de Deus; curvem-se diante do SENHOR, o Santo Deus, quando ele aparecer.

A voz do SENHOR é ouvida sobre as águas; o glorioso Deus troveja, e sobre os mares se ouve a sua voz.

A voz do SENHOR é cheia de poder e majestade;

a sua voz quebra as árvores de cedro, quebra até os cedros dos montes Líbanos.

Os montes Líbanos ele faz saltar como bezerros; o monte Hermom ele faz pular como um boi novo.

A voz do SENHOR faz brilhar o relâmpago.

A sua voz faz tremer o deserto; o SENHOR faz tremer o deserto de Cades.

A voz do SENHOR sacode os carvalhos e arranca as folhas das árvores. Enquanto isso, no seu Templo, todos gritam: “Glória a Deus!”

O SENHOR Deus reina sobre as águas profundas; como Rei ele governa para sempre.

O SENHOR dá força ao seu povo e o abençoa, dando-lhe tudo o que é bom.

 

Sl 30

Salmo de Davi. Canção para a dedicação do Templo.

Ó SENHOR Deus, eu te louvo porque me socorreste e não deixaste que os meus inimigos zombassem de mim.

Ó SENHOR, meu Deus, eu gritei pedindo ajuda, e tu me curaste,

tu me salvaste da morte. Eu estava entre aqueles que iam para o mundo dos mortos, mas tu me fizeste viver novamente.

Cantem louvor a Deus, o SENHOR, vocês, o seu povo fiel! Lembrem do que o Santo Deus tem feito e lhe dêem graças.

A sua ira dura só um momento, mas a sua bondade é para a vida toda. O choro pode durar a noite inteira, mas de manhã vem a alegria.

Eu me senti seguro e pensei: “Nunca terei dificuldades.”

Ó SENHOR Deus, tu foste bom para mim e me protegeste como uma fortaleza nas montanhas. Depois tu te escondeste de mim, e eu fiquei com medo.

Ó SENHOR Deus, eu te chamei e pedi a tua ajuda.

Se eu morrer, que lucrarás com isso? Será que os mortos podem te louvar? Será que eles podem anunciar que és fiel?

Ó Deus, escuta-me e tem compaixão de mim! Ajuda-me, ó SENHOR Deus!

Tu mudaste o meu choro em dança alegre, afastaste de mim a tristeza e me cercaste de alegria.

Por isso, não ficarei calado, mas cantarei louvores a ti. Ó SENHOR, tu és o meu Deus; eu te darei graças para sempre.

 

Sl 31

Ao regente do coro. Salmo de Davi.

Ó SENHOR Deus, em ti eu busco proteção; livra-me da vergonha de ser derrotado. Tu és justo; eu te peço que me ajudes.

Ouve-me e salva-me agora. Peço que sejas uma rocha de abrigo, uma defesa para me salvar.

Tu és a minha rocha e a minha fortaleza; guia-me e orienta-me como prometeste.

Não me deixes cair na armadilha que armaram para mim, pois tu és o meu refúgio;

nas tuas mãos entrego a minha vida. Tu me salvarás, ó SENHOR, porque tu és Deus fiel.

Tu detestas os que adoram deuses falsos; eu, porém, ponho em ti a minha confiança.

Ficarei contente e me alegrarei por causa do teu amor. Tu vês que estou sofrendo e conheces as minhas aflições.

Não deixaste que os meus inimigos me pegassem e me livraste do perigo.

Ó SENHOR Deus, tem compaixão de mim, pois estou aflito! Os meus olhos estão cansados de tanto chorar; estou esgotado de corpo e alma.

A tristeza acabou com as minhas forças; as lágrimas encurtam a minha vida. Estou fraco por causa das minhas aflições; até os meus ossos estão se gastando.

Os meus inimigos zombam de mim, e os meus vizinhos também caçoam. Os meus conhecidos têm medo de mim e fogem quando me vêem na rua.

Todos esqueceram de mim, como se eu tivesse morrido; sou como uma coisa que foi jogada fora.

Ouço muitos inimigos cochichando; há gente me ameaçando de todos os lados. Eles fazem planos contra mim, procurando um jeito de me matar.

Porém a minha confiança está em ti, ó SENHOR; tu és o meu Deus.

Tu estás sempre cuidando de mim. Salva-me dos meus inimigos, daqueles que me perseguem.

Olha com bondade para mim, teu servo; salva-me por causa do teu amor.

Ó SENHOR Deus, eu estou te chamando. Livra-me da vergonha de ser derrotado. Que os maus sofram essa vergonha e que desçam em silêncio para o mundo dos mortos!

Que fiquem calados aqueles mentirosos, aqueles orgulhosos e arrogantes, que falam com desprezo contra as pessoas honestas!

Como são maravilhosas as coisas boas que guardas para aqueles que te temem! Todos podem ver como tu és bom e como proteges os que confiam em ti.

Com a proteção da tua presença, tu os livras dos planos dos maus. Num esconderijo seguro, tu os escondes das ofensas dos seus inimigos.

Louvado seja Deus, o SENHOR! Quando os meus inimigos me cercaram e me atacaram, ele mostrou, de modo maravilhoso, o seu amor por mim.

Fiquei com medo e pensei que ele havia me expulsado da sua presença. Mas ele ouviu o meu grito quando o chamei pedindo ajuda.

Amem o SENHOR, todos os que lhe são fiéis! Ele protege os que são sinceros, mas os orgulhosos ele castiga como merecem.

Sejam fortes e tenham coragem, todos vocês que põem a sua esperança em Deus, o SENHOR!

 

Sl 32

Poesia de Davi.

Feliz aquele cujas maldades Deus perdoa e cujos pecados ele apaga!

Feliz aquele que o SENHOR Deus não acusa de fazer coisas más e que não age com falsidade!

Enquanto não confessei o meu pecado, eu me cansava, chorando o dia inteiro.

De dia e de noite, tu me castigaste, ó Deus, e as minhas forças se acabaram como o sereno que seca no calor do verão.

Então eu te confessei o meu pecado e não escondi a minha maldade. Resolvi confessar tudo a ti, e tu perdoaste todos os meus pecados.

Por isso, nos momentos de angústia, todos os que são fiéis a ti devem orar. Assim, quando as grandes ondas de sofrimento vierem, não chegarão até eles.

Tu és o meu esconderijo; tu me livras da aflição. Eu canto bem alto a tua salvação, pois me tens protegido.

O SENHOR Deus me disse: “Eu lhe ensinarei o caminho por onde você deve ir; eu vou guiá-lo e orientá-lo.

Não seja uma pessoa sem juízo como o cavalo ou a mula, que precisam ser guiados com cabresto e rédeas para que obedeçam.”

Os maus sofrem muito, mas os que confiam em Deus, o SENHOR, são protegidos pelo seu amor.

Todos vocês que são corretos, alegrem-se e fiquem contentes por causa daquilo que o SENHOR tem feito! Cantem de alegria, todos vocês que são obedientes a ele!

 

Sl 33

Davi escreveu este salmo quando fugia do seu filho Absalão.

Todos vocês que obedecem a Deus, o SENHOR, alegrem-se por causa daquilo que ele tem feito! Louvem a Deus, todas as pessoas honestas.

Toquem lira em louvor ao SENHOR, cantem louvores com acompanhamento de harpas de dez cordas.

Cantem a Deus uma nova canção, toquem harpa e gritem bem alto.

As palavras do SENHOR são verdadeiras; tudo o que ele faz merece confiança.

O SENHOR Deus ama tudo o que é certo e justo; a terra está cheia do seu amor.

Por meio da sua palavra, o SENHOR fez os céus; pela sua ordem, ele criou o sol, a lua e as estrelas.

Deus juntou os mares num lugar só e guardou os oceanos em reservatórios.

Que toda a terra tema a Deus, o SENHOR! Que todos os habitantes do mundo o temam!

Pois ele falou, e o mundo foi criado; ele deu ordem, e tudo apareceu.

O SENHOR acaba com os planos das nações, ele não deixa que eles se realizem.

Mas o que o SENHOR planeja dura para sempre, as suas decisões permanecem eternamente.

Feliz a nação que tem o SENHOR como o seu Deus! Feliz o povo que Deus escolheu para ser dele!

O SENHOR Deus olha do céu e vê toda a humanidade.

Do lugar onde mora, ele observa todos os que vivem na terra.

É Deus quem forma a mente deles e quem sabe tudo o que fazem.

Nenhum rei vence por ter um exército poderoso, nem os soldados conseguem a vitória por causa da sua força.

Não são os cavalos de guerra que ganham a batalha; a sua grande força não pode salvar ninguém.

É o SENHOR Deus quem protege aqueles que o temem, é ele quem guarda aqueles que confiam no seu amor.

Ele os salva da morte e nos tempos de fome os conserva com vida.

Nós pomos a nossa esperança em Deus, o SENHOR; ele é a nossa ajuda e o nosso escudo.

O nosso coração se alegra por causa do que o SENHOR tem feito; nós confiamos nele porque ele é santo.

Ó SENHOR Deus, que o teu amor nos acompanhe, pois nós pomos em ti a nossa esperança!

 

Sl 34

Na presença do rei Abimeleque, Davi fingiu que estava louco, e por isso Abimeleque o mandou embora. Depois de sair, Davi escreveu este salmo.

Eu sempre darei graças a Deus, o SENHOR; o seu louvor estará nos meus lábios o dia inteiro.

Eu o louvarei por causa das coisas que ele tem feito; os que são perseguidos ouvirão isso e se alegrarão.

Anunciem comigo a sua grandeza; louvemos juntos o SENHOR.

Eu pedi a ajuda do SENHOR, e ele me respondeu; ele me livrou de todos os meus medos.

Os que são perseguidos olham para ele e se alegram; eles nunca ficarão desapontados.

Eu, um pobre sofredor, gritei; o SENHOR me ouviu e me livrou das minhas aflições.

O Anjo do SENHOR fica em volta daqueles que o temem e os protege do perigo.

Procure descobrir, por você mesmo, como o SENHOR Deus é bom. Feliz aquele que encontra segurança nele!

Que todos os que se dedicam a Deus o temam, pois aqueles que o temem não têm falta de nada!

Até os leões não têm comida e passam fome, porém não falta nada aos que procuram a ajuda do SENHOR.

Venham, meus jovens amigos, e escutem, que eu os ensinarei a temer a Deus, o SENHOR.

Vocês querem aproveitar a vida? Querem viver muito e ser felizes?

Então procurem não dizer coisas más e não contem mentiras.

Afastem-se do mal e façam o bem; procurem a paz e façam tudo para alcançá-la.

Deus cuida das pessoas honestas e ouve os seus pedidos.

Mas ele é contra os que fazem o mal; e assim, quando morrem, eles são logo esquecidos.

Quando as pessoas honestas chamam o SENHOR, ele as ouve e as livra de todas as suas aflições.

Ele fica perto dos que estão desanimados e salva os que perderam a esperança.

Os bons passam por muitas aflições, mas o SENHOR os livra de todas elas.

Ele os protege completamente; nenhum dos seus ossos é quebrado.

Os maus serão mortos por causa das suas maldades; aqueles que odeiam os bons serão castigados.

O SENHOR Deus salva a vida dos seus servos; aqueles que procuram a sua proteção não serão condenados.

 

Sl 35

De Davi.

Ó SENHOR Deus, ataca os que me atacam e combate os que me combatem!

Pega o teu escudo e a tua armadura e vem me ajudar.

Pega a tua lança e o teu machado de guerra e luta contra os que me perseguem. Dá-me a certeza de que vais me salvar.

Que sejam derrotados e humilhados aqueles que me querem matar! Que fujam envergonhados os que fazem planos contra mim!

Que sejam como a palha soprada pelo vento, quando o Anjo do SENHOR os atacar!

Que o caminho deles fique escuro e escorregadio quando o Anjo do SENHOR os perseguir!

Pois, sem motivo nenhum, armaram uma armadilha para mim; cavaram uma cova funda para me pegar.

Porém, quando menos esperarem, virá a destruição. Eles serão apanhados pelas suas próprias armadilhas; cairão nelas e serão destruídos.

Então eu me alegrarei por causa do que o SENHOR Deus tem feito; ficarei feliz porque ele me salvou da morte.

Com todo o coração eu lhe direi: “Não há ninguém como tu, ó SENHOR! Tu proteges os fracos quando são atacados pelos fortes e livras os pobres e os necessitados das mãos dos exploradores.”

Homens maus testemunham contra mim e me acusam de crimes que não cometi.

O bem que faço eles me pagam com o mal, e por isso estou desesperado.

Mas, quando eles estavam doentes, eu vesti roupas de luto e até deixei de comer. Curvei a cabeça e orei por eles.

Orei como se fosse por um amigo ou um irmão. Eu andava curvado, de luto, como quem chora por sua própria mãe.

Porém, quando eu estava aflito, eles se alegravam e ficavam em volta de mim, zombando. Pessoas desconhecidas me bateram e me feriram várias vezes.

Como homens que zombam de um coxo, eles zombaram de mim e me olharam feio, com ódio.

Ó Senhor, até quando ficarás apenas olhando? Livra-me dos ataques deles; salva a minha vida desses leões.

Então eu te agradecerei em público; eu te louvarei no meio da multidão.

Não deixes que os meus inimigos, aqueles mentirosos, se alegrem com a minha derrota! Não permitas que os que me odeiam sem motivo fiquem rindo, felizes, por causa da minha desgraça!

Eles não falam como amigos; pelo contrário, inventam acusações falsas contra as pessoas que amam a paz.

Eles me acusam e gritam: “Nós vimos o que você fez!”

Mas tu, ó SENHOR Deus, tens visto isso. Então não te cales, Senhor, e não fiques longe de mim!

Acorda, Senhor, para me fazeres justiça! Levanta-te, meu Deus, e defende a minha causa!

Ó SENHOR Deus, tu és justo; por isso, declara que estou inocente. Ó meu Deus, não deixes que os meus inimigos se alegrem à minha custa!

Não deixes que eles digam: “Nós acabamos com ele. Era isso mesmo o que queríamos.”

Que sejam completamente derrotados e envergonhados aqueles que se alegram com o meu sofrimento! Que fiquem cobertos de vergonha e de desgraça os que dizem que são melhores do que eu!

Porém que gritem de alegria os que desejam que eu seja declarado inocente! Que eles digam sempre: “Como é grande o SENHOR! Ele está contente porque tudo vai bem com o seu servo.”

Então anunciarei a tua fidelidade e te louvarei o dia inteiro.

 

Sl 36

De Davi, servo do SENHOR. Ao regente do coro.

O pecado fala ao perverso lá no fundo do seu coração. O perverso não aprende a temer a Deus.

Ele se julga muito importante e pensa que Deus não descobrirá o seu pecado e não o condenará.

A conversa dele é má e cheia de mentiras; ele não tem juízo e não quer fazer o bem.

Deitado na sua cama, ele planeja maldades. Ele anda por caminhos que não são bons e nunca rejeita as coisas más.

Ó SENHOR Deus, o teu amor chega até o céu, e a tua fidelidade vai até as nuvens.

A tua justiça é firme como as grandes montanhas, e os teus julgamentos são profundos como o mar. Ó SENHOR Deus, tu cuidas das pessoas e dos animais.

Como é precioso o teu amor! Na sombra das tuas asas, encontramos proteção.

Ficamos satisfeitos com a comida que nos dás com fartura; tu nos deixas beber do rio da tua bondade.

Tu és a fonte da vida, e, por causa da tua luz, nós vemos a luz.

Ó Deus, continua a amar os que te conhecem e a fazer o bem aos que têm um coração honesto!

Não deixes que os orgulhosos e os maus me pisem e me obriguem a fugir.

Lá estão eles, caídos; foram derrubados e não podem se levantar.

 

Sl 37

De Davi.

Não se aborreça por causa dos maus, nem tenha inveja dos que praticam o mal.

Pois eles vão desaparecer logo como a erva, que seca; eles morrerão como as plantas, que murcham.

Confie em Deus, o SENHOR, e faça o bem e assim more com toda a segurança na Terra Prometida.

Que a sua felicidade esteja no SENHOR! Ele lhe dará o que o seu coração deseja.

Ponha a sua vida nas mãos do SENHOR, confie nele, e ele o ajudará.

Ele fará com que a sua honestidade seja como a luz e com que a justiça da sua causa brilhe como o sol do meio-dia.

Não se irrite por causa dos que vencem na vida, nem tenha inveja dos que conseguem realizar os seus planos de maldade. Tenha paciência, pois o SENHOR Deus cuidará disso.

Não fique com raiva, não fique furioso. Não se aborreça, pois isso será pior para você.

Aqueles que confiam em Deus, o SENHOR, viverão em segurança na Terra Prometida, porém os maus serão destruídos.

Dentro de pouco tempo, os maus desaparecerão; você poderá procurá-los, porém não os encontrará.

Mas os humildes viverão em segurança na Terra Prometida e terão alegria, prosperidade e paz.

Os maus fazem planos contra os bons e olham com ódio para eles.

O Senhor ri dos maus porque sabe que o dia deles está chegando.

Os maus puxam da espada e curvam os seus arcos para matar os pobres e os necessitados e para assassinarem os que são honestos.

Mas os maus serão mortos pelas suas próprias espadas, e os seus arcos serão quebrados.

É melhor o pouco que os bons têm do que as riquezas de muitos maus.

Pois o poder dos maus acabará, mas o SENHOR protege os bons.

Todos os dias o SENHOR cuida dos que são corretos; a Terra Prometida será deles para sempre.

Quando os tempos forem difíceis, eles não sofrerão e terão o que comer em tempos de fome.

Porém os maus morrerão; os inimigos de Deus, o SENHOR, desaparecerão como as flores do campo, sumirão como a fumaça.

Os maus pedem emprestado e não pagam, mas os bons são generosos em dar.

Aqueles que são abençoados por Deus viverão em segurança na Terra Prometida, mas os que ele amaldiçoa serão destruídos.

O SENHOR nos guia no caminho em que devemos andar e protege aqueles cuja vida é agradável a ele.

Se eles caírem, não ficarão caídos porque o SENHOR os ajudará a se levantarem.

Fui moço e agora sou velho, mas nunca vi um homem bom abandonado por Deus e nunca vi os seus filhos mendigando comida.

Ele sempre é generoso em dar e emprestar, e os seus filhos são uma bênção.

Afaste-se do mal e faça o bem, e você sempre morará na Terra Prometida.

Pois o SENHOR ama aquilo que é direito e certo e não abandona os seus servos fiéis. Ele sempre protege o seu povo, mas os descendentes dos maus serão destruídos.

Os bons possuirão a Terra Prometida e sempre morarão nela.

Eles dizem coisas sábias e sempre falam o que é direito e certo.

Guardam no coração a lei do seu Deus e nunca se afastam dela.

Os maus espiam os bons e procuram matá-los.

Porém o SENHOR Deus não abandonará os bons nas mãos do inimigo; e, quando forem julgados, não deixará que sejam condenados.

Ponham a sua esperança no SENHOR e obedeçam aos seus mandamentos. Ele lhes dará a honra de possuírem a Terra Prometida, e vocês verão os maus serem destruídos.

Vi um homem mau, um dominador cruel, que era grandioso como um cedro dos montes Líbanos.

Porém um dia passei por ali, e ele já havia desaparecido; eu o procurei, porém não pude encontrá-lo.

Preste atenção nos bons, e observe os honestos, e você verá que as pessoas que amam a paz deixam descendentes.

Mas os que desobedecem às leis de Deus serão completamente destruídos, e os seus descendentes desaparecerão.

O SENHOR Deus salva do perigo os que são bons e os protege em tempos de aflição.

O SENHOR os ajuda e livra; e, porque eles procuram a sua proteção, ele os salva dos maus.

 

Sl 38

Salmo de Davi. Em memória.

Ó SENHOR Deus, não me corrijas quando estiveres irado! Não me castigues no teu furor.

As tuas flechas de dor me atingiram; eu senti o peso do castigo da tua mão.

Por causa da tua ira, estou muito doente. O meu corpo todo está enfermo por causa das minhas maldades.

Estou me afogando nos meus pecados; eles são uma carga pesada demais para mim.

Por causa da minha falta de juízo, tenho feridas que cheiram mal e apodrecem.

Estou muito abatido e encurvado e choro o dia todo.

Estou muito doente, queimando de febre.

Sinto-me profundamente abatido e desanimado; o meu coração está aflito, e eu fico gemendo de dor.

Ó Senhor, tu sabes o que eu desejo, pois ouves todos os meus gemidos.

O meu coração bate depressa, estou fraco, e os meus olhos perderam o brilho.

Por causa das minhas feridas, os meus amigos não chegam perto de mim, e até a minha família se afasta.

Os que me querem matar armam armadilhas para me pegar; os que me querem ferir ameaçam me desgraçar e não param de fazer planos contra mim.

Porém eu finjo que sou surdo e não ouço; eu me faço de mudo e não falo;

sou como alguém que não responde porque não pode ouvir.

Apesar disso, eu ponho a minha esperança em ti, ó SENHOR; tu, Senhor meu Deus, me responderás.

Não deixes que os meus inimigos se alegrem com a minha desgraça; não deixes que fiquem contentes com o meu fracasso.

Pois estou quase caindo, e o meu sofrimento não acaba mais.

Eu confesso as minhas maldades e os meus pecados, pois me deixam muito aflito.

No entanto, os meus inimigos estão fortes e com saúde, e há muita gente que me odeia sem motivo.

Aqueles que pagam o bem com o mal estão contra mim porque procuro fazer o bem.

Ó SENHOR Deus, não me abandones! Não te afastes de mim, meu Deus!

Ajuda-me agora, ó Senhor, meu Salvador!

 

Sl 39

Salmo de Davi. Ao regente do coro-para confissão.

Eu disse: “Vou ter cuidado com a minha maneira de viver e não vou deixar que a minha língua me faça pecar. Enquanto os maus estiverem em volta de mim, não falarei nada.”

Fiquei calado, não disse uma palavra nem mesmo a respeito de coisas boas. Mas o meu sofrimento piorou ainda mais,

e o meu coração ficou muito aflito. Quanto mais eu pensava, mais agoniado ficava. Então comecei a perguntar:

“Ó SENHOR Deus, quanto tempo ainda vou viver? Mostra-me como é passageira a minha vida. Quando é que vou morrer?”

Como é curta a vida que me deste! Diante de ti, a duração da minha vida não é nada. De fato, o ser humano é apenas um sopro.

Ele anda por aí como uma sombra. Não adianta nada ele se esforçar; ajunta riquezas, mas não sabe quem vai ficar com elas.

E agora, Senhor, o que posso esperar? A minha esperança está em ti.

Livra-me de todos os meus pecados e não deixes que os tolos zombem de mim.

Não falo, não digo nada, pois foste tu que me fizeste sofrer assim.

Senhor, pára de me castigar, pois estou quase morrendo por causa das tuas chicotadas!

Tu nos repreendes e assim nos castigas por causa dos nossos pecados. Tu destróis, como a traça, aquilo que mais amamos. De fato, o ser humano é apenas um sopro!

Ó SENHOR Deus, ouve a minha oração! Escuta o meu pedido. Não te cales quando choro. Como todos os meus antepassados, sou teu hóspede por pouco tempo.

Desvia de mim o teu olhar, para que eu possa ter um pouco de felicidade, antes que eu vá embora e não exista mais.

 

Sl 40

Salmo de Davi. Ao regente do coro.

Esperei com paciência pela ajuda de Deus, o SENHOR. Ele me escutou e ouviu o meu pedido de socorro.

Tirou-me de uma cova perigosa, de um poço de lama. Ele me pôs seguro em cima de uma rocha e firmou os meus passos.

Ele me ensinou a cantar uma nova canção, um hino de louvor ao nosso Deus. Quando virem isso, muitos temerão o SENHOR e nele porão a sua confiança.

Feliz aquele que confia em Deus, o SENHOR, que não vai atrás dos ídolos, nem se junta com os que adoram falsos deuses!

Ó SENHOR, nosso Deus, tu tens feito grandes coisas por nós. Não há ninguém igual a ti. Tu tens feito muitos planos maravilhosos para o nosso bem. Ainda que eu quisesse, não poderia falar de todos eles, pois são tantos, que não podem ser contados.

Tu não queres animais oferecidos em sacrifício, nem ofertas de cereais. Não pediste que animais fossem queimados inteiros no altar, nem exigiste sacrifícios oferecidos para tirar pecados. Pelo contrário, tu me deste ouvidos para ouvir,

e por isso respondi: “Aqui estou; as tuas instruções para mim estão no Livro da Lei.

Eu tenho prazer em fazer a tua vontade, ó meu Deus! Guardo a tua lei no meu coração.”

Ó SENHOR Deus, na reunião de todo o teu povo, eu contei a boa notícia de que tu nos salvas. Tu sabes que nunca vou parar de anunciá-la.

Não tenho guardado para mim mesmo a notícia da tua salvação. Tenho sempre falado da tua fidelidade e do teu poder salvador. Nas reuniões de todo o teu povo, não fiquei calado a respeito do teu amor e da tua fidelidade.

Ó SENHOR Deus, eu sei que nunca deixarás de ser bom para mim. O teu amor e a tua fidelidade sempre me guardarão seguro.

Estou rodeado por muitas dificuldades, tantas, que nem posso dizer quantas são. Fui apanhado pelos meus próprios pecados e quase não posso mais enxergar. Tenho mais pecados que cabelos na cabeça e por isso estou muito desanimado.

Ó SENHOR Deus, salva-me! Ajuda-me agora.

Que sejam completamente derrotados e humilhados aqueles que me querem matar! Que fujam, envergonhados, aqueles que se alegram com as minhas aflições!

Que caiam na desgraça e fiquem cheios de confusão aqueles que zombam de mim!

Que fiquem alegres e contentes todos os que te adoram! E que os que são gratos pela tua ajuda digam sempre: “Como o SENHOR é grande!”

Eu sou pobre e necessitado, mas tu, Senhor, cuidas de mim. Tu és a minha ajuda e o meu libertador; não te demores em me socorrer, ó meu Deus!

 

Sl 41

Salmo de Davi. Ao regente do coro.

Felizes são aqueles que ajudam os pobres, pois o SENHOR Deus os ajudará quando estiverem em dificuldades!

O SENHOR os protegerá, guardará a vida deles e lhes dará felicidade na Terra Prometida. Ele não os abandonará nas garras dos inimigos.

Quando estiverem doentes, de cama, o SENHOR os ajudará e lhes dará saúde novamente.

Eu disse: “Ó SENHOR Deus, pequei contra ti. Tem compaixão de mim e cura-me.”

Os meus inimigos falam mal de mim e perguntam: “Quando será que ele vai morrer e ser esquecido?”

Se algum deles vem me visitar, não fala com sinceridade e ainda junta más notícias a meu respeito, para sair espalhando por aí afora.

Todos os que me odeiam falam de mim, cochichando, e pensam que o pior vai me acontecer.

Eles dizem assim: “Ele está muito mal mesmo e não vai se levantar mais.”

Até o meu melhor amigo, em quem eu tanto confiava, aquele que tomava refeições comigo, até ele se virou contra mim.

Ó SENHOR Deus, tem compaixão de mim e me dá saúde novamente para que eu dê aos meus inimigos o que merecem!

Eles não me vencerão, e assim ficarei sabendo que tu me aprovas.

Tu me ajudarás, porque faço o que é direito e me deixarás ficar para sempre na tua presença.

Louvado seja o SENHOR, o Deus de Israel! Louvado seja, agora e sempre! Amém! Amém!

 

Sl 42

Poesia do grupo de Corá. Ao regente do coro.

Assim como o corço deseja as águas do ribeirão, assim também eu quero estar na tua presença, ó Deus!

Eu tenho sede de ti, o Deus vivo! Quando poderei ir adorar na tua presença?

Choro dia e noite, e as lágrimas são o meu alimento. Os meus inimigos estão sempre me perguntando: “Onde está o seu Deus?”

Quando penso no passado, sinto dor no coração. Eu lembro quando ia com a multidão à casa de Deus. Eu guiava o povo, e todos íamos caminhando juntos, felizes, cantando e louvando a Deus.

Por que estou tão triste? Por que estou tão aflito? Eu porei a minha esperança em Deus e ainda o louvarei. Ele é o meu Salvador e o meu Deus.

(6-7) O meu coração está profundamente abatido, e por isso eu penso em Deus. Assim como o mar agitado ruge, e assim como as águas das cachoeiras descem dos montes Hermom e Mizar e correm com violência até o rio Jordão, assim são as ondas de tristeza que o SENHOR Deus mandou sobre mim.

Que ele me mostre durante o dia o seu amor, e assim de noite eu cantarei uma canção, uma oração ao Deus que me dá vida.

Pergunto a Deus, a minha rocha: “Por que esqueceste de mim? Por que tenho de viver sofrendo por causa da maldade dos meus inimigos?”

Até os meus ossos doem quando os meus inimigos me ofendem, perguntando todos os dias: “Onde está o seu Deus?”

Por que estou tão triste? Por que estou tão aflito? Eu porei a minha esperança em Deus e ainda o louvarei. Ele é o meu Salvador e o meu Deus.

 

Sl 43

Davi escreveu este salmo quando fugia do seu filho Absalão.

Ó Deus, declara que eu estou inocente e defende a minha causa contra essa gente que não te adora! Livra-me das pessoas traiçoeiras e perversas.

Tu, ó Deus, és o meu protetor; por que me abandonaste? Por que tenho de viver sofrendo, perseguido pelos meus inimigos?

Manda a tua luz e a tua verdade para que elas me ensinem o caminho e me levem de volta a Sião, o teu monte santo, e ao teu Templo, onde vives.

Então eu irei até o teu altar, ó Deus, pois tu és a fonte da minha felicidade. Tocarei a minha lira e cantarei louvores a ti, ó Deus, meu Deus!

Por que estou tão triste? Por que estou tão aflito? Eu porei a minha esperança em Deus e ainda o louvarei. Ele é o meu Salvador e o meu Deus.

 

Sl 44

Poesia do grupo de Corá. Ao regente do coro.

Ó Deus, nós ouvimos com os nossos próprios ouvidos aquilo que os nossos antepassados nos contaram. Ouvimos falar das grandes coisas que fizeste no tempo deles, há muitos anos.

Eles contaram como expulsaste os povos pagãos e puseste o teu povo na terra deles. Contaram como castigaste as outras nações e fizeste o teu povo progredir.

Não foi com espadas que os nossos antepassados conquistaram aquela terra; não foi com o seu próprio poder que eles venceram. Eles venceram com o teu poder, com a tua força e com a luz da tua presença. Assim tu mostraste o teu amor por eles.

Tu és o meu Rei e o meu Deus. Tu dás a vitória ao teu povo.

Com o teu poder vencemos os nossos inimigos e, com a tua presença, derrotamos os nossos adversários.

Não é no meu arco que eu confio, e não é a minha espada que me dá a vitória.

Pois foste tu que nos livraste dos nossos inimigos e venceste aqueles que nos odeiam.

Nós te louvaremos o dia todo; nós te somos gratos para sempre.

Mas agora, ó Deus, tu nos rejeitaste e deixaste que fôssemos derrotados, pois já não acompanhas os nossos exércitos.

Tu nos fizeste fugir dos nossos inimigos, e eles levaram embora tudo o que tínhamos.

Tu nos trataste como se fôssemos ovelhas que vão para o matadouro e nos espalhaste entre as outras nações.

Vendeste barato o teu próprio povo, como se nós tivéssemos pouco valor.

Os povos vizinhos, vendo o que nos fizeste, caçoam e zombam de nós.

Tu nos fizeste motivo de zombaria para as outras nações; os outros povos nos desprezam.

Estou sempre humilhado e coberto de vergonha,

ouvindo as zombarias dos meus inimigos e os insultos dos que querem se vingar de mim.

Tudo isso nos aconteceu, embora não tivéssemos esquecido de ti, nem tivéssemos quebrado a aliança que fizeste com o teu povo.

Não fomos infiéis a ti, nem desobedecemos aos teus mandamentos.

Porém tu nos jogaste, esmagados, no lugar onde estão os monstros marinhos e nos deixaste na mais profunda escuridão.

Se tivéssemos deixado de adorar o nosso Deus e orado a algum deus pagão,

tu certamente ficarias sabendo disso, pois conheces os pensamentos secretos das pessoas.

Mas por causa de ti estamos em perigo de morte o dia inteiro; somos tratados como ovelhas que vão para o matadouro.

Acorda, Senhor! Por que estás dormindo? Levanta-te. Não nos rejeites para sempre.

Por que te escondes de nós? Por que esqueces dos nossos sofrimentos e das nossas aflições?

Nós estamos abatidos, caídos no chão; estamos vencidos, jogados no pó.

Levanta-te e vem ajudar-nos. Salva-nos por causa do teu amor.

 

Sl 45

Ao regente do coro-com a melodia de “Os Lírios”. Poesia do grupo de Corá. Canção de amor.

Lindas palavras enchem o meu coração enquanto escrevo esta canção em homenagem ao rei. A minha língua é como a pena de um bom escritor.

Ó rei, o senhor é o mais bonito de todos os homens e sabe fazer belos discursos. Deus sempre o tem abençoado.

Ponha a espada na cintura, ó rei poderoso, forte e glorioso!

Coberto de glória, avance para vencer, defendendo a verdade e a justiça. A sua força conquistará grandes vitórias.

As suas flechas são afiadas e atravessam o coração dos seus inimigos; as nações caem aos seus pés.

O reino que Deus lhe deu vai durar para sempre. Ó rei, o senhor governa o seu povo com justiça,

ama o bem e odeia o mal. Foi por isso que Deus, o seu Deus, o escolheu e deu mais felicidade ao senhor do que a qualquer outro rei.

A sua roupa está perfumada com mirra e aloés. Os músicos tocam para o senhor, ó rei, em palácios enfeitados com marfim.

Entre as damas da sua corte, há filhas de reis, e, à direita do seu trono, está a rainha, usando enfeites de ouro puríssimo.

Ó noiva do rei, escute o meu conselho: “Esqueça o seu povo e os seus parentes.

Você é linda, e por isso o rei vai desejá-la; seja obediente a ele, pois ele é o seu senhor.

Ó noiva, o povo da cidade de Tiro vai lhe trazer presentes; muita gente rica vai querer lhe agradar.”

A princesa está no palácio— e como é linda! O seu vestido é feito de fios de ouro.

Vestida de roupas coloridas e acompanhada pelas suas damas de honra, ela é levada até o rei.

Com prazer e alegria, elas chegam e entram no palácio dele.

Ó rei, o senhor terá muitos filhos, e eles serão reis também como foram os antepassados do senhor; e o senhor, ó rei, os fará governar o mundo inteiro.

A minha canção fará com que a sua fama seja sempre lembrada, e todos o elogiarão para sempre.

 

Sl 46

Ao regente do coro-para soprano. Canção do grupo de Corá.

Deus é o nosso refúgio e a nossa força, socorro que não falta em tempos de aflição.

Por isso, não teremos medo, ainda que a terra seja abalada, e as montanhas caiam nas profundezas do oceano.

Não teremos medo, ainda que os mares se agitem e rujam, e os montes tremam violentamente.

Há um rio que alegra a cidade de Deus, a casa sagrada do Altíssimo.

Deus vive nessa cidade, e ela nunca será destruída; de manhã bem cedo, Deus a ajudará.

As nações ficam apavoradas, e os reinos são abalados. Deus troveja, e a terra se desfaz.

O SENHOR Todo-Poderoso está do nosso lado; o Deus de Jacó é o nosso refúgio.

Venham, vejam o que o SENHOR tem feito! Vejam que coisas espantosas ele tem feito na terra!

Ele acaba com as guerras no mundo inteiro; quebra os arcos, despedaça as lanças e destrói os escudos no fogo.

Ele diz: “Parem de lutar e fiquem sabendo que eu sou Deus. Eu sou o Rei das nações, o Rei do mundo inteiro.”

O SENHOR Todo-Poderoso está do nosso lado; o Deus de Jacó é o nosso refúgio.

 

Sl 47

Canção do grupo de Corá. Ao regente do coro.

Batam palmas de alegria, todos os povos! Cantem louvores a Deus em voz alta.

Pois o SENHOR, o Altíssimo, deve ser temido; ele é o grande Rei que governa o mundo inteiro.

Deus nos fez vencer os outros povos; ele nos fez governar as nações.

Ele escolheu para nós a terra onde vivemos, terra que é o orgulho do seu povo, a quem ele ama.

Deus vai subindo para o seu trono. Enquanto ele sobe, há gritos de alegria e sons de trombeta.

Cantem louvores a Deus. Cantem louvores ao nosso Rei.

Louvem a Deus com canções, pois ele é o Rei do mundo inteiro!

Deus está sentado no seu santo trono; ele reina sobre as nações.

Os que governam os povos se reúnem com o povo do Deus de Abraão, pois todo poder neste mundo pertence a Deus; ele domina tudo.

 

Sl 48

Salmo do grupo de Corá. Canção.

O SENHOR Deus é grande e merece ser louvado na sua cidade, em Sião, o seu monte santo.

O monte de Deus é alto e bonito; a cidade do grande Rei é a alegria do mundo inteiro.

Deus tem mostrado que ele dá segurança ao povo dentro das fortalezas da cidade.

Os reis se reuniram e juntos vieram atacar o monte Sião.

Porém, quando viram a cidade, ficaram espantados e fugiram com medo.

Eles ficaram apavorados e aflitos como a mulher que está com dores de parto,

como marinheiros em grandes navios sacudidos numa tempestade violenta.

Temos ouvido falar das coisas que o SENHOR Deus tem feito e agora vimos o que aconteceu na cidade do nosso Deus, o SENHOR Todo-Poderoso. Ele guardará a cidade em segurança para sempre.

No teu Templo, ó Deus, ficamos pensando no teu amor.

Tu és louvado por todos os povos, e a tua fama se espalha pelo mundo inteiro, pois tu governas com justiça.

Alegre-se, povo de Jerusalém! Ó Deus, os teus julgamentos são justos! Alegrem-se com isso, moradores das cidades de Judá!

Povo de Deus, ande em volta de Jerusalém e conte as suas torres!

Olhem todos com atenção as suas muralhas e examinem as suas fortalezas. Assim vocês poderão dizer aos seus descendentes:

“Este Deus é o nosso Deus para sempre. Ele nos guiará eternamente.”

 

Sl 49

Salmo do grupo de Corá. Ao regente do coro.

Povos, escutem bem isto! Ouçam, todos os moradores do mundo,

tanto os poderosos como os humildes, tanto os ricos como os pobres!

Os meus pensamentos serão claros; falarei palavras de sabedoria.

Vou dar atenção aos provérbios e, enquanto toco a minha lira, vou explicá-los.

Eu não sinto medo nas horas de perigo, quando os meus inimigos me cercam.

Esses perversos confiam nas suas riquezas e se orgulham das suas grandes fortunas.

Mas ninguém pode salvar a si mesmo, nem pagar a Deus o preço da sua vida,

pois não há dinheiro que pague a vida de alguém. Por mais dinheiro que uma pessoa tenha,

isso não garante que ela nunca vá morrer, que ela vá viver para sempre.

Todo mundo vê que até os sábios morrem, e morrem também os tolos e os ignorantes. E todos deixam as suas riquezas para os outros.

As suas sepulturas são os seus lares perpétuos, onde eles ficam para sempre, ainda que tenham possuído muitas terras.

O ser humano, por mais importante que seja, não pode escapar da morte; como os animais morrem, ele também morre.

Reparem no que acontece com os que confiam em si mesmos; vejam o fim daqueles que estão satisfeitos com as suas riquezas.

O pastor deles— a morte— os leva, e eles são condenados a morrer como se fossem ovelhas. De manhã, as pessoas corretas os vencerão; os corpos deles apodrecerão na sepultura, longe dos seus lares.

Porém Deus me livrará do poder da morte, pois ele me receberá.

Não se preocupem quando alguém fica rico, e a sua riqueza aumenta cada vez mais.

Pois, quando morrer, ele não poderá levar nada; a sua riqueza não irá com ele para a sepultura.

Ainda que esteja contente com a sua vida e seja elogiado por ter sucesso,

ele, quando morrer, vai reunir-se com os seus antepassados no lugar onde a escuridão dura para sempre.

O ser humano, por mais importante que seja, não pode escapar da morte; como os animais morrem, ele também morre.

 

Sl 50

Salmo de Asafe.

Deus, o SENHOR Deus, fala e chama todos os moradores do mundo, de um lado da terra ao outro.

Deus brilha lá de Jerusalém, a cidade de perfeita beleza.

O nosso Deus está chegando, porém não chega em silêncio. Um fogo destruidor vem na sua frente, e em volta dele há uma violenta tempestade.

Ele chama o céu e a terra como testemunhas para assistirem ao julgamento do seu povo.

Ele diz: “Reúnam aqueles que são fiéis a mim, aqueles que fizeram uma aliança comigo, e, como sinal, ofereceram um sacrifício.”

Os céus anunciam que Deus é justo e que ele mesmo é quem vai julgar.

Deus diz: “Escute, meu povo, que eu vou falar; vou ser testemunha contra você, povo de Israel. Eu sou Deus, o seu Deus.

Não vou repreendê-los por causa dos sacrifícios e das ofertas que vocês sempre me trazem.

No entanto, eu não preciso dos touros das suas fazendas nem dos bodes dos seus rebanhos.

Pois os animais da floresta são meus e também os milhares de cabeças de gado espalhados nas montanhas.

São meus todos os pássaros dos montes e tudo o que vive nos campos.

“Se eu tivesse fome, não pediria nada a vocês, pois o mundo é meu e tudo o que nele há.

Por acaso, preciso comer carne de touros ou beber sangue de bodes?

Que a gratidão de vocês seja o sacrifício que oferecem a Deus, e que vocês dêem ao Deus Altíssimo tudo aquilo que prometeram!

Se me chamarem no dia da aflição, eu os livrarei, e vocês me louvarão.”

Porém Deus diz aos maus: “Que direito têm vocês de recitar as minhas leis e de falar a respeito da minha aliança?

Vocês não querem que eu os corrija e não aceitam as minhas ordens.

Vocês ficam amigos de cada ladrão que encontram e andam com pessoas adúlteras.

Vocês estão sempre prontos para dizer coisas más e não pensam duas vezes antes de pregar mentiras.

Estão sempre acusando os seus irmãos e espalhando calúnias a respeito deles.

Vocês fizeram essas coisas, e eu fiquei calado; por isso, pensaram que eu era igual a vocês. Porém agora vou repreendê-los; vou mostrar-lhes os seus erros.

“Vocês que esqueceram de mim, pensem bem nisso para que eu não os destrua, sem que ninguém possa salvá-los.

Aquele que me traz ofertas de gratidão está me honrando, e eu salvarei todos os que andam nos meus caminhos.”

 

Sl 51

Salmo de Davi. Ao regente do coro. Escrito depois que o profeta Natã falou com Davi a respeito do pecado que este havia cometido com Bate-Seba.

Por causa do teu amor, ó Deus, tem misericórdia de mim. Por causa da tua grande compaixão apaga os meus pecados.

Purifica-me de todas as minhas maldades e lava-me do meu pecado.

Pois eu conheço bem os meus erros, e o meu pecado está sempre diante de mim.

Contra ti eu pequei— somente contra ti— e fiz o que detestas. Tu tens razão quando me julgas e estás certo quando me condenas.

De fato, tenho sido mau desde que nasci; tenho sido pecador desde o dia em que fui concebido.

O que tu queres é um coração sincero; enche o meu coração com a tua sabedoria.

Tira de mim o meu pecado, e ficarei limpo; lava-me, e ficarei mais branco do que a neve.

Faze-me ouvir outra vez os sons de alegria e de felicidade; e, ainda que tenhas me esmagado e quebrado, eu serei feliz de novo.

Não olhes para os meus pecados e apaga todas as minhas maldades.

Ó Deus, cria em mim um coração puro e dá-me uma vontade nova e firme!

Não me expulses da tua presença, nem tires de mim o teu santo Espírito.

Dá-me novamente a alegria da tua salvação e conserva em mim o desejo de ser obediente.

Então ensinarei aos desobedientes as tuas leis, e eles voltarão a ti.

Ó Deus, meu Salvador, livra-me da morte, e com alegria eu anunciarei a tua salvação!

Ó Senhor, põe as palavras certas na minha boca, e eu te louvarei!

Tu não queres que eu te ofereça sacrifícios; tu não gostas que animais sejam queimados como oferta a ti.

Ó Deus, o meu sacrifício é um espírito humilde; tu não rejeitarás um coração humilde e arrependido.

Ó Deus, com a tua bondade, ajuda Jerusalém e constrói de novo as suas muralhas!

Então terás prazer em receber os sacrifícios certos e os animais que são totalmente queimados. E touros novos serão oferecidos no teu altar.

 

Sl 52

Poesia de Davi. Ao regente do coro. Escrita por Davi depois que Doegue, o edomita, foi encontrar-se com Saul e lhe contou que Davi tinha ido à casa de Abimeleque.

Homem poderoso, por que você se gaba da sua maldade? O amor de Deus dura para sempre.

Você faz planos para acabar com os outros; a sua língua caluniadora corta tanto como uma navalha afiada.

Você gosta mais do mal do que do bem e prefere a mentira em lugar da verdade.

Seu mentiroso, você gosta de ferir os outros com palavras!

Por isso, Deus acabará com você para sempre; ele o pegará e jogará para fora da casa em que você mora. Deus o tirará do mundo dos vivos.

Os que obedecem a Deus verão isso e ficarão com medo; eles vão rir de você e dizer:

“Vejam um homem que não pedia a Deus que o protegesse. Ele só confiava na sua grande riqueza e procurava segurança na sua própria maldade.”

Porém eu sou como uma oliveira verde, que cresce perto da casa de Deus; eu confio no seu amor para sempre e sempre.

Ó Deus, eu sempre te louvarei pelo que tens feito; na presença dos que são fiéis a ti anunciarei que tu és bom.

 

Sl 53

Poesia de Davi. Ao regente do coro-para instrumento de cordas.

Os tolos pensam assim: “Para mim, Deus não tem importância.” Todos são corruptos e cometem injustiças horríveis; não há uma só pessoa que faça o bem.

Lá do céu Deus olha para a humanidade a fim de ver se existe alguém que tenha juízo, se existe uma só pessoa que o adore.

Mas todos caíram, se desviando assim do caminho certo, e são igualmente corruptos. Não há mais ninguém que faça o que é direito, não há mesmo nem uma só pessoa.

Deus pergunta: “Será que essa gente má não entende nada? Eles vivem explorando o meu povo e, além de tudo, não oram a mim.”

Mas eles vão tremer de medo como nunca tremeram antes, pois Deus espalha os ossos dos inimigos dele. Deus os rejeitou, e por isso o povo de Israel os derrotará completamente.

Queira Deus que de Jerusalém venha a vitória para Israel! Como ficarão felizes e alegres os descendentes de Jacó quando Deus os fizer prosperar de novo!

 

Sl 54

Poesia de Davi. Ao regente do coro-para instrumentos de cordas. Escrita por Davi quando os moradores da cidade de Zife foram contar a Saul que Davi estava escondido na terra deles.

Ó Deus, salva-me pelo teu poder! Livra-me com a tua força.

Ouve, ó Deus, a minha oração! Escuta as minhas palavras.

Pois homens orgulhosos estão chegando para me atacar, homens violentos querem me matar. Eles não se importam com Deus.

Eu sei que é o Senhor Deus quem me ajuda, sei que é ele quem me defende.

Que Deus faça com que a maldade dos meus inimigos se vire contra eles mesmos! Ele é fiel e por isso os destruirá.

Ó SENHOR Deus, de boa vontade eu te oferecerei sacrifícios e te louvarei porque és bom.

Tu me livraste de todas as minhas aflições, e eu tenho visto a derrota dos meus inimigos.

 

Sl 55

Poesia de Davi. Ao regente do coro-para instrumentos de cordas.

Ouve a minha oração, ó Deus! Não deixes de atender o meu pedido.

Escuta-me e responde. As minhas aflições me deixam desgastado.

Eu tremo quando ouço as ameaças dos meus inimigos; a perseguição dos maus me esmaga. Eles fazem com que desgraças caiam sobre mim; estão com raiva de mim e me odeiam.

O meu coração está cheio de medo, e o pavor da morte cai sobre mim.

Sinto um medo terrível e estou tremendo; o pavor tomou conta de mim.

Ah! Se eu tivesse asas como a pomba, voaria para um lugar de descanso!

Fugiria para bem longe e moraria no deserto.

Bem depressa procuraria achar um lugar seguro para me esconder da ventania e da tempestade.

Ó Senhor, atrapalha e destrói os conchavos dos meus inimigos, pois vejo violência e pancadaria na cidade!

Dia e noite, eles andam em volta dela, nas muralhas, enchendo-a de crimes e de maldade.

Por toda parte há destruição, e as ruas estão cheias de exploração e desonestidade.

Não era um inimigo que estava zombando de mim; se fosse, eu poderia suportar; nem era um adversário que me tratava com desprezo, pois eu poderia me esconder dele.

Porém foi você mesmo, meu companheiro, meu colega e amigo íntimo!

Conversávamos com toda a liberdade e íamos juntos adorar com o povo no Templo.

Que a morte venha de repente sobre os meus inimigos! Que eles desçam vivos para o mundo dos mortos, pois a maldade está na casa e no coração deles!

Mas eu chamo a Deus, o SENHOR, pedindo ajuda, e ele me salva.

De manhã, ao meio-dia e de noite, eu choro e me queixo, e ele me ouve.

Ele me traz são e salvo de volta das batalhas em que luto contra os meus muitos inimigos.

O Deus que reina desde a eternidade me ouve e os derrota. Pois eles não querem mudar de vida e não temem a Deus.

O meu antigo companheiro atacou os seus próprios amigos e quebrou as promessas que havia feito a eles.

As palavras dele eram mais macias do que a manteiga, mas no seu coração havia ódio. As palavras dele eram mais suaves do que o azeite, mas cortavam como espadas afiadas.

Entregue os seus problemas ao SENHOR, e ele o ajudará; ele nunca deixa que fracasse a pessoa que lhe obedece.

Mas, quanto àqueles assassinos e traidores, tu, ó Deus, os jogarás no fundo do mundo dos mortos; eles não chegarão até a metade da sua vida. Eu, porém, confiarei em ti.

 

Sl 56

Hino de Davi. Ao regente do coro-com a melodia de “A Pomba Calada em Terra Distante”. Escrito por Davi quando os filisteus o prenderam na cidade de Gate.

Tem misericórdia de mim, ó Deus, pois estou sendo atacado por inimigos que estão sempre me perseguindo!

O dia inteiro eles me atacam, e são muitos os que lutam contra mim.

Quando estou com medo, eu confio em ti, ó Deus Todo-Poderoso.

Confio em Deus e o louvo pelo que ele tem prometido; confio nele e não terei medo de nada. O que podem me fazer simples seres humanos?

O dia inteiro os meus inimigos me atrapalham nos meus negócios e só pensam em me prejudicar.

Eles se reúnem em lugares escondidos, olham o que estou fazendo e ficam esperando uma oportunidade para me matar.

Ó Deus, castiga-os por causa da sua maldade! Mostra a tua ira e derrota essa gente.

Tu sabes como estou aflito, pois tens tomado nota de todas as minhas lágrimas. Será que elas não estão escritas no teu livro?

Quando eu pedir a tua ajuda, os meus inimigos fugirão. Uma coisa eu sei: Deus está comigo.

Eu louvo a promessa de Deus, a promessa de Deus, o SENHOR.

Confio nele e não terei medo de nada. O que podem me fazer simples seres humanos?

Ó Deus, eu te darei o que prometi, eu te darei a minha oferta de louvor

porque me salvaste da morte e não deixaste que eu fosse derrotado. Assim, ó Deus, eu ando na tua presença, eu ando na luz da vida.

 

Sl 57

Hino de Davi. Ao regente do coro-com a melodia de “Não Destruas”. Escrito por Davi quando fugiu de Saul na caverna.

Tem misericórdia de mim, ó Deus, tem misericórdia, pois em ti procuro segurança! Na sombra das tuas asas eu encontro proteção até que passe o perigo.

Eu chamo o Deus Altíssimo; eu chamo a Deus, que me ajuda em tudo.

Do céu, ele me responderá e me salvará; ele derrotará os que me atacam. Deus me mostrará o seu amor e a sua fidelidade.

Estou cercado de inimigos; eles são como leões, e querem me devorar. Os seus dentes são como lanças e flechas, e a língua deles, como espada afiada.

Ó Deus, mostra a tua grandeza nos céus, e que a tua glória brilhe no mundo inteiro!

Os meus inimigos armaram uma armadilha para me pegar, e eu fiquei muito aflito. Fizeram uma cova no meu caminho, mas eles mesmos caíram nela.

O meu coração está firme, ó Deus, bem firme; eu cantarei hinos em teu louvor.

Acorde, meu coração! Minha harpa e minha lira, acordem! Eu acordarei o sol.

Senhor, eu te darei graças no meio das nações; eu te louvarei entre os povos.

O teu amor chega até os céus, e a tua fidelidade, até as nuvens.

Ó Deus, mostra a tua grandeza nos céus, e que a tua glória brilhe no mundo inteiro!

 

Sl 58

Hino de Davi. Ao regente do coro-com a melodia de “Não Destruas”.

Será que vocês, autoridades, dão sentenças justas? Será que julgam com justiça as pessoas?

Não. Vocês só pensam em fazer o mal e cometem crimes de violência no país.

Os maus passam a vida praticando o mal; desde o dia em que nascem, só contam mentiras.

Estão cheios de veneno como as cobras; tapam os ouvidos como uma cobra que se faz de surda,

que não quer ouvir a voz do encantador de serpentes.

Ó Deus, quebra os dentes dos maus! Ó SENHOR Deus, arranca os dentes desses leões ferozes!

Que os maus desapareçam como a água derramada na terra! Que sejam esmagados como a erva que nasce no caminho!

Que se derretam como o caracol na lama! Que sejam como a criança que nasce morta, que nunca viu a luz do sol!

Antes que os maus percebam o que está acontecendo, serão cortados como mato. Enquanto ainda estiverem vivos, Deus, em sua fúria terrível, os expulsará com um sopro.

Os bons ficarão contentes ao verem os maus sendo castigados; os bons lavarão os pés no sangue deles.

E as pessoas dirão: “De fato, os bons são recompensados. Realmente existe um Deus que julga o mundo.”

 

Sl 59

Hino de Davi. Ao regente do coro-com a melodia de “Não Destruas”. Escrito por Davi quando Saul mandou espiões à casa de Davi para o matarem.

Ó meu Deus, livra-me dos meus inimigos! Protege-me daqueles que me atacam.

Salva-me dos homens maus; livra-me desses assassinos.

Ó SENHOR Deus, olha! Eles estão esperando para me matar. Homens cruéis estão fazendo planos contra mim. Mas não é por causa de qualquer pecado ou maldade que eu tenha feito,

nem por causa de alguma falta, que eles têm pressa de me atacar.

Ó SENHOR, Deus Todo-Poderoso, levanta-te e vem me ajudar! Vê, ó Deus de Israel! Acorda e castiga as nações pagãs; não tenhas pena desses traidores e perversos.

Quando anoitece, eles voltam e rodeiam a cidade, rosnando como cachorros.

A língua deles fere como espada; eles gritam insultos e ameaças e pensam que ninguém está ouvindo.

Mas tu zombas deles, ó SENHOR; tu ris de todos os pagãos.

Ó Deus, eu confio no teu poder; tu és a minha fortaleza.

Com o seu amor, o meu Deus virá ao meu encontro; ele fará com que eu veja a derrota dos meus inimigos.

Ó Deus, não acabes de uma vez com os meus inimigos para que o meu povo não esqueça da maldade deles! Ó Senhor, nosso escudo, espalha-os com o teu poder e derrota-os!

Todas as vezes que falam, os meus inimigos pecam; que eles sejam apanhados no seu próprio orgulho! Eles amaldiçoam e mentem;

por isso, peço que os destruas quando estiveres irado, e que sejam destruídos completamente. Aí todos saberão que Deus governa em Israel e que o seu Reino se estende pelo mundo inteiro.

De noite, os meus inimigos voltam e rodeiam a cidade, rosnando como cachorros.

Eles andam pela cidade como cachorros, procurando o que comer, e uivam se não encontram comida que chegue.

Porém eu cantarei a respeito do teu poder; de manhã louvarei bem alto o teu amor, pois tu tens sido uma fortaleza para mim, um refúgio nos meus dias de aflição.

Eu te louvarei, ó Deus, meu defensor! Tu és a minha fortaleza, tu és o Deus que me ama.

 

Sl 60

Hino de Davi, para ensino. Ao regente do coro-com a melodia de “O Lírio do Testemunho”. Escrito por Davi quando lutava contra os sírios da Mesopotâmia e de Zoba e quando Joabe voltou e matou doze mil edomitas no vale do Sal. Ó Deus, tu nos rejeitaste e nos derrotaste. Estavas irado conosco, mas agora volta para nós!

Fizeste a terra tremer e se abrir; agora fecha as suas brechas, pois ela está se desfazendo.

Fizeste o teu povo passar por muitas aflições; tu nos deste vinho para beber, e por isso andamos por aí às tontas.

Levantaste uma bandeira para avisar os que te temem, para que eles pudessem escapar da derrota.

Salva-nos com o teu poder; responde à nossa oração para que o povo que tu amas seja salvo.

No seu Templo, Deus disse: “Quando eu vencer, dividirei a cidade de Siquém e repartirei o vale de Sucote entre o meu povo.

Gileade é meu, e Manassés, também; Efraim é o meu capacete, e Judá é o meu cetro de rei.

Porém Moabe será a minha bacia de lavar; e eu jogarei as minhas sandálias sobre Edom, como um sinal de que esse país é meu. Será que os filisteus pensaram que iriam cantar a sua vitória sobre mim?”

Ó Deus, quem me levará para dentro da cidade protegida por muralhas? Quem me guiará até Edom?

Será que, de fato, nos rejeitaste? Será que não vais marchar com os nossos exércitos?

Ajuda-nos a combater o inimigo, pois o auxílio de seres humanos não vale nada.

Com Deus do nosso lado, venceremos; ele derrotará os nossos inimigos.

 

Sl 61

De Davi. Ao regente do coro-para instrumentos de cordas.

Ó Deus, ouve o meu grito de angústia! Escuta a minha oração.

No meu desespero, longe do meu lar, eu te chamo pedindo ajuda. Põe-me em segurança numa rocha bem alta,

pois tu és o meu protetor, o meu forte defensor contra os meus inimigos.

Eu te peço que me deixes viver no teu Templo toda a minha vida, para ficar protegido debaixo das tuas asas.

Ó Deus, tu ouviste as minhas promessas e me deste as bênçãos que pertencem aos que te temem.

Dá uma vida longa ao rei; que ele viva muitos e muitos anos!

Que ele governe para sempre com a tua bênção, ó Deus! Protege-o com o teu amor e com a tua fidelidade.

Assim eu sempre te cantarei louvores e todos os dias te darei o que tiver prometido.

 

Sl 62

Salmo de Davi. Ao regente do coro-para confissão.

Somente em Deus eu encontro paz; é dele que vem a minha salvação.

Somente ele é a rocha que me salva; ele é o meu protetor, e eu nunca serei derrotado.

Até quando todos vocês atacarão um homem que é mais fraco do que uma cerca derrubada?

Vocês somente querem tirá-lo do seu lugar de honra. Vocês gostam de mentir; dizem coisas boas a respeito dele, mas no coração o amaldiçoam.

Somente em Deus eu encontro paz e nele ponho a minha esperança.

Somente ele é a rocha que me salva; ele é o meu protetor, e eu não serei abalado.

A minha salvação e a minha honra dependem de Deus; ele é a minha rocha poderosa e o meu abrigo.

Confie sempre em Deus, meu povo! Abram o coração para Deus, pois ele é o nosso refúgio.

Os seres humanos, tanto os pobres como os ricos, são inúteis, são somente um sopro. Se fossem colocados na balança, não pesariam nada; são mais leves do que um sopro.

Não confiem na violência, nem esperem ganhar alguma coisa com o roubo. Ainda que as suas riquezas aumentem, não confiem nelas.

Mais de uma vez tenho ouvido Deus dizer que o poder é dele

e o amor, também. Tu, ó Senhor, recompensas cada um de acordo com o que faz.

 

Sl 63

Salmo de Davi. Escrito quando estava no deserto de Judá.

Ó Deus, tu és o meu Deus; procuro estar na tua presença. Todo o meu ser deseja estar contigo; eu tenho sede de ti como uma terra cansada, seca e sem água.

Quero ver-te no Templo; quero ver como és poderoso e glorioso.

O teu amor é melhor do que a própria vida, e por isso eu te louvarei.

Enquanto viver, falarei da tua bondade e levantarei as mãos a ti em oração.

As tuas bênçãos são como alimentos gostosos; elas me satisfazem, e por isso canto alegremente canções de louvor a ti.

Quando estou deitado, eu lembro de ti. Penso em ti a noite toda

porque sempre me tens ajudado. Na sombra das tuas asas eu canto de alegria.

A tua mão direita me segura bem firme, e eu me apego a ti.

Porém aqueles que me querem matar descerão para o mundo dos mortos.

Eles serão mortos na batalha, e os corpos deles serão comidos pelos animais selvagens.

Mas o rei se alegrará porque Deus lhe dá a vitória. Os que fazem promessas em nome de Deus se alegrarão, mas a boca dos mentirosos será fechada.

 

Sl 64

Salmo de Davi. Ao regente do coro.

Ó Deus, escuta a minha oração, pois estou em dificuldades! Salva a minha vida, pois tenho medo dos meus inimigos.

Protege-me dos planos que os maus fazem contra mim; livra-me dos bandos de homens perversos.

Os maus afiam a língua como espada e apontam como flechas as suas palavras cheias de veneno.

Eles agem depressa para espalhar as suas mentiras vergonhosas e destroem os bons com calúnias covardes.

Eles se animam uns aos outros para fazer o mal; falam dos lugares onde vão colocar as suas armadilhas e pensam que ninguém pode vê-los.

Fazem planos cheios de maldade e dizem: “Planejamos um crime perfeito.” O coração e a mente do ser humano são um mistério.

Porém Deus atirará as suas flechas contra eles, e, de repente, ficarão feridos.

Deus os destruirá por causa das suas palavras; aqueles que os virem balançarão a cabeça, caçoando deles.

Então todas as pessoas ficarão com medo; pensarão no que Deus fez e falarão sobre os seus atos poderosos.

A alegria daqueles que obedecem ao SENHOR Deus vem dele; é no SENHOR que eles encontram segurança. Todos eles lhe darão glória.

 

Sl 65

Salmo de Davi. Canção. Ao regente do coro.

É justo, ó Deus, que o povo te louve no monte Sião e te dê o que prometeu,

pois tu respondes às orações. Pessoas de toda parte virão te adorar

por causa dos seus pecados. As nossas faltas nos deixam derrotados, mas tu nos perdoas.

Como são felizes aqueles que tu escolhes, aqueles que trazes para viverem no teu Templo! Nós ficaremos contentes com as coisas boas da tua casa, com as bênçãos do teu santo Templo.

Ó Deus, tu nos respondes, dando-nos a vitória, e fazes coisas maravilhosas para nos salvar. Os povos do mundo inteiro, até os dos mares distantes, põem a sua esperança em ti.

Com o teu poder, puseste as montanhas no lugar, mostrando assim a tua força poderosa.

Tu acalmas o rugido dos mares e o barulho das ondas, tu acalmas a gritaria dos povos.

Por causa das grandes coisas que tens feito, o mundo todo está cheio de espanto. Por causa das maravilhas que tens feito há gritos de alegria de um lado da terra ao outro.

Fazendo chover, mostras o teu cuidado pela terra e a tornas boa e rica. Com as chuvas do céu enches de água os rios, e assim a terra produz alimentos, pois para isso a preparaste.

Regas com muitas chuvas as terras aradas, e elas ficam amolecidas pela água. Com as chuvas, amacias bem as terras, e por isso crescem as plantações.

Como é grande a colheita que vem da tua bondade! Por onde passas, há fartura.

Os pastos estão cobertos de rebanhos, e os montes se enchem de alegria.

Os campos estão cobertos de carneiros, e os vales estão cheios de trigo. Tudo grita e canta de alegria.

 

Sl 66

Salmo. Canção. Ao regente do coro.

Que todos os povos louvem a Deus com gritos de alegria!

Cantem hinos de louvor a ele; ofereçam a ele louvores gloriosos.

Digam isto a Deus: “Como são espantosas as coisas que fazes! O teu poder é tão grande, que os teus inimigos ficam com medo e se curvam diante de ti.

O mundo inteiro te adora e canta louvores a ti; todos cantam hinos em tua honra.”

Venham e vejam o que Deus tem feito, vejam com espanto as coisas que ele tem feito em favor das pessoas.

Ele mudou o mar em terra seca, e os nossos antepassados atravessaram o rio a pé. Ali nos alegramos com o que ele fez.

Pelo seu poder, ele governa para sempre, e os seus olhos vigiam as nações. Que ninguém se revolte contra Deus!

Que todas as nações louvem o nosso Deus! Que cantem hinos de louvor em voz alta!

Ele nos tem mantido vivos e não nos tem deixado cair.

Ó Deus, tu nos puseste à prova. Como a prata é provada pelo fogo, assim nos provaste.

Tu nos deixaste cair numa armadilha e colocaste cargas pesadas nas nossas costas.

Deixaste que os nossos inimigos nos pisassem. Passamos pelo fogo e pela água, mas agora nos trouxeste para um lugar seguro.

Levarei à tua casa os sacrifícios que devem ser completamente queimados; eu te darei o que te prometi.

Aquilo que prometi, quando estava em aflição, isso mesmo te darei.

Levarei ovelhas para serem queimadas no altar; oferecerei sacrifícios de touros e cabritos, e a fumaça subirá até o céu.

Todos vocês que temem a Deus, venham e escutem, e eu contarei o que ele tem feito por mim.

Eu gritei, pedindo a sua ajuda; então o louvei com hinos.

Mas, se eu tivesse guardado maus pensamentos no coração, o Senhor não teria me ouvido.

Porém Deus, de fato, me ouviu e respondeu à minha oração.

Eu louvo a Deus porque ele não deixou de ouvir a minha oração e nunca me negou o seu amor.

 

Sl 67

Salmo. Canção. Ao regente do coro-para instrumentos de cordas.

Ó Deus, tem misericórdia de nós e abençoa-nos! Trata-nos com bondade.

Assim o mundo inteiro conhecerá a tua vontade, e a tua salvação será conhecida por todos os povos.

Que os povos te louvem, ó Deus! Que todos os povos te louvem!

Que as nações se alegrem e cantem de alegria porque julgas os povos com justiça e guias as nações do mundo!

Que os povos te louvem, ó Deus! Que todos os povos te louvem!

A terra deu a sua colheita; Deus, o nosso Deus, nos tem abençoado.

Ele nos tem abençoado; que os povos do mundo inteiro o temam!

 

Sl 68

Salmo de Davi. Canção. Ao regente do coro.

Deus se levanta e espalha os seus inimigos; os que o odeiam são derrotados e fogem da sua presença.

Ele os espalha como a fumaça que desaparece no ar. Os maus se acabam na presença de Deus como a cera se derrete perto do fogo.

Mas os bons ficam contentes e felizes na sua presença e, cheios de alegria, cantam hinos.

Cantem em louvor a Deus, cantem hinos em sua honra. Preparem o caminho daquele que vem montado nas nuvens. O seu nome é SENHOR; alegrem-se na sua presença.

Deus, que vive no seu santo Templo, cuida dos órfãos e protege as viúvas.

Ele dá aos abandonados um lar onde eles podem viver e solta os prisioneiros para que vivam livres e felizes. Mas os que se revoltam contra ele terão de morar numa terra deserta.

Ó Deus, quando conduziste o teu povo, quando marchaste pelo deserto,

a terra tremeu, e o céu derramou chuva por causa da vinda do Deus do Sinai, da vinda do Deus de Israel.

Tu fizeste cair muita chuva e renovaste a tua terra cansada.

O teu povo fez nessa terra o seu lar; com a tua bondade, cuidaste dos pobres.

O Senhor deu uma ordem, e muitas mulheres levaram esta notícia:

“Os reis e os seus exércitos estão fugindo!” Em casa, as mulheres repartiram o que havia sido tirado dos inimigos.

Elas pareciam pombas cobertas de prata, com asas brilhantes como ouro puro. Por que é que no dia da batalha alguns soldados ficaram no curral das ovelhas?

Quando o Deus Todo-Poderoso espalhou os reis, caiu neve ali no monte Salmom.

Como é alta a serra de Basã, a serra de muitos picos!

Por que é que vocês, montanhas tão altas, olham com inveja para o monte que Deus escolheu para nele morar? O SENHOR Deus viverá ali para sempre.

Com os seus milhares e milhares de carros poderosos, Deus, o Senhor, veio do monte Sinai para o seu lugar santo.

O Senhor subiu aos lugares mais altos, levando consigo muitos prisioneiros; ele recebeu presentes até mesmo de homens rebeldes. O SENHOR Deus viverá ali.

Louvado seja o Senhor, que dia a dia leva as nossas cargas! Deus é a nossa salvação.

O nosso Deus é o Deus que salva; ele é o SENHOR, o Senhor nosso, que nos livra da morte.

Ele partirá a cabeça dos seus inimigos, daqueles que teimam em permanecer nos seus pecados.

Deus, o Senhor, nos disse: “Eu trarei os inimigos de vocês de volta do monte Basã. Eu os farei voltar das profundezas do mar

para que vocês se banhem no sangue deles e os cães de vocês possam lamber sangue à vontade.”

Ó Deus, todos vêem a tua marcha de vitória, o desfile de Deus, o meu Rei, entrando no seu Templo.

Os cantores vão na frente, e os músicos, atrás; no meio, estão as moças tocando tamboris.

Louvem a Deus na reunião do seu povo. Louvem a Deus, o SENHOR, todos os descendentes de Israel!

Primeiro vem Benjamim, a menor das tribos; depois vêm os líderes de Judá com o seu grupo; e, em seguida, os líderes de Zebulom e de Naftali.

Mostra o teu poder, ó Deus, o poder que tens usado em nosso favor!

Do teu Templo, em Jerusalém, onde os reis trazem ofertas a ti,

repreende o Egito, aquela fera dos canaviais. Ó Deus, repreende as nações, aquela manada de touros com os seus bezerros, até que elas se curvem e te ofereçam a sua prata! Espalha os povos que gostam de fazer guerra.

Virão embaixadores do Egito; e os etíopes, com as mãos levantadas, orarão a ti, ó Deus.

Cantem hinos a Deus, povos de todas as nações, cantem louvores ao Senhor!

Louvem a ele, o cavaleiro do céu, o antigo céu. Escutem a voz do Senhor, a sua voz poderosa.

Anunciem o poder de Deus; a majestade dele está sobre o povo de Israel, a sua força está nos céus.

Como Deus é maravilhoso no seu Templo! O Deus de Israel dá força e poder ao seu povo. Louvem a Deus.

 

Sl 69

De Davi. Ao regente do coro-com a melodia de “Os Lírios”.

Ó Deus, salva-me porque estou na água até o pescoço!

Estou atolado num lamaçal muito fundo, não tenho onde apoiar os pés. Entrei em águas profundas, e a correnteza quase me afoga.

Estou rouco de tanto gritar por socorro, e a minha garganta está ardendo. Os meus olhos estão cansados, esperando que tu, meu Deus, venhas me socorrer.

Aqueles que, sem motivo, me odeiam são mais numerosos do que os cabelos da minha cabeça. Os meus inimigos contam mentiras a respeito de mim; eles são fortes e querem me matar. Eles me forçam a devolver o que não roubei.

Os meus pecados não estão escondidos de ti, ó Deus; tu sabes como tenho sido tolo.

Ó SENHOR, Deus Todo-Poderoso, não deixes que aqueles que confiam em ti passem vergonha por causa de mim! Ó Deus de Israel, não permitas que eu traga desgraça para aqueles que te adoram!

Pois é por causa do meu amor por ti que tenho suportado insultos e tenho passado vergonha.

Sou como um estranho para os meus irmãos, sou como um desconhecido para a minha família.

O meu amor pelo teu Templo queima dentro de mim como fogo; as ofensas daqueles que te insultam caem sobre mim.

Eu faço jejum e me humilho, e, no entanto, eles me insultam.

Eu me visto de luto, e eles riem de mim.

Falam de mim nas praças, e os bêbados fazem versos a meu respeito.

Porém eu, ó SENHOR Deus, faço a minha oração a ti. Ó Deus, responde-me quando achares por bem, pois me amas muito! Salva-me como prometeste.

Não me deixes afundar na lama. Livra-me dos meus inimigos e das águas profundas da morte.

Não deixes que as ondas me cubram. Não permitas que eu me afogue em águas profundas, nem que seja engolido pela sepultura.

Ó SENHOR Deus, tu és bom e amoroso; responde-me e vem me ajudar, pois é grande a tua compaixão.

Não te escondas do teu servo; responde-me agora, pois estou muito aflito.

Vem e salva-me; livra-me dos meus inimigos.

Tu vês todos os meus inimigos; tu sabes como eles me insultam e conheces a vergonha e as humilhações que tenho sofrido.

Os insultos partiram o meu coração, e estou desesperado. Esperei que alguém tivesse pena de mim, mas ninguém teve; esperei que alguém viesse me consolar, porém ninguém apareceu.

Quando estava com fome, eles me deram veneno; quando estava com sede, me ofereceram vinagre.

Que os seus banquetes sejam a desgraça deles! E que as suas festas religiosas causem a sua queda!

Ó Deus, faze com que eles fiquem cegos! Faze com que percam completamente as forças!

Descarrega sobre eles a tua ira, e que o fogo do teu furor os alcance!

Que os seus acampamentos fiquem desertos! E que ninguém fique vivo nas suas barracas!

Eles perseguem aqueles que castigaste e zombam dos sofrimentos daqueles que feriste.

Toma nota de todos os pecados deles; não os deixes tomar parte na tua salvação.

Que o nome deles seja riscado do livro da vida e que não seja colocado na lista dos que te obedecem!

Eu estou sofrendo, desesperado; ó Deus, levanta-me e salva-me!

Louvarei a Deus com uma canção; anunciarei com gratidão a sua grandeza.

Isso será mais agradável a Deus, o SENHOR, do que oferecer em sacrifício um touro crescido.

Quando os que são perseguidos virem isso, ficarão contentes, e os que adoram a Deus ficarão animados.

Pois o SENHOR ouve os necessitados e não despreza o seu povo que está na prisão.

Louvem a Deus, ó céu e terra, ó mares e todas as criaturas que estão neles!

Ele salvará Jerusalém e construirá de novo as cidades de Judá. O seu povo viverá ali e possuirá a Terra Prometida.

Os descendentes dos servos de Deus herdarão essa Terra, e aqueles que o amam viverão ali.

 

Sl 70

De Davi. Em memória. Ao regente do coro.

Ó Deus, salva-me! Ajuda-me agora, ó SENHOR Deus.

Que sejam completamente derrotados e humilhados aqueles que me querem matar! Que fujam, envergonhados, aqueles que se alegram com as minhas aflições!

Que caiam na desgraça e fiquem cheios de confusão aqueles que zombam de mim!

Que fiquem alegres e contentes todos os que te adoram! E que os que são gratos pela tua ajuda digam sempre: “Como Deus é grande!”

Eu sou pobre e necessitado; vem depressa em meu auxílio, ó Deus. Tu és a minha ajuda e o meu libertador; não te demores em me socorrer, ó SENHOR Deus!

 

Sl 71

Ó SENHOR Deus, tu és a minha segurança; nunca deixes que eu sofra a vergonha da derrota.

Ajuda-me e livra-me, pois tu és justo; ouve-me e salva-me.

Ó Deus, sê a minha rocha de abrigo e uma fortaleza para me proteger! Tu és a minha rocha e a minha fortaleza.

Ó meu Deus, livra-me dos maus, livra-me do poder dos homens perversos e violentos!

Ó SENHOR, meu Deus, em ti ponho a minha esperança; desde jovem tenho confiado em ti.

Toda a minha vida tenho me apoiado em ti; desde o meu nascimento tu tens me protegido. Eu sempre te louvarei.

A minha vida tem sido um exemplo para muitos porque tu tens sido o meu forte defensor.

O dia inteiro, eu te louvo e anuncio a tua glória.

Não me rejeites agora que sou velho; não me abandones agora que estou fraco.

Os meus inimigos querem me matar; eles falam contra mim e planejam a minha morte.

Eles dizem: “Deus o abandonou; vamos persegui-lo e agarrá-lo, pois ninguém o salvará.”

Ó Deus, não fiques longe de mim! Ajuda-me agora, meu Deus!

Que sejam derrotados e destruídos aqueles que me atacam! Que fiquem arruinados e envergonhados os que querem a minha desgraça!

Eu sempre porei a minha esperança em ti e te louvarei mais e mais.

Anunciarei que tu és fiel; o dia inteiro falarei da tua salvação, embora não seja capaz de entendê-la.

Falarei do teu poder, ó SENHOR, meu Deus; anunciarei a tua fidelidade, a tua fidelidade somente.

Tu tens me ensinado desde a minha mocidade, e eu continuo a falar das coisas maravilhosas que fazes.

Agora que estou velho, e os meus cabelos ficaram brancos, não me abandones, ó Deus! Fica comigo enquanto anuncio o teu poder e a tua força a este povo e aos seus descendentes.

A tua fidelidade, ó Deus, chega até o céu. Tu tens feito grandes coisas, e não há ninguém igual a ti.

Tu me tens feito passar por aflições e sofrimentos, mas me darás forças novamente e me livrarás da sepultura.

Tu me tornarás cada vez mais famoso e sempre me consolarás.

Prometo que te louvarei com harpa. Ó meu Deus, eu te louvarei porque és fiel. Na minha lira tocarei hinos a ti, ó Santo Deus de Israel.

Cantarei de alegria quando tocar hinos a ti, cantarei com todas as minhas forças porque tu me salvaste.

O dia inteiro falarei da tua justiça, pois os que me queriam prejudicar foram derrotados e arruinados.

 

Sl 72

De Salomão.

Ó Deus, ensina o rei a julgar de acordo com a tua justiça! Dá-lhe a tua justiça

para que governe o teu povo com honestidade e trate com justiça os explorados.

Que haja prosperidade no país, pois o povo faz o que é direito!

Que o rei julgue os pobres honestamente! Que ele ajude os necessitados e derrote os que exploram o povo!

Que o rei viva enquanto o sol durar e a lua existir, por gerações sem fim!

Que o rei seja como a chuva que cai sobre os campos, como os aguaceiros que regam a terra!

Que a justiça floresça durante a sua vida, e que haja prosperidade enquanto a lua brilhar!

O seu reino irá de um mar a outro e desde o rio Eufrates até os fins da terra.

Os povos do deserto se curvarão diante dele, e os seus inimigos se humilharão aos seus pés.

Os reis da Espanha e das ilhas lhe oferecerão presentes, e assim também os reis da Arábia e da Etiópia.

Todos os reis se curvarão diante dele, e todas as nações lhe obedecerão.

O rei ajuda os pobres que lhe pedem socorro; ele ajuda os necessitados e os abandonados.

Ele tem pena dos fracos e dos necessitados e salva a vida dos que precisam de auxílio.

Ele os livra da exploração e da violência; a vida deles é preciosa para ele.

Viva o rei! Que ele receba ouro da Arábia! Que todos os dias sejam feitas orações em favor dele, e que Deus sempre o abençoe!

Que no país haja fartura de cereais! Que os montes fiquem cobertos de colheitas e produzam tanto quanto os montes Líbanos! Que as cidades fiquem cheias de gente como o capim cobre os campos!

Que o nome do rei nunca seja esquecido, e que a sua fama dure enquanto o sol existir! Que todos os povos peçam que Deus os abençoe assim como ele tem abençoado o rei!

Louvem o SENHOR, o Deus de Israel, pois é ele quem faz essas coisas maravilhosas.

Louvem para sempre o seu nome glorioso, e que a sua glória encha o mundo inteiro! Amém! Amém!

Aqui terminam as orações de Davi, filho de Jessé.

 

Sl 73

Salmo de Asafe.

Na verdade, Deus é bom para o povo de Israel, ele é bom para aqueles que têm um coração puro.

(2-3) Porém, quando vi que tudo ia bem para os orgulhosos e os maus, quase perdi a confiança em Deus porque fiquei com inveja deles.

Os maus não sofrem; eles são fortes e cheios de saúde.

Eles não sofrem como os outros sofrem, nem têm as aflições que os outros têm.

Por isso, usam o orgulho como se fosse um colar e a violência, como uma capa.

O coração deles está cheio de maldade, e a mente deles só vive fazendo planos perversos.

Eles gostam de caçoar e só falam de coisas más. São orgulhosos e fazem planos para explorar os outros.

Falam mal de Deus, que está no céu, e com orgulho dão ordens às pessoas aqui na terra.

Assim o povo de Deus vai atrás deles e crê no que eles dizem.

Eles afirmam: “Deus não vai saber disso; o Altíssimo não descobrirá nada!”

Os maus são assim: eles têm muito e ficam cada vez mais ricos.

Parece que não adiantou nada eu me conservar puro e ter as mãos limpas de pecado.

Pois tu, ó Deus, me tens feito sofrer o dia inteiro, e todas as manhãs me castigas.

Se eu tivesse falado como os maus, teria traído o teu povo.

Então eu me esforcei para entender essas coisas, mas isso era difícil demais para mim.

Porém, quando fui ao teu Templo, entendi o que acontecerá no fim com os maus.

Tu os pões em lugares onde eles escorregam e fazes com que caiam mortos.

Eles são destruídos num momento e têm um fim horrível.

Quando te levantas, Senhor, tu não lembras dos maus, pois eles são como um sonho que a gente esquece quando acorda de manhã.

O meu coração estava cheio de amargura, e eu fiquei revoltado.

Eu não podia compreender, ó Deus; era como um animal, sem entendimento.

No entanto, estou sempre contigo, e tu me seguras pela mão.

Tu me guias com os teus conselhos e no fim me receberás com honras.

No céu, eu só tenho a ti. E, se tenho a ti, que mais poderia querer na terra?

Ainda que a minha mente e o meu corpo enfraqueçam, Deus é a minha força, ele é tudo o que sempre preciso.

Os que se afastam de ti certamente morrerão, e tu destruirás os que são infiéis a ti.

Mas, quanto a mim, como é bom estar perto de Deus! Faço do SENHOR Deus o meu refúgio e anuncio tudo o que ele tem feito.

 

Sl 74

Poesia de Asafe.

Ó Deus, por que nos abandonaste para sempre? Por que estás irado com as ovelhas do teu rebanho?

Lembra do teu povo, que há tanto tempo escolheste para ser teu e que livraste da escravidão para ser a tua própria gente. Lembra do monte Sião, onde moraste.

Vem e anda sobre estas ruínas sem fim; os nossos inimigos destruíram tudo o que estava no Templo.

No teu Templo os teus inimigos gritaram de alegria e ali puseram as suas bandeiras como sinal de vitória.

Eles pareciam lenhadores cortando árvores com os seus machados.

Com os seus machados e marretas, destruíram todos os enfeites de madeira.

Arrasaram e incendiaram o teu Templo; profanaram o lugar onde és adorado.

Eles resolveram nos esmagar completamente; queimaram todos os lugares santos da terra de Israel.

Já não temos os milagres que esperávamos, não há mais profetas, e ninguém sabe quanto tempo isso vai durar.

Ó Deus, até quando os nossos inimigos vão zombar de nós? Será que eles vão te insultar para sempre?

Por que não quiseste nos ajudar? Por que ficas de braços cruzados?

Mas tu, ó Deus, tens sido o nosso Rei desde o princípio e nos salvaste muitas vezes.

Com o teu grande poder, dividiste o Mar e esmagaste as cabeças dos monstros marinhos.

Esmagaste as cabeças do monstro Leviatã e deste o seu corpo para os animais do deserto comerem.

Fizeste com que corressem fontes e riachos e secaste grandes rios.

Criaste o dia e a noite, puseste o sol, a lua e as estrelas nos seus lugares.

Marcaste os limites da terra e fizeste o verão e o inverno.

Ó SENHOR Deus, lembra que os teus inimigos zombam de ti! Lembra que eles não têm juízo e xingam o teu nome.

Não entregues o teu povo explorado aos seus inimigos cruéis. Não esqueças para sempre do teu povo perseguido.

Lembra da aliança que fizeste, pois há violência em cada canto escuro do país.

Não deixes que os perseguidos sejam humilhados, mas permite que os pobres e os necessitados te louvem.

Levanta-te, ó Deus, e defende a tua causa! Lembra que gente sem juízo zomba de ti o dia todo.

Não esqueças os gritos de raiva dos teus inimigos nem do barulho constante dos teus adversários.

 

Sl 75

Salmo de Asafe. Canção. Ao regente do coro-com a melodia de “Não Destruas”.

Nós te damos graças, ó Deus, nós damos graças. Anunciamos a tua grandeza e contamos as coisas maravilhosas que tens feito.

Deus diz: “Eu marquei um tempo certo para o julgamento e julgarei com justiça.

Ainda que a terra trema, e todos os seus moradores estremeçam, eu manterei firmes as suas bases.

Digo aos maus que não contem grandezas, que não sejam orgulhosos;

digo que parem de se gabar do seu poder e de falar com arrogância.”

Pois o julgamento não vem do Leste, nem do Oeste, nem do Norte, nem do Sul.

É Deus quem julga; é ele quem declara que uns são culpados e que outros são inocentes.

O SENHOR Deus tem na sua mão uma taça cheia do vinho forte da sua ira. Ele serve o vinho, e todos os maus o bebem, bebem até a última gota.

Porém eu sempre falarei a respeito do Deus de Jacó e lhe cantarei louvores.

Ele quebrará o poder dos maus; mas o poder dos que obedecem a Deus crescerá.

 

Sl 76

Salmo de Asafe. Canção. Ao regente do coro-para instrumentos de cordas.

Deus é bem conhecido em Judá; o seu nome é famoso em Israel.

A sua casa está em Jerusalém; ele mora no monte Sião.

Ali Deus quebrou todas as armas dos inimigos: as flechas, os escudos e as espadas.

Como és glorioso, ó Deus! E como foste grandioso quando voltaste das montanhas onde derrotaste os teus inimigos!

Foram levadas todas as coisas que os seus valentes soldados tinham; eles agora estão dormindo o sono da morte, pois não tiveram forças para se defender.

Quando tu, ó Deus de Jacó, os ameaçaste, os cavalos e os cavaleiros ficaram como mortos.

Todas as pessoas têm medo de ti. Quem pode permanecer na tua presença quando estás irado?

Lá do céu fizeste conhecida a tua sentença de condenação. A terra teve medo e ficou quieta

quando te levantaste para fazer justiça, para salvar todos os que são explorados neste mundo.

Até a ira humana aumenta o louvor que é dado a ti; e aqueles que não morreram nas guerras vão comemorar as tuas festas.

Dêem ao SENHOR, nosso Deus, o que vocês prometeram; que todas as nações vizinhas venham e tragam ofertas para Deus, aquele que deve ser temido!

Deus humilha os governantes orgulhosos; ele enche de medo os reis da terra.

 

Sl 77

Salmo de Asafe. Ao regente do coro-para confissão.

Eu grito bem alto para Deus; grito, e ele me ouve.

Nas horas de aflição eu oro ao Senhor; durante a noite, levanto as mãos em oração, porém não encontro consolo.

Penso em Deus e começo a gemer; começo a pensar e fico desanimado.

Deus não me deixa dormir. Estou tão preocupado, que não posso falar.

Penso nos dias que já passaram e nos anos que se foram há muito tempo.

Gasto as noites em pensamentos profundos, começo a meditar e a mim mesmo faço estas perguntas:

“Será que o Senhor vai nos rejeitar para sempre? Será que ele nunca mais vai ficar contente conosco?

Será que deixou de nos amar? Será que a sua promessa não tem mais valor?

Será que Deus esqueceu de ser bondoso? Será que a ira tomou o lugar da sua compaixão?”

Então eu disse assim: “O pior de tudo é que o Deus Altíssimo não quer nos ajudar mais como antes.”

Ó SENHOR Deus, eu lembrarei dos teus feitos maravilhosos! Recordarei as maravilhas que fizeste no passado.

Pensarei em tudo o que tens feito, meditarei em todos os teus atos poderosos.

Ó Deus, tudo o que fazes é santo. Não há deus que seja tão grande como o nosso Deus.

Tu és o Deus que faz milagres; tu tens mostrado o teu poder entre as nações.

Pela tua força, salvaste o teu povo, os descendentes de Jacó e de José.

Ó Deus, quando as águas te viram, ficaram com medo, as águas profundas do mar tremeram.

As nuvens derramaram chuva, houve trovoada nas alturas, e os relâmpagos riscaram o céu em todas as direções.

O estrondo dos teus trovões se espalhou por toda parte; os relâmpagos iluminaram o mundo inteiro, e a terra foi sacudida e tremeu.

Tu andaste pelo meio do mar, abriste caminho no oceano profundo, mas ninguém viu as marcas dos teus pés.

Como um pastor, dirigiste o teu povo pelas mãos de Moisés e de Arão.

 

Sl 78

Poesia de Asafe.

Meu povo, escute o meu ensino e preste atenção no que estou dizendo!

Pois falarei com vocês por meio de provérbios e explicarei os segredos do passado.

São coisas que ouvimos e aprendemos, coisas que os nossos antepassados nos contaram.

Não as esconderemos dos nossos filhos, mas falaremos aos nossos descendentes a respeito do poder de Deus, o SENHOR, dos seus feitos poderosos e das coisas maravilhosas que ele fez.

O SENHOR deu leis ao povo de Israel e mandamentos aos descendentes de Jacó. Ordenou aos nossos antepassados que ensinassem essas leis aos seus filhos

para que os seus descendentes as aprendessem, e eles, por sua vez, as ensinassem aos seus filhos.

Assim eles também porão a sua confiança em Deus; não esquecerão o que ele fez e obedecerão sempre aos seus mandamentos.

Eles não serão como os seus antepassados, um povo rebelde e desobediente, que nunca foi firme na sua confiança em Deus e não permaneceu fiel a ele.

Os homens da tribo de Efraim, armados com arcos e flechas, fugiram no dia da batalha.

Os israelitas não cumpriram a aliança que Deus havia feito com eles e não quiseram obedecer à sua lei.

Esqueceram os milagres que ele havia feito na presença deles.

Diante dos seus antepassados, Deus realizou milagres na planície de Zoã, na terra do Egito.

Ele dividiu o mar e levou os israelitas pelo meio dele; ele fez com que as águas se levantassem como muralhas.

Durante o dia, ele os guiava com uma nuvem e de noite os conduzia por meio de um clarão de fogo.

Ele partiu rochas no deserto e das profundezas da terra tirou muita água para o povo beber.

Fez com que nascessem fontes na rocha e que água corresse como um rio.

Mas os nossos antepassados continuaram a pecar contra Deus; eles se revoltaram no deserto contra o Altíssimo.

De propósito, puseram Deus à prova, pedindo a comida que queriam.

Falaram contra ele, dizendo: “Será que Deus pode nos dar comida no deserto?

É verdade que ele partiu a rocha e que a água começou a correr como um rio. Mas será que ele pode nos dar pão? Será que pode fornecer carne para o seu povo?”

Quando o SENHOR Deus ouviu isso, ficou furioso. Ele atacou o seu povo com fogo, e a sua ira contra eles aumentou

porque não confiaram nele e não acreditaram que ele os poderia salvar.

Porém Deus deu ordem ao céu lá em cima e mandou que as suas portas se abrissem.

Ele deu ao povo pão do céu, fazendo com que caísse o maná para eles comerem,

e assim comeram o pão dos anjos. Deus lhes deu comida com fartura.

Depois ele fez soprar do céu o vento leste e pelo seu poder agitou o vento sul.

Sobre o povo fez cair tantas aves, que pareciam nuvens de pó ou os grãos de areia de uma praia.

As aves caíam no meio do acampamento, em volta das barracas.

Então os israelitas comeram e ficaram satisfeitos, pois Deus lhes deu o que eles queriam.

Mas, enquanto estavam comendo, antes mesmo de ficarem satisfeitos,

Deus ficou irado com eles e matou os homens mais fortes, os melhores jovens de Israel.

Mesmo depois desses milagres, o povo ainda continuou a pecar e não quis acreditar em Deus.

Por isso ele os destruiu como se a vida deles fosse um sopro, como um desastre que acontece de repente.

Porém, quando Deus matava alguns, os que ficavam vivos voltavam para ele; eles se arrependiam e oravam com sinceridade a ele.

Eles lembravam que Deus era a sua rocha, lembravam que o Altíssimo era o seu Salvador.

Mas todas as palavras deles eram mentiras, tudo o que diziam era apenas para enganar.

O coração deles não era sincero para com Deus, e não foram fiéis à aliança que Deus havia feito com eles.

Porém Deus teve misericórdia do seu povo. Ele não os destruiu, mas perdoou os seus pecados. Muitas vezes parou com a sua ira e não se deixou levar pelo seu furor.

Lembrou que eles eram mortais, eram como um vento que passa e não volta mais.

Quantas vezes se revoltaram contra Deus no deserto! Quantas vezes o fizeram ficar triste!

Repetidas vezes o puseram à prova e entristeceram o Santo Deus de Israel.

Eles esqueceram o seu grande poder e do dia em que ele os tinha salvado dos seus inimigos.

Esqueceram as coisas maravilhosas e os milagres que ele havia feito na planície de Zoã, na terra do Egito.

Ali ele fez com que os rios virassem sangue, e assim os egípcios ficaram sem água para beber.

Mandou moscas para os atormentarem e rãs, que estragaram os seus campos.

Também mandou gafanhotos para comerem as suas colheitas e destruírem as suas plantações.

Com chuvas de pedras destruiu as suas videiras e com geada, as suas figueiras.

O seu gado e as suas ovelhas também morreram por causa das chuvas de pedra e dos raios.

Ele os destruiu com o fogo da sua ira e com o seu grande furor e a sua maldição, que vieram como mensageiros da morte.

Ele não parou com a sua ira, nem deixou que eles vivessem, mas os matou com uma praga.

Em cada casa, na terra do Egito, Deus matou o filho mais velho.

Depois, como pastor, Deus conduziu o povo de Israel para fora do Egito e o guiou pelo deserto.

Ele os guiou com segurança, e eles não tiveram medo; mas os seus inimigos foram cobertos pelo mar.

Deus levou os israelitas para a terra santa dele, para as montanhas que ele mesmo conquistou.

Ele expulsou os moradores daquelas terras enquanto o seu povo avançava. Repartiu as terras entre as tribos de Israel e deixou que os israelitas morassem nas casas dos seus antigos moradores.

Mas os israelitas se revoltaram contra o Deus Altíssimo e o puseram à prova. Não obedeceram aos seus mandamentos

e foram desleais e rebeldes como os seus pais, traiçoeiros como flechas atiradas com um arco defeituoso.

Eles o irritaram com os seus altares pagãos e, com os seus ídolos, fizeram com que ele ficasse enciumado.

Quando Deus viu isso, ficou irado e rejeitou completamente o seu povo.

Ele abandonou a sua Tenda Sagrada, que estava em Siló, a casa onde ele havia morado entre os seres humanos.

Deus deixou que os inimigos tomassem a arca da aliança, que representava o seu poder e a sua glória.

Ele ficou irado com o seu próprio povo e deixou que eles fossem mortos pelos inimigos.

Os jovens foram mortos na guerra, e as moças não tinham com quem casar.

Os sacerdotes foram mortos à espada, e as suas viúvas foram proibidas de chorar por eles.

Então o Senhor acordou como de um sono e gritou como um homem valente, embriagado pelo vinho.

Ele fez com que os seus inimigos fugissem derrotados e envergonhados para sempre.

Ele rejeitou os descendentes de José, não escolheu a tribo de Efraim.

Pelo contrário, escolheu a tribo de Judá, o monte Sião, que ele tanto ama.

Ele construiu o seu Templo parecido com a sua casa no céu e o fez firme como a terra, que está segura para sempre.

Então Deus escolheu o seu servo Davi; ele o tirou do curral de ovelhas

quando ainda pastoreava o rebanho. Ele o pôs como rei de Israel, como pastor do povo de Deus.

Davi cuidou deles com dedicação e os dirigiu com sabedoria.

 

Sl 79

Salmo de Asafe.

Ó Deus, os pagãos invadiram a tua terra, profanaram o teu santo Templo e deixaram Jerusalém em ruínas.

Largaram os corpos dos teus servos, dos que foram fiéis a ti, para serem comidos pelas aves e pelos animais selvagens.

Derramaram o sangue do teu povo como se fosse água. O sangue correu como água por toda a cidade de Jerusalém, e não sobrou ninguém para sepultar os mortos.

As nações vizinhas nos insultam, riem e caçoam de nós.

Ó SENHOR Deus, até quando ficarás irado conosco? Será para sempre? Será que a tua ira continuará a queimar como fogo?

Ó Deus, fica irado com as nações que não te adoram, com os povos que te rejeitam!

Pois eles mataram o nosso povo e arrasaram o nosso país.

Não nos castigues por causa dos pecados dos nossos antepassados, mas tem misericórdia de nós agora, pois estamos completamente desanimados.

Ajuda-nos, ó Deus, nosso Salvador; por causa da tua própria honra, salva-nos e esquece os nossos pecados.

Por que deixar que as outras nações perguntem: “Onde está o Deus de vocês?” Ó Deus, permite que vejamos o castigo que lhes darás por terem derramado o sangue dos teus servos!

Ouve os gemidos dos prisioneiros e, com o teu grande poder, livra os que estão condenados à morte.

Ó Senhor, castiga as outras nações sete vezes pelos insultos com que te ofenderam!

Então nós, que somos o teu povo, que somos ovelhas do teu rebanho, nós e os nossos descendentes te daremos graças para sempre e cantaremos hinos de louvor a ti hoje e nos tempos que estão por vir.

 

Sl 80

Salmo de Asafe. Um testemunho. Ao regente do coro-com a melodia de “Os Lírios”.

Ouve-nos, ó Pastor de Israel! Escuta-nos, tu que guias o teu rebanho! Tu que estás sentado no teu trono, que fica sobre os querubins,

mostra a tua misericórdia pelas tribos de Efraim, Benjamim e Manassés! Mostra-nos o teu poder; vem e salva-nos.

Faze com que prosperemos de novo, ó Deus! Mostra-nos a tua misericórdia, e seremos salvos.

Até quando, ó SENHOR, Deus Todo-Poderoso, ficarás irado com as orações do teu povo?

Tu nos tens dado pão de lágrimas para comer e um copo cheio de lágrimas para beber.

Tu deixas que as nações vizinhas briguem por causa da nossa terra e que os nossos inimigos zombem de nós.

Faze com que prosperemos de novo, ó Deus Todo-Poderoso! Mostra-nos a tua misericórdia, e seremos salvos.

Trouxeste do Egito uma parreira, o povo de Israel; expulsaste os outros povos e plantaste essa parreira na terra deles.

Preparaste o terreno para ela; as suas raízes entraram fundo na terra, e ela se espalhou por toda parte.

Cobriu os montes com a sua sombra, e os seus galhos cresceram acima dos cedros gigantes.

Ela estendeu os seus ramos até o mar Mediterrâneo e até o rio Eufrates.

Por que derrubaste as cercas que havia em volta dela? Agora quem passa pelo caminho pode roubar as suas uvas.

Os porcos do mato a pisam e a destroem, e os animais ferozes a devoram.

Volta para nós, ó Deus Todo-Poderoso! Lá do céu olha para nós; vem e salva a tua parreira.

Vem e salva essa parreira que tu plantaste, esse ramo novo que fizeste crescer tão forte.

Os nossos inimigos a cortaram e queimaram. Na tua ira, olha para eles e acaba com eles.

Protege e guarda o povo que escolheste, a nação que fizeste crescer tão forte.

Não nos afastaremos de ti outra vez; conserva a nossa vida, e nós te louvaremos.

Faze com que prosperemos de novo, ó SENHOR, Deus Todo-Poderoso! Mostra-nos a tua misericórdia, e seremos salvos.

 

Sl 81

De Asafe. Ao regente do coro-com a melodia de “Os Lagares”.

Cantem com alegria a Deus, o nosso defensor; cantem louvores ao Deus de Jacó.

Comecem a música e toquem os tamboris; toquem músicas alegres nas liras e nas harpas.

Toquem a trombeta para a festa quando chegar a lua nova e quando for lua cheia.

Isso é lei para Israel, é uma ordem do Deus de Jacó.

Quando Deus marchou contra a terra do Egito, ele deu essa lei ao povo de Israel. Ouvi uma voz, que eu não conhecia, dizendo:

“Eu tirei das costas de vocês as cargas pesadas, fiz com que vocês ficassem livres de carregar os cestos cheios de tijolos.

Quando estavam aflitos, vocês me chamaram, e eu os salvei. Lá de onde eu estava escondido, na tempestade, eu lhes respondi. Eu os pus à prova na fonte de Meribá.

Meu povo, escute os meus conselhos! Ó Israel, como eu gostaria que você me ouvisse!

Nunca mais sirvam nenhum deus estrangeiro, nem adorem nenhum deus estranho.

Eu sou o SENHOR, o Deus de vocês, sou aquele que os tirou da terra do Egito. Abram a boca, e eu os alimentarei.

“Mas o meu povo não quis me ouvir; Israel não me obedeceu.

Portanto, eu deixei que eles andassem nos seus caminhos de teimosia e que fizessem o que queriam.

Como gostaria que o meu povo me ouvisse, que o povo de Israel me obedecesse!

Eu derrotaria logo os seus inimigos e castigaria todos os seus adversários.

Aqueles que me odeiam se curvariam diante de mim, e o castigo deles duraria para sempre.

Mas a vocês eu daria o melhor trigo e os alimentaria com mel do campo, até que ficassem satisfeitos.”

 

Sl 82

Salmo de Asafe.

Deus toma o seu lugar na reunião dos deuses e no meio deles dá a sua sentença:

“Vocês precisam parar de julgar injustamente e de estar do lado dos maus.

Defendam os direitos dos pobres e dos órfãos; sejam justos com os aflitos e os necessitados.

Socorram os humildes e os pobres e os salvem do poder dos maus.

“Vocês são ignorantes, não entendem nada; vocês vivem na escuridão. As bases da lei e da ordem na terra estão abaladas.

Eu disse: ‘Vocês são deuses; todos vocês são filhos do Deus Altíssimo.

Porém morrerão como os homens comuns morrem; a vida de vocês acabará como a de qualquer príncipe.’”

Vem, ó Deus, e governa o mundo, pois todas as nações são tuas!

 

Sl 83

Salmo de Asafe. Canção.

Ó Deus, não fiques em silêncio! Não te cales, nem fiques parado, ó Deus!

Olha! Os teus inimigos se agitam, e aqueles que te odeiam estão se revoltando.

Eles estão fazendo planos traiçoeiros contra o teu povo, estão tramando contra aqueles que tu proteges.

Eles dizem: “Venham! Vamos destruir Israel para que o nome desse povo seja esquecido para sempre.”

Os inimigos concordam nos seus planos; os que fazem um acordo contra ti são estes:

o povo de Edom e os ismaelitas; o povo de Moabe e os hagaritas;

o povo de Gebal, Amom e Amaleque, da Filistéia e de Tiro.

A Assíria também se juntou com eles, como forte aliada dos amonitas e dos moabitas, os descendentes de Ló.

Ó Deus, faze com eles como fizeste com os midianitas, como fizeste com Sísera e com Jabim no rio Quisom;

eles foram derrotados em Endor, e os corpos deles apodreceram na terra.

Faze com os seus generais o que fizeste com Orebe e com Zeebe; derrota todos os seus chefes, como fizeste com Zeba e com Salmuna.

Pois estes disseram: “Vamos ficar com a terra de Israel, a terra que pertence a Deus.”

Ó meu Deus, espalha essa gente como o pó, como a palha que o vento sopra para longe!

Assim como o fogo queima a floresta, e as labaredas incendeiam os montes,

assim persegue-os com a tua tempestade e faze com que sintam medo do teu furacão.

Ó SENHOR Deus, faze com que eles se sintam envergonhados e assim reconheçam o teu poder!

Que sejam derrotados e envergonhados para sempre! Que morram em completa desgraça!

Que saibam que somente tu és Deus, o SENHOR, que tu és o Altíssimo, que governa toda a terra!

 

Sl 84

Salmo do grupo de Corá. Ao regente do coro-com a melodia de “Os Lagares”.

Como eu amo o teu Templo, ó SENHOR Todo-Poderoso!

Como eu gostaria de estar ali! Tenho saudade dos pátios do Templo de Deus, o SENHOR. Com todo o meu ser, canto com alegria ao Deus vivo.

Ó SENHOR Todo-Poderoso, meu Rei e meu Deus, perto dos teus altares os pardais constroem o seu ninho, e as andorinhas fazem a sua casa, onde cuidam dos seus filhotes.

Felizes são os que moram na tua casa, sempre cantando louvores a ti!

Felizes são aqueles que de ti recebem forças e que desejam andar pelas estradas que levam ao monte Sião!

Quando eles passam pelo Vale das Lágrimas, ele fica cheio de fontes de água, e as primeiras chuvas o cobrem de bênçãos.

Enquanto vão indo, a força deles vai aumentando; eles verão o Deus dos deuses em Sião.

Escuta a minha oração, ó SENHOR, Deus Todo-Poderoso! Ouve-me, ó Deus de Jacó!

Ó Deus, abençoa o nosso protetor, o rei que tu escolheste!

É melhor passar um dia no teu Templo do que mil dias em qualquer outro lugar. Eu gostaria mais de ficar no portão de entrada da casa do meu Deus do que morar nas casas dos maus.

O SENHOR Deus é a nossa luz e o nosso escudo. Ele ama e honra os que fazem o que é certo e lhes dá tudo o que é bom.

Ó SENHOR Todo-Poderoso, como são felizes aqueles que confiam em ti!

 

Sl 85

Salmo do grupo de Corá. Ao regente do coro.

Ó SENHOR Deus, tu tens sido bom para a tua terra; fizeste com que Israel prosperasse outra vez.

Perdoaste todos os pecados do teu povo e não olhaste para as suas maldades.

Acalmaste todo o teu furor e deixaste de lado o fogo da tua ira.

Faze com que prosperemos de novo, ó Deus, nosso Salvador, e não continues aborrecido com o teu povo!

Será que vais ficar irado para sempre contra nós? Será que a tua ira nunca vai acabar?

Dá-nos forças novamente e assim o teu povo se alegrará por causa de ti.

Mostra-nos, ó SENHOR Deus, o teu amor e dá-nos a tua salvação!

Eu escuto o que o SENHOR está dizendo. Para nós, o seu povo, para nós, os que somos fiéis, ele promete paz se não voltarmos aos nossos caminhos de loucura.

Na verdade, Deus está pronto para salvar os que o temem a fim de que a sua presença salvadora fique na nossa terra.

O amor e a fidelidade se encontrarão; a justiça e a paz se abraçarão.

A fidelidade das pessoas brotará da terra, e a justiça de Deus olhará lá do céu.

O SENHOR Deus nos dará o que é bom, e a nossa terra produzirá as suas colheitas.

A justiça irá adiante do SENHOR e preparará o caminho para ele.

 

Sl 86

Oração de Davi.

Ó SENHOR Deus, escuta-me e responde-me, pois estou fraco e necessitado!

Salva-me da morte, pois sou fiel a ti; salva-me porque sou teu servo e confio em ti.

Tu és o meu Deus. Tem compaixão de mim, Senhor, pois eu oro a ti o dia inteiro!

Ó Senhor, alegra o coração deste teu servo, pois os meus pensamentos sobem a ti!

Ó Senhor, tu és bom e perdoador e tens muito amor por todos os que oram a ti.

Escuta, ó SENHOR, a minha oração e ouve os meus gritos pedindo socorro!

Em tempos de angústia eu te chamo, pois tu me respondes.

Não há nenhum deus como tu, Senhor; não há nenhum que possa fazer o que tu fazes.

Todos os povos que criaste virão e se curvarão diante de ti. Eles louvarão a tua grandeza

porque tu és poderoso e fazes coisas maravilhosas. Só tu és Deus.

Ó SENHOR Deus, ensina-me o que queres que eu faça, e eu te obedecerei fielmente! Ensina-me a te servir com toda a devoção.

Senhor, meu Deus, eu te louvarei com todo o coração e anunciarei a tua grandeza para sempre.

Como é grande o teu amor por mim! Tu não deixaste que eu fosse levado para o fundo do mundo dos mortos.

Ó Deus, estou sendo atacado por gente orgulhosa. Um bando de pessoas violentas está querendo me matar, pessoas que não querem saber de ti.

Mas tu, Senhor, és Deus de compaixão e de amor; és sempre paciente, bondoso e fiel.

Olha de novo para mim e tem misericórdia de mim; dá-me a tua força e salva-me, pois eu te sirvo, como te serviu também a minha mãe.

Ó SENHOR Deus, dá-me uma prova da tua bondade! Então os que me odeiam verão que tu tens me ajudado e consolado e ficarão envergonhados.

 

Sl 87

Salmo do grupo de Corá. Canção.

O SENHOR Deus construiu a sua cidade sobre o monte sagrado;

ele ama a cidade de Jerusalém mais do que qualquer outro lugar de Israel.

Ó cidade de Deus, escute estas coisas maravilhosas que ele diz a seu respeito:

“Quando eu fizer a lista das nações que me obedecem, vou pôr nela o nome do Egito e da Babilônia. Os povos da Filistéia, de Tiro e da Etiópia eu tratarei como se eles tivessem nascido em Jerusalém.”

A respeito de Jerusalém as pessoas dirão que todos os povos são dali e que o Deus Altíssimo a tornará uma cidade forte.

O SENHOR escreverá uma lista dos povos, e nela todos eles serão cidadãos de Jerusalém.

Os que moram ali vão dançar e cantar, dizendo: “A fonte da nossa felicidade, ó Jerusalém, está em você.”

 

Sl 88

Salmo do grupo de Corá. Canção. Ao regente do coro-para instrumento de cordas e para dois coros. Poesia de Hemã, o ezraíta.

Ó SENHOR, meu Deus e Salvador, dia e noite, na tua presença, eu clamo a ti.

Ouve a minha oração; escuta o meu grito pedindo socorro.

Pois as aflições que caíram sobre mim são tantas, que já estou perto da morte.

Sou como aqueles que estão para morrer; já perdi todas as minhas forças.

Estou abandonado no meio dos mortos; sou como os soldados mortos jogados nas covas; sou como aqueles que foram completamente esquecidos por ti e que não têm mais a tua proteção.

Tu me atiraste no mundo dos mortos, lá no fundo, na escuridão.

A tua ira pesa sobre mim, e as tuas ondas me esmagam.

Tu fizeste com que os meus amigos me abandonassem e olhassem com nojo para mim. Sou como o preso que não pode escapar.

Tenho sofrido tanto, que quase já não enxergo. Ó SENHOR Deus, dia após dia eu te chamo e levanto as mãos em oração.

Será que fazes milagres em favor dos mortos? Será que eles se levantam e te louvam?

Será que no mundo dos mortos se fala do teu amor? Será que naquele lugar de destruição se fala da tua fidelidade?

Será que naquela escuridão são vistos os teus milagres? Será que na terra do esquecimento se pode ver a tua fidelidade?

Ó SENHOR Deus, eu te chamo pedindo ajuda; todas as manhãs eu oro a ti.

Por que me rejeitas, ó SENHOR? Por que te escondes de mim?

Desde moço tenho sofrido e estado perto da morte; ando esgotado com o peso dos teus castigos.

A tua ira e o teu furor caem sobre mim; os teus ataques terríveis acabam comigo.

O dia todo eles me cercam como uma enchente; eles me rodeiam por todos os lados.

Tu fizeste com que os meus queridos e os meus vizinhos me abandonassem, e agora tenho como companhia a escuridão.

 

Sl 89

Poesia de Etã, o ezraíta.

Ó SENHOR Deus, eu sempre cantarei a respeito do teu amor e anunciarei a tua fidelidade a todas as gerações.

Sei que o teu amor dura para sempre e que a tua fidelidade é tão firme como o céu.

Tu disseste: “Eu escolhi o meu servo Davi, fiz uma aliança com ele e lhe prometi isto:

‘Um dos seus descendentes sempre reinará; eu farei com que eles sempre sejam reis depois de você.’”

Ó SENHOR, os céus cantam as maravilhas que fazes, e, reunidos, os anjos cantam a tua fidelidade.

Não há no céu ninguém como tu, ó SENHOR! Entre os seres celestiais não há nenhum igual a ti.

Tu és respeitado na assembléia deles, és temido por todos os que estão ao teu redor.

Ó SENHOR, Deus Todo-Poderoso, não há ninguém que tenha tanto poder como tu! Em todas as coisas, tu és fiel, ó SENHOR!

Tu dominas o Mar poderoso, tu acalmas as suas ondas furiosas.

Esmagaste o monstro Raabe e o mataste; com a tua grande força, derrotaste os teus inimigos.

O céu é teu, e a terra é tua; tu criaste o mundo e tudo o que nele existe.

Tu fizeste o Norte e o Sul. Os montes Tabor e Hermom te louvam com alegria.

Como és poderoso! Como é grande a tua força!

A honestidade e a justiça são as bases do teu reinado. Tu és fiel e amoroso em tudo o que fazes.

Feliz o povo que te adora com canções e que vive na luz da tua presença!

Por causa de ti, eles se alegram o dia todo e te louvam porque és bondoso.

Tu, ó Deus, és o nosso poder glorioso; por tua bondade, nos fazes vencer,

pois escolhes o nosso protetor. Foste tu, SENHOR, o Santo Deus de Israel, que nos deste o nosso rei.

Há muito tempo, numa visão, tu disseste aos teus servos fiéis: “Eu ajudei um soldado famoso; dei a autoridade a um homem que escolhi do meio do povo.

Escolhi o meu servo Davi para ser rei, ungindo-o com azeite sagrado.

A minha força estará sempre com ele, o meu poder o tornará forte.

Os seus inimigos nunca o vencerão, os maus não o derrotarão.

Eu acabarei com os seus inimigos e matarei todos os que o odeiam.

Sempre serei fiel a Davi e o amarei, e, por causa do meu poder, ele sempre vencerá.

Estenderei o seu reinado desde o mar Mediterrâneo até o rio Eufrates.

Então ele me dirá: ‘Tu és o meu pai e o meu Deus; tu és a rocha que me salva.’

Eu lhe darei os direitos de filho mais velho, farei com que ele seja o maior de todos os reis do mundo.

Eu sempre o amarei, e a minha aliança com ele ficará firme.

Depois dele os seus descendentes sempre serão reis e reinarão enquanto o céu existir.

“Mas, se os seus descendentes desobedecerem à minha lei, se não viverem de acordo com os meus ensinamentos,

se desprezarem as minhas ordens e não guardarem os meus mandamentos,

então eu os castigarei pelos seus pecados, eu os farei sofrer por causa dos seus erros.

Porém não deixarei de amar a Davi, mas cumprirei a promessa que lhe fiz.

Não quebrarei a aliança que fiz com ele, nem deixarei de cumprir nenhuma das minhas promessas.

“De uma vez por todas, jurei pelo meu santo nome que nunca mentiria a Davi.

Ele sempre terá descendentes, e, enquanto o sol brilhar, eu protegerei o seu reinado.

Esse reinado durará como a lua, aquela fiel testemunha que está no céu.”

Mas agora, ó Deus, tu estás irado com o rei que escolheste; tu o abandonaste e o rejeitaste.

Quebraste a aliança que fizeste com o teu servo e jogaste a sua coroa no chão.

Derrubaste as muralhas da sua cidade e arrasaste as suas fortalezas.

Os que passam roubam tudo o que ele tem, e os seus vizinhos zombam dele.

Deste a vitória aos seus inimigos e fizeste com que eles ficassem felizes.

Tu tornaste inúteis as armas do rei e deixaste que ele fosse derrotado na batalha.

Tiraste a sua autoridade de rei e derrubaste o seu trono.

Tu fizeste com que ele envelhecesse antes do tempo e o cobriste de humilhação.

Até quando te esconderás, ó SENHOR Deus? Será para sempre? Até quando a tua ira queimará como fogo?

Lembra como é curta a minha vida; lembra que todas as pessoas que criaste vão morrer um dia.

Quem pode continuar vivo e nunca morrer? Quem pode escapar da sepultura?

Ó Senhor, onde estão as antigas provas do teu amor? Onde estão os juramentos que fizeste a Davi?

Lembra que eu, teu servo, estou sendo insultado e suporto todas as ofensas dos pagãos.

Ó SENHOR, como os teus inimigos falam mal do rei que escolheste! Aonde ele vai, eles o insultam.

Louvemos o SENHOR Deus para sempre! Amém! Amém!

 

Sl 90

Oração de Moisés, homem de Deus.

Senhor, tu tens sido o nosso refúgio.

Antes de formares os montes e de começares a criar a terra e o Universo, tu és Deus eternamente, no passado, no presente e no futuro.

Tu dizes aos seres humanos que voltem a ser o que eram antes; tu fazes com que novamente virem pó.

Diante de ti, mil anos são como um dia, como o dia de ontem, que já passou; são como uma hora noturna que passa depressa.

Tu acabas com a vida das pessoas; elas não duram mais do que um sonho. São como a erva que brota de manhã,

que cresce e abre em flor e de tarde seca e morre.

Nós somos destruídos pela tua ira, e o teu furor nos deixa apavorados.

Tu pões as nossas maldades diante de ti e, com a tua luz, examinas os nossos pecados secretos.

De repente, os nossos dias são cortados pela tua ira; a nossa vida termina como um sopro.

Só vivemos uns setenta anos, e os mais fortes chegam aos oitenta, mas esses anos só trazem canseira e aflições. A vida passa logo, e nós desaparecemos.

Quem já sentiu o grande poder da tua ira? Quem conhece o medo que o teu furor produz?

Faze com que saibamos como são poucos os dias da nossa vida para que tenhamos um coração sábio.

Olha de novo para nós, ó SENHOR Deus! Até quando vai durar a tua ira? Tem compaixão dos teus servos.

Alimenta-nos de manhã com o teu amor, até ficarmos satisfeitos, para que cantemos e nos alegremos a vida inteira.

Dá-nos agora muita felicidade assim como nos deste muita tristeza no passado, naqueles anos em que tivemos aflições.

Que os teus servos vejam as grandes coisas que fazes! E que os nossos descendentes vejam o teu glorioso poder!

Derrama sobre nós as tuas bênçãos, ó Senhor, nosso Deus! Dá-nos sucesso em tudo o que fizermos; sim, dá-nos sucesso em tudo.

 

Sl 91

A pessoa que procura segurança no Deus Altíssimo e se abriga na sombra protetora do Todo-Poderoso

pode dizer a ele: “Ó SENHOR Deus, tu és o meu defensor e o meu protetor. Tu és o meu Deus; eu confio em ti.”

Deus livrará você de perigos escondidos e de doenças mortais.

Ele o cobrirá com as suas asas, e debaixo delas você estará seguro. A fidelidade de Deus o protegerá como um escudo.

Você não terá medo dos perigos da noite nem de assaltos durante o dia.

Não terá medo da peste que se espalha na escuridão nem dos males que matam ao meio-dia.

Ainda que mil pessoas sejam mortas ao seu lado, e dez mil, ao seu redor, você não sofrerá nada.

Você olhará e verá como os maus são castigados.

Você fez do SENHOR Deus o seu protetor e, do Altíssimo, o seu defensor;

por isso, nenhum desastre lhe acontecerá, e a violência não chegará perto da sua casa.

Deus mandará que os anjos dele cuidem de você para protegê-lo aonde quer que você for.

Eles vão segurá-lo com as suas mãos, para que nem mesmo os seus pés sejam feridos nas pedras.

Com os pés você esmagará leões e cobras, leões ferozes e serpentes venenosas.

Deus diz: “Eu salvarei aqueles que me amam e protegerei os que reconhecem que eu sou Deus, o SENHOR.

Quando eles me chamarem, eu responderei e estarei com eles nas horas de aflição. Eu os livrarei e farei com que sejam respeitados.

Como recompensa, eu lhes darei vida longa e mostrarei que sou o seu Salvador.”

 

Sl 92

Salmo. Canção para os sábados.

Ó SENHOR Deus, como é bom dar-te graças! Como é bom cantar hinos em tua honra, ó Altíssimo!

Como é bom anunciar de manhã o teu amor e de noite, a tua fidelidade,

com a música de uma harpa de dez cordas e ao som da lira!

Ó SENHOR Deus, os teus feitos poderosos me tornam feliz! Eu canto de alegria pelas coisas que fazes.

Que grandes coisas tens feito, ó SENHOR! Como é difícil entender os teus pensamentos!

Aqui está uma coisa que o tolo não entende, e o ignorante não pode compreender:

os que praticam más ações crescem como a erva, e os perversos podem prosperar, porém eles serão completamente destruídos.

Pois tu, ó SENHOR, estás para sempre acima de tudo e de todos.

Nós sabemos que os teus inimigos morrerão e que todos os maus serão derrotados.

Tu me tens tornado forte como um touro selvagem e me tens abençoado com a felicidade.

Tenho visto a derrota dos meus inimigos e ouvido os gritos dos maus.

Os bons florescem como as palmeiras; eles crescem como os cedros dos montes Líbanos.

Eles são como árvores plantadas na casa do SENHOR, que florescem nos pátios do Templo do nosso Deus.

Na velhice, eles ainda produzem frutos; são sempre fortes e cheios de vida.

Isso prova que o SENHOR Deus é justo, prova que ele, a minha rocha, não comete injustiça.

 

Sl 93

Davi escreveu este salmo quando fugia do seu filho Absalão.

O SENHOR Deus é Rei. Ele está vestido de majestade e coberto de poder. A terra está firme no seu lugar e não pode ser abalada.

Ó SENHOR, o teu trono está firme desde o princípio; tu sempre exististe.

Ó SENHOR Deus, o mar profundo levanta a sua voz, o mar ergue a sua voz e ruge.

O SENHOR reina no céu com poder. A sua força é maior do que a fúria do oceano e mais poderosa do que as ondas do mar.

As tuas leis, ó SENHOR, merecem confiança, e o teu Templo é santo para sempre.

 

Sl 94

Salmo de Davi. Ao regente do coro-para instrumentos de cordas.

Ó SENHOR, tu és Deus que castiga! Mostra a tua ira.

Tu és o juiz de todas as pessoas; levanta-te e dá aos orgulhosos o que eles merecem.

Até quando os maus continuarão alegres? Até quando, ó SENHOR Deus?

Até quando se mostrarão orgulhosos e se gabarão dos seus crimes?

Ó SENHOR, eles esmagam o teu povo e exploram os que são teus.

Eles matam as viúvas e os órfãos e assassinam os estrangeiros que vivem na nossa terra.

E dizem: “O SENHOR não está vendo; o Deus de Israel não vai ficar sabendo disso.”

Procure entender, ó gente tola! Quando é que vocês vão criar juízo?

Foi o SENHOR Deus quem fez os nossos ouvidos— será que ele não pode ouvir? Foi o SENHOR quem fez os nossos olhos— será que ele não pode ver?

O SENHOR repreende as nações— será que ele não vai castigá-las? O SENHOR ensina todos os seres humanos— será que ele não tem sabedoria?

O SENHOR conhece os pensamentos das pessoas e sabe que eles não valem nada.

Ó SENHOR Deus, felizes são aqueles que tu ensinas, aqueles a quem ensinas a tua lei!

Tu farás com que fiquem tranqüilos nos dias de aflição, mas para os maus serão abertas sepulturas.

Pois o SENHOR não abandonará o seu povo; ele não deixará desamparados aqueles que são dele.

Assim haverá justiça nos tribunais, e todos os que são honestos estarão a favor dela.

Quem se levantou a meu favor contra os maus? Quem ficou do meu lado contra os que fazem o mal?

Se o SENHOR não tivesse me ajudado, eu já teria ido para a terra do silêncio.

Ó SENHOR Deus, quando senti que poderia morrer, o teu amor me amparou.

Quando estou aflito e preocupado, tu me consolas e me alegras.

Tu não queres nada com juízes desonestos, pois eles fazem a injustiça parecer justiça,

ajuntam-se para prejudicar as pessoas honestas e condenam à morte os inocentes.

Mas o SENHOR me defende; ele é a minha rocha e o meu abrigo.

Ele castigará esses juízes por causa das injustiças que eles têm cometido; o SENHOR, nosso Deus, os destruirá por causa dos seus atos de maldade.

 

Sl 95

Salmo de Davi. Ao regente do coro-para flautas.

Venham todos, e louvemos a Deus, o SENHOR! Cantemos com alegria à rocha que nos salva.

Vamos comparecer diante dele com ações de graças, cantando alegres hinos de louvor.

Pois o SENHOR é Deus poderoso; é Rei poderoso acima de todos os deuses.

Ele reina sobre o mundo inteiro, desde as cavernas mais profundas até os montes mais altos.

O SENHOR reina sobre o mar, que ele fez, e também sobre a terra, que ele mesmo formou.

Venham, fiquemos de joelhos e adoremos o SENHOR. Vamos nos ajoelhar diante do nosso Criador.

Ele é o nosso Deus; nós somos o povo que ele guia, somos o rebanho do qual ele cuida. Escutem hoje o que ele nos diz:

“Não sejam teimosos, como os seus antepassados foram em Meribá, quando estavam em Massá, no deserto.

Ali eles me puseram à prova e me desafiaram, embora tivessem visto o que eu havia feito por eles.

Durante quarenta anos, aquele povo me irritou. Então eu disse: ‘Que gente de coração perverso! Eles não querem obedecer aos meus mandamentos!’

Fiquei irado e fiz este juramento: ‘Vocês nunca entrarão na Terra Prometida, onde eu lhes teria dado descanso.’”

 

Sl 96

Salmo de Davi. Ao regente do coro-para instrumentos de oito cordas.

Cantem uma nova canção a Deus, o SENHOR. Cantem ao SENHOR, todos os povos da terra!

Cantem ao SENHOR e o louvem. Anunciem todos os dias que ele nos salvou.

Falem da sua glória às nações; contem a todos os povos as coisas maravilhosas que ele tem feito.

O SENHOR Deus é grande e merece todo o nosso louvor; ele deve ser temido mais do que todos os deuses.

Pois os deuses das outras nações são somente ídolos, mas o SENHOR fez os céus.

Ele está cercado de glória e majestade; poder e beleza enchem o seu Templo.

Louvem o SENHOR, todos os povos da terra! Louvem a sua glória e o seu poder.

Dêem ao SENHOR a honra que ele merece; tragam uma oferta e entrem nos pátios do seu Templo.

Curvem-se diante do Santo Deus quando ele aparecer; trema diante dele toda a terra.

Digam em todas as nações: “O SENHOR Deus é Rei! A terra está firme no seu lugar e não pode ser abalada; ele julgará os povos de acordo com o que é direito.”

Alegre-se a terra, e fique contente o céu. Ruja o mar e todas as criaturas que nele vivem.

Alegrem-se os campos e tudo o que há neles. Então as árvores dos bosques gritarão de alegria diante de Deus, o SENHOR,

pois ele vem governar a terra. Com justiça e sem parcialidade, ele governará os povos do mundo.

 

Sl 97

Hino que Davi cantou a Deus por causa de Cuche, o benjamita.

O SENHOR Deus é Rei. Alegre-se a terra! Fiquem contentes, ilhas dos mares!

Em volta dele há nuvens e escuridão; as bases do seu reinado são a honestidade e a justiça.

Na sua frente, vai um fogo que queima os inimigos ao seu redor.

Os seus relâmpagos iluminam o mundo; a terra vê e treme.

Os montes se derretem como cera diante do SENHOR, diante do Senhor de toda a terra.

Os céus anunciam a sua justiça, e todos os povos vêem a sua glória.

Os que adoram imagens ficam envergonhados; passam vergonha os que se gabam dos seus ídolos. Diante de Deus, o SENHOR, todos os deuses se curvam.

Por causa dos teus julgamentos, ó SENHOR, o povo de Jerusalém está contente, e as cidades de Judá se alegram.

Ó SENHOR, Deus Altíssimo, tu governas o mundo inteiro, tu estás acima de todos os deuses.

Vocês, que amam a Deus, o SENHOR, odeiem o mal; ele protege a vida dos que lhe são fiéis e os livra do poder dos maus.

A luz ilumina a vida dos honestos, e a alegria ilumina o caminho dos que obedecem a Deus.

Que o SENHOR seja a alegria de vocês que são obedientes a ele! Que o Santo Deus seja louvado!

 

Sl 98

Salmo.

Cantem uma nova canção a Deus, o SENHOR, pois ele tem feito coisas maravilhosas. Com a sua força e com o seu santo poder, ele se tornou vitorioso.

O SENHOR anunciou a sua vitória; ele fez com que as nações conhecessem o seu poder salvador.

Com amor e fidelidade, ele cumpriu a sua promessa ao povo de Israel. Até nos lugares mais distantes do mundo todos viram a vitória do nosso Deus.

Cantem ao SENHOR com alegria, povos de toda a terra! Louvem o SENHOR com canções e gritos de alegria.

Cantem louvores a Deus, o SENHOR, com acompanhamento de harpas e toquem música nas liras.

Ao som de trombetas e cornetas, cantem com alegria diante do SENHOR, o Rei.

Ruja o mar e todas as criaturas que nele vivem. Cante a terra e os seus moradores.

Rios, batam palmas! Montes, cantem com alegria diante do SENHOR

porque ele vem governar a terra! Ele governará os povos do mundo com justiça e de acordo com o que é direito.

 

Sl 99

Salmo de Davi. Ao regente do coro-com a melodia de “A Morte do Filho”.

O SENHOR Deus é Rei: os povos tremem. Ele está sentado no seu trono, que fica sobre os querubins; a terra estremece.

O SENHOR é poderoso em Jerusalém; ele governa todos os povos.

Que todos o louvem por causa da sua grandeza e porque ele merece profundo respeito. O SENHOR Deus é santo.

Ó poderoso Rei, tu amas a justiça; tu a trouxeste ao povo de Israel, fazendo com que houvesse julgamentos justos e honestos.

Louvem o SENHOR, nosso Deus, e se ajoelhem diante do seu trono. O SENHOR Deus é santo.

Moisés e Arão foram sacerdotes de Deus, e Samuel orava a ele; eles clamavam a Deus, o SENHOR, e ele respondia.

Da coluna de nuvem, ele falava aos israelitas; eles obedeciam às leis e aos mandamentos que ele lhes tinha dado.

Ó SENHOR, nosso Deus, tu respondeste ao teu povo; tu mostraste que és Deus que perdoa, mas também que castiga as pessoas pelos seus pecados.

Louvem o SENHOR, nosso Deus, e o adorem no seu monte santo. Pois o SENHOR, nosso Deus, é santo.

 

Sl 100

Salmo de louvor.

Cantem hinos a Deus, o SENHOR, todos os moradores da terra!

Adorem o SENHOR com alegria e venham cantando até a sua presença.

Lembrem que o SENHOR é Deus. Ele nos fez, e nós somos dele; somos o seu povo, o seu rebanho.

Entrem pelos portões do Templo com ações de graças, entrem nos seus pátios com louvor. Louvem a Deus e sejam agradecidos a ele.

Pois o SENHOR é bom; o seu amor dura para sempre, e a sua fidelidade não tem fim.

 

Sl 101

Salmo de Davi.

Eu canto a respeito da fidelidade e da justiça; canto hinos a ti, ó SENHOR Deus.

Serei honesto em tudo o que fizer. Quando virás para te encontrares comigo? Viverei uma vida correta na minha casa

e não deixarei que entre nela nenhum mal. Eu detesto as ações daqueles que se afastam de Deus e não tomarei parte nos seus pecados.

Afastarei de mim pensamentos desonestos e não terei nada a ver com a maldade.

Destruirei aqueles que falam mal dos outros pelas costas e não suportarei os orgulhosos e os arrogantes.

Aprovarei os que são fiéis a Deus e deixarei que morem no meu palácio. Aqueles que vivem uma vida correta poderão trabalhar para mim.

Nenhum mentiroso viverá no meu palácio; nenhuma pessoa fingida ficará na minha presença.

Cada dia destruirei os maus da nossa terra e expulsarei da cidade do SENHOR todos os que praticam o mal.

 

Sl 102

Oração de um homem aflito que na tristeza derrama as suas queixas na presença de Deus, o SENHOR.

Ó SENHOR, ouve a minha oração e escuta o meu grito pedindo socorro!

Não te escondas de mim quando estou aflito. Ouve-me quando eu te chamar e responde depressa.

A minha vida está desaparecendo como fumaça, e o meu corpo queima como se estivesse no fogo.

Estou acabado como a grama que foi cortada e pisada; não tenho nem vontade de comer.

Fico gemendo alto; sou apenas pele e osso.

Sou como um pássaro em lugares desertos, como uma coruja numa casa abandonada.

Não consigo dormir; sou como um pássaro solitário em cima do telhado.

Os meus inimigos me insultam o dia todo; aqueles que zombam de mim usam o meu nome para rogar pragas.

(9-10) Por causa da tua ira e do teu furor, as cinzas são a minha comida, e as lágrimas se misturam com a minha bebida. Tu me pegaste e me jogaste fora.

A minha vida é como as sombras do anoitecer; vou secando como o capim.

Mas tu, ó SENHOR Deus, és Rei para sempre; todas as gerações futuras lembrarão de ti.

Tu te levantarás e terás pena de Jerusalém. Já é hora de teres compaixão dela, a hora certa já chegou.

Ainda que ela esteja destruída, os teus servos a amam; eles têm compaixão dela, embora esteja arrasada.

As nações temerão o SENHOR; todos os reis do mundo temerão o seu poder.

Quando o SENHOR tornar a construir Jerusalém, ele mostrará a sua glória.

Ele ouvirá o seu povo abandonado e escutará a sua oração.

Que isso fique escrito para que os nossos descendentes saibam o que o SENHOR Deus fez e para que o louvem aqueles que ainda vão nascer!

Do seu lugar santo, nas alturas, o SENHOR olhou; do céu ele olhou para a terra

a fim de ouvir os gemidos dos prisioneiros e libertar os que tinham sido condenados à morte.

Por isso, o SENHOR Deus será louvado em Jerusalém, e a sua fama será anunciada ali

quando as nações e os reinos se reunirem para adorá-lo.

Ainda sou moço, mas Deus me tirou as forças e encurtou a minha vida.

Ó meu Deus, tu que vives para sempre, não me leves agora, antes que eu envelheça!

No começo, criaste a terra e, com as tuas próprias mãos, fizeste o céu.

A terra e o céu vão acabar, mas tu viverás para sempre. A terra e o céu se gastarão como roupas. Tu os trocarás como se troca de roupa, e eles serão jogados fora.

Mas tu és sempre o mesmo, e a tua vida não tem fim.

Os nossos filhos viverão em segurança, e os seus descendentes terão sempre a tua proteção.

 

Sl 103

De Davi.

Ó SENHOR Deus, que todo o meu ser te louve! Que eu louve o Santo Deus com todas as minhas forças!

Que todo o meu ser louve o SENHOR, e que eu não esqueça nenhuma das suas bênçãos!

O SENHOR perdoa todos os meus pecados e cura todas as minhas doenças;

ele me salva da morte e me abençoa com amor e bondade.

Ele enche a minha vida com muitas coisas boas, e assim eu continuo jovem e forte como a águia.

O SENHOR Deus julga a favor dos oprimidos e garante os seus direitos.

Ele revelou os seus planos a Moisés e deixou que o povo de Israel visse os seus feitos poderosos.

O SENHOR é bondoso e misericordioso, não fica irado facilmente e é muito amoroso.

Ele não vive nos repreendendo, e a sua ira não dura para sempre.

O SENHOR não nos castiga como merecemos, nem nos paga de acordo com os nossos pecados e maldades.

Assim como é grande a distância entre o céu e a terra, assim é grande o seu amor por aqueles que o temem.

Quanto o Oriente está longe do Ocidente, assim ele afasta de nós os nossos pecados.

Como um pai trata com bondade os seus filhos, assim o SENHOR é bondoso para aqueles que o temem.

Pois ele sabe como somos feitos; lembra que somos pó.

A nossa vida é como a grama; cresce e floresce como a flor do campo.

Aí o vento sopra, a flor desaparece, e nunca mais ninguém a vê.

Mas o amor de Deus, o SENHOR, por aqueles que o temem dura para sempre. A sua bondade permanece, passando de pais a filhos,

para aqueles que guardam a sua aliança e obedecem fielmente aos seus mandamentos.

O SENHOR Deus colocou o seu trono bem firme no céu; ele é Rei e domina tudo.

Louvem o SENHOR, fortes e poderosos anjos, que ouvem o que ele diz, que obedecem aos seus mandamentos!

Louvem o SENHOR, todos os anjos do céu, todos os seus servos, que fazem a sua vontade!

Louvem o SENHOR, todas as suas criaturas, em todo lugar onde ele reina! Que todo o meu ser te louve, ó SENHOR!

 

Sl 104

Salmo de Davi. Ao regente do coro-para instrumentos de cordas.

Ó SENHOR Deus, que todo o meu ser te louve! Ó SENHOR, meu Deus, como és grandioso! Estás vestido de majestade e de glória

e te cobres de luz. Estendes os céus como se fossem uma barraca

e constróis a tua casa sobre as águas lá de cima. Usas as nuvens como o teu carro de guerra e voas nas asas do vento.

Fazes com que os ventos sejam os teus mensageiros e com que os relâmpagos sejam os teus servidores.

Tu puseste a terra bem firme sobre os seus alicerces, e assim ela nunca será abalada.

Cobriste a terra com o oceano profundo, como se ele fosse uma capa, e as águas ficaram acima das montanhas.

Porém, quando repreendeste as águas, elas fugiram; quando ouviram o teu grito de comando, saíram correndo.

As águas correram pelos montes e desceram para os vales, indo ao lugar que preparaste para elas.

Tu puseste um limite para as águas a fim de que não cobrissem de novo a terra.

Tu fazes surgir nascentes nos vales, e os rios correm entre os montes.

Da sua água bebem todos os animais selvagens; com ela os jumentos selvagens matam a sede.

Nas margens dos rios, os pássaros fazem os seus ninhos e cantam entre os galhos das árvores.

Do céu tu envias chuvas para os montes, e a terra fica cheia das tuas bênçãos.

Fazes crescer capim para o gado e verduras e cereais para as pessoas, que assim tiram da terra o seu alimento.

Fazes a terra produzir o vinho, que deixa a gente feliz; o azeite, que alegra; e o pão, que dá forças.

Muita chuva cai sobre as árvores de Deus, o SENHOR, sobre os cedros, que ele plantou nos montes Líbanos.

Ali os pássaros fazem os seus ninhos, e as cegonhas constroem as suas casas nos pinheiros.

Os cabritos selvagens vivem no alto das montanhas, e as lebres se escondem nos rochedos.

Tu fizeste a lua para marcar os meses; o sol sabe a hora de se pôr.

Tu fizeste a noite, e todos os animais selvagens saem quando escurece.

Os leões novos rugem enquanto caçam, procurando a comida que Deus dá.

Porém, quando o sol aparece, eles voltam e vão se deitar nas suas covas.

Então as pessoas saem para o serviço e trabalham até a tarde.

Ó SENHOR, tu tens feito tantas coisas e foi com sabedoria que as fizeste. A terra está cheia das tuas criaturas.

Ali está o mar imenso, enorme, onde vivem animais grandes e pequenos, tantos, que não podem ser contados.

No mar passam os navios, e nele brinca Leviatã, o monstro marinho que tu criaste.

Todos esses animais dependem de ti, esperando que lhes dês alimento no tempo certo.

Tu dás a comida, e eles comem e ficam satisfeitos.

Quando escondes o rosto, ficam com medo; se cortas a respiração que lhes dás, eles morrem e voltam ao pó de onde saíram.

Porém, quando lhes dás o sopro de vida, eles nascem; e assim dás vida nova à terra.

Que a glória de Deus, o SENHOR, dure para sempre! Que ele se alegre com aquilo que fez!

O SENHOR olha para a terra, e ela treme; toca nas montanhas, e eles soltam fumaça.

Cantarei louvores ao SENHOR enquanto eu viver; cantarei ao meu Deus a vida inteira.

Que o SENHOR fique contente com a minha canção, pois é dele que vem a minha alegria!

Que desapareçam da terra aqueles que não querem saber de Deus, e que os maus deixem de existir! Que todo o meu ser te louve, ó SENHOR Deus! Aleluia!

 

Sl 105

Salmo de Davi. Ao regente do coro-para flautas.

Agradeçam a Deus, o SENHOR, anunciem a sua grandeza e contem às nações as coisas que ele fez.

Cantem a Deus, cantem louvores a ele, falem dos seus atos maravilhosos.

Tenham orgulho daquilo que o Santo Deus tem feito. Que fique alegre o coração de todos os que adoram a Deus, o SENHOR!

Procurem a ajuda do SENHOR; estejam sempre na sua presença.

(5-6) Vocês, descendentes de Abraão, servo de Deus, vocês, descendentes de Jacó, o escolhido de Deus, lembrem de tudo o que Deus tem feito, lembrem dos seus grandes e maravilhosos milagres e de como tem condenado os nossos inimigos!

Ele é o SENHOR, nosso Deus; os seus mandamentos são para o mundo inteiro.

Ele sempre lembrará da sua aliança e, por milhares de gerações, cumprirá as suas promessas.

Ele será fiel à aliança feita com Abraão e à promessa que fez com juramento a Isaque.

Deus fez uma aliança com Jacó para sempre, fez com ele uma aliança eterna.

Naquela ocasião Deus disse: “Eu lhe darei a terra de Canaã, e ela será de vocês para sempre.”

Eles eram muito poucos, eram estrangeiros na Terra Prometida.

Andavam de país em país, de reino em reino.

Mas Deus não deixou que ninguém os maltratasse e, para protegê-los, avisou reis.

Ele disse: “Não toquem nos servos que eu escolhi; não maltratem os meus profetas!”

Deus fez com que houvesse fome na terra deles e deixou o seu povo sem alimento.

Então mandou na frente deles um homem chamado José, que havia sido vendido como escravo.

Os seus pés foram presos com correntes, e no seu pescoço puseram uma coleira de ferro.

José ficou na prisão até que se cumpriu o que ele tinha dito. A palavra do SENHOR Deus provou que José estava certo.

Aí o rei do Egito mandou soltá-lo; o rei de muitas nações o pôs em liberdade.

Ele o colocou como a mais alta autoridade daquela terra, para governar o país inteiro.

José recebeu poder para dar ordens aos príncipes do reino e para orientar os conselheiros do rei.

Depois Jacó foi para o Egito e ficou morando naquela terra.

O SENHOR Deus fez com que o seu povo tivesse muitos filhos e o tornou mais forte do que os seus inimigos.

Ele fez com que os egípcios odiassem o seu povo e fez com que enganassem os israelitas, os servos de Deus.

Então Deus enviou o seu servo Moisés e também Arão, a quem havia escolhido.

Eles fizeram milagres de Deus no Egito e ali realizaram coisas maravilhosas.

Deus mandou uma escuridão, que cobriu a terra, mas os egípcios não obedeceram às suas ordens.

Ele transformou em sangue os rios do Egito e matou todos os seus peixes.

A terra do Egito ficou cheia de rãs, que invadiram até o palácio do rei.

Deus deu ordem, e moscas e piolhos encheram todo o país.

Em vez de chuva, ele mandou chuva de pedra e relâmpagos sobre a terra.

Deus destruiu as plantações de uvas e de figos e derrubou todas as árvores.

Ele deu ordem, e vieram gafanhotos, tantos, que nem podiam ser contados.

Os gafanhotos comeram todas as plantas, todas as colheitas do Egito.

Ele matou o filho mais velho de todas as famílias dos egípcios, matou aqueles que eram o orgulho dessas famílias.

Então Deus tirou os israelitas daquele país, e eles levaram consigo prata e ouro. Todos eram fortes e cheios de saúde.

Os egípcios ficaram contentes quando os israelitas foram embora, pois estavam com medo deles.

Deus pôs uma nuvem por cima do seu povo e fogo para guiá-los durante a noite.

Eles pediram, e Deus mandou codornas e do céu deu a eles pão bastante para matar a fome.

Ele partiu uma rocha, e jorrou água, que correu pelo deserto como um rio.

Pois ele lembrou da sua santa promessa feita a Abraão, seu servo.

Assim Deus tirou do Egito o seu povo escolhido, e eles saíram de lá cantando e gritando de alegria.

Deus lhes deu as terras de outras nações e deixou que tomassem os campos delas,

para que eles obedecessem às suas leis e guardassem os seus mandamentos. Aleluia!

 

Sl 106

Salmo de Davi. Ao regente do coro-para instrumentos de oito cordas.

Aleluia! Dêem graças a Deus, o SENHOR, porque ele é bom e o seu amor dura para sempre.

Quem pode contar todas as coisas maravilhosas que ele tem feito? Quem pode louvá-lo como ele merece?

Felizes são aqueles que vivem uma vida correta, aqueles que sempre fazem o que é certo!

Lembra de mim, ó SENHOR, quando abençoares o teu povo; e, quando o libertares, liberta-me também a mim.

Deixa que eu veja o teu povo progredir e que eu tome parte na felicidade da tua nação, na alegria daqueles que pertencem a ti.

Nós temos sido maus e perversos; pecamos como os nossos antepassados pecaram.

Quando estavam no Egito, eles não entenderam os feitos maravilhosos de Deus. Esqueceram que muitas vezes ele havia mostrado o seu amor por eles, e eles se revoltaram perto do mar, o mar Vermelho.

Mas, para mostrar o seu grande poder, ele os salvou, como havia prometido.

O SENHOR Deus deu ordem, e o mar Vermelho secou; ele fez com que eles o atravessassem como se estivessem pisando terra seca.

Ele os livrou das mãos daqueles que os odiavam; ele os salvou dos seus inimigos.

As águas cobriram os inimigos; não escapou nem um.

Então o seu povo acreditou nas promessas de Deus e cantou louvores a ele.

Mas logo esqueceram o que Deus tinha feito e agiram sem esperar o seu conselho.

No deserto, eles se deixaram levar pelos seus desejos e puseram Deus à prova.

Então ele deu o que pediram, mas lhes mandou também uma doença terrível.

Ali, no seu acampamento, eles ficaram com inveja de Moisés e também de Arão, o sacerdote dedicado ao serviço do SENHOR.

Então a terra se abriu e engoliu Datã; Abirão e a sua família também foram engolidos.

Fogo desceu sobre os seguidores deles e queimou aquela gente má.

No monte Sinai os israelitas fundiram um bezerro de ouro e adoraram aquele ídolo que haviam feito.

Trocaram a glória de Deus pela imagem de um animal que come capim.

Eles esqueceram de Deus, o seu Salvador, que havia feito coisas maravilhosas no Egito.

Que coisas extraordinárias Deus fez ali! Que coisas espantosas fez no mar Vermelho!

Depois Deus disse que ia destruir os israelitas; porém Moisés, o seu servo escolhido, enfrentou Deus e não deixou que a sua ira os destruísse.

Mais tarde, porque não acreditaram na promessa de Deus, eles não quiseram entrar em Canaã, aquela terra tão agradável.

Eles ficaram nas suas barracas se queixando e não quiseram dar atenção a Deus, o SENHOR.

Então o SENHOR lhes deu um aviso solene: ele os faria morrer no deserto,

espalharia os seus descendentes entre as nações pagãs, deixando que morressem em países estrangeiros.

Depois o povo de Deus se ajuntou no monte Peor para adorar o deus Baal, e eles comeram da carne dos sacrifícios oferecidos a deuses sem vida.

Com as suas ações, eles fizeram com que Deus ficasse irado e foram atacados por uma doença terrível.

Mas Finéias castigou o culpado, e a doença acabou.

Todos têm lembrado dessa boa ação de Finéias, e as gerações futuras nunca esquecerão delas.

Depois, nas fontes de Meribá, o povo fez com que Deus ficasse irado, e quem sofreu por causa disso foi Moisés.

Eles fizeram com que Moisés ficasse tão irritado, que ele disse coisas que não devia.

Eles não mataram os pagãos como o SENHOR Deus tinha mandado,

mas casaram com aquela gente e imitaram os seus costumes pagãos.

O povo de Deus adorou ídolos e por causa disso foi destruído.

Eles ofereceram os seus próprios filhos e filhas como sacrifício a deuses pagãos.

Mataram aquelas crianças inocentes, os seus próprios filhos e filhas, como sacrifício aos ídolos de Canaã. E o país se tornou impuro por causa desse sangue.

Fazendo essas coisas, eles se corromperam e foram infiéis a Deus.

Então o SENHOR ficou irado com o seu povo, ficou muito aborrecido com eles.

Ele os abandonou nas mãos dos pagãos, e estes os dominaram.

Os israelitas foram maltratados pelos seus inimigos e ficaram debaixo das ordens deles.

Muitas vezes Deus livrou o seu povo, mas eles preferiram se revoltar contra ele e se afundar ainda mais no pecado.

Porém, quando pediram a sua ajuda, Deus os ouviu e se voltou para eles quando estavam aflitos.

Por causa deles, Deus lembrou da sua aliança e, por causa do seu grande amor, ele mudou de idéia.

Deus fez com que aqueles que os levaram como prisioneiros tivessem pena deles.

Ó SENHOR, nosso Deus, liberta-nos! Tira-nos do meio dos pagãos e leva-nos de volta para a nossa terra. Assim nós te daremos graças e com prazer te louvaremos, ó Santo Deus.

Louvemos o SENHOR, o Deus de Israel. Louvem o SENHOR agora e sempre. Que todos os povos da terra digam: “Amém”! Aleluia!.

 

Sl 107

Hino que Davi cantou a Deus por causa de Cuche, o benjamita.

Dêem graças a Deus, o SENHOR, porque ele é bom, e porque o seu amor dura para sempre.

Que aqueles que ele libertou repitam isso em louvor ao SENHOR! Ele os livrou das mãos dos seus inimigos

e fez com que eles voltassem dos países estrangeiros, do Norte e do Sul, do Leste e do Oeste.

Alguns andaram perdidos pelo deserto e não acharam nenhuma cidade onde morar.

Estavam com fome e com sede e haviam perdido toda a esperança.

Então, na sua angústia, gritaram por socorro, e o SENHOR Deus os livrou das suas aflições.

Ele os levou pelo caminho certo para uma cidade em que pudessem morar.

Que eles agradeçam ao SENHOR o seu amor e as coisas maravilhosas que fez por eles!

Pois ele dá água aos que têm sede e coisas boas aos que estão com fome.

Alguns estavam vivendo na escuridão, nas trevas, aflitos e presos com correntes de ferro

porque haviam se revoltado contra as ordens do Deus Altíssimo e rejeitado os seus ensinamentos.

Por causa do trabalho pesado eles estavam esgotados; caíam, e ninguém os ajudava.

Então, na sua angústia, gritaram por socorro, e o SENHOR Deus os livrou das suas aflições.

Ele os tirou da escuridão, das trevas, e quebrou em pedaços as correntes que os prendiam.

Que eles agradeçam ao SENHOR o seu amor e as coisas maravilhosas que fez por eles!

Pois ele derruba portões de bronze e despedaça barras de ferro.

Alguns foram insensatos e sofreram por causa dos seus pecados, por causa da sua vida de rebeldia;

ficaram com enjôo diante da comida e chegaram bem perto da morte.

Então, na sua angústia, gritaram por socorro, e o SENHOR Deus os livrou das suas aflições.

Com a sua palavra, ele os curou e os salvou da morte.

Que eles agradeçam ao SENHOR o seu amor e as coisas maravilhosas que fez por eles!

Que ofereçam sacrifícios de gratidão e, com canções de alegria, anunciem tudo o que ele tem feito!

Alguns viajaram em navios nos oceanos, ganhando a vida nos mares;

eles viram o que o SENHOR Deus faz, as coisas maravilhosas que realiza nos mares.

Ele dava ordem, e um vento forte começava a soprar e a levantar as ondas.

Os navios subiam bem alto e depois mergulhavam nas profundezas. No meio desse perigo, os homens ficavam apavorados.

Tropeçavam e andavam balançando como bêbados; e toda a sua prática de marinheiros não adiantava nada.

Então, na sua angústia, gritavam por socorro, e o SENHOR Deus os livrava das suas aflições.

Ele acalmava a tempestade, e as ondas ficavam quietas.

Eles se alegravam porque o mar tinha ficado calmo; e assim Deus os levava em segurança para o porto desejado.

Que eles agradeçam ao SENHOR o seu amor e as coisas maravilhosas que fez por eles!

Anunciem a sua grandeza quando o povo se reunir; louvem a Deus na assembléia dos líderes.

Deus fez com que os rios se tornassem deserto e as fontes de água secassem completamente.

Ele fez com que a terra boa virasse um deserto salgado por causa da maldade dos que moravam nela.

Ele fez com que o deserto se transformasse em lagos e a terra seca virasse fontes de água.

Deixou que gente faminta morasse ali. Eles construíram uma cidade e moraram nela;

semearam os campos, fizeram plantações de uvas, e foram boas as colheitas.

Deus abençoou o seu povo, e eles tiveram muitos filhos. Deus não deixou que o gado diminuísse.

O povo de Deus foi derrotado e humilhado e sentiu o peso do sofrimento e dos maus tratos.

Então Deus mostrou o seu desprezo pelos reis que os maltrataram e fez com que esses reis andassem sem rumo na solidão dos desertos.

Mas livrou os pobres da miséria e fez com que as suas famílias aumentassem como rebanhos.

Os que são bons vêem isso e ficam contentes, mas todos os maus têm de calar a boca.

Que aqueles que são sábios pensem nessas coisas e meditem no amor de Deus, o SENHOR!

 

Sl 108

Salmo de Davi. Canção.

O meu coração está firme, ó Deus, bem firme; eu cantarei hinos em teu louvor. Acorde, meu coração!

Minha harpa e minha lira, acordem! Eu acordarei o sol.

Ó SENHOR Deus, eu te darei graças no meio das nações; eu te louvarei entre os povos.

O teu amor está acima dos céus, e a tua fidelidade chega até as nuvens.

Ó Deus, mostra a tua grandeza nos céus e que a tua glória brilhe no mundo inteiro!

Salva-nos com o teu poder; responde à nossa oração para que o povo que tu amas seja salvo.

No seu Templo, Deus disse: “Quando eu vencer, dividirei a cidade de Siquém e repartirei o vale de Sucote entre o meu povo.

Gileade é meu, e Manassés, também; Efraim é o meu capacete, e Judá é o meu cetro de rei.

Porém Moabe será a minha bacia de lavar; e eu jogarei as minhas sandálias sobre Edom, como um sinal de que esse país é meu. Eu cantarei a minha vitória sobre os filisteus.”

Ó Deus, quem me levará para dentro da cidade protegida por muralhas? Quem me guiará até Edom?

Será que, de fato, nos rejeitaste? Será que não vais marchar com os nossos exércitos?

Ajuda-nos a combater o inimigo, pois o auxílio de seres humanos não vale nada.

Com Deus do nosso lado, venceremos; ele derrotará os nossos inimigos.

 

Sl 109

Salmo de Davi. Ao regente do coro.

Eu te louvo, ó Deus. Não fiques assim silencioso.

Os maus e os mentirosos falam contra mim e me caluniam.

Eles dizem coisas terríveis a meu respeito e me atacam sem motivo nenhum.

Eles me acusam, embora eu os ame e tenha orado por eles.

Eles pagam o bem com o mal e o amor, com o ódio.

Ó Deus, escolhe um juiz corrupto para julgar o meu inimigo, e que o seu acusador seja um dos seus inimigos!

Quando for julgado, que ele seja condenado! Que até a sua oração seja considerada como pecado!

Que o meu inimigo morra logo, e que outra pessoa faça o trabalho que ele fazia!

Que os seus filhos fiquem órfãos, e que a sua mulher fique viúva!

Que os seus filhos fiquem sem lar e sejam mendigos! Que sejam expulsos das casas em ruínas, onde moram!

Que tudo o que o meu inimigo tem seja tomado como pagamento das suas dívidas! E que estranhos fiquem com o que ele conseguiu com o seu esforço!

Que ninguém seja bom para ele, e que não haja quem cuide dos seus filhos órfãos!

Que todos os seus descendentes morram logo, e que o seu nome seja esquecido em pouco tempo!

Que o SENHOR Deus nunca esqueça dos pecados da sua mãe e sempre lembre da maldade dos seus antepassados!

Que o SENHOR lembre sempre dos pecados deles, porém que eles mesmos sejam completamente esquecidos!

Pois esse homem nunca pensou em fazer o bem, mas perseguiu e matou o pobre, o necessitado e o desamparado.

Ele gostava de amaldiçoar: que a maldição caia sobre ele! Ele não gostava de abençoar: que ninguém o abençoe!

Para ele, era tão fácil amaldiçoar como se vestir. Que as suas maldições entrem nele como água e cheguem até os seus ossos como azeite!

Que as maldições nunca o larguem! Que seja como a roupa que o cobre e como o cinto que ele usa!

Ó SENHOR Deus, paga assim aos meus inimigos e aos que falam mal de mim!

Mas, quanto a mim, ó SENHOR, meu Deus, ajuda-me como prometeste e livra-me, pois és bom e amoroso!

Eu sou pobre e necessitado; estou ferido no fundo do coração.

Vou me acabando como a sombra do anoitecer; sou levado pelo vento como se eu fosse um inseto.

De tanto eu jejuar, os meus joelhos tremem, e o meu corpo é pele e osso.

Quando os outros me vêem, caçoam de mim e, zombando, balançam a cabeça.

Ajuda-me, ó SENHOR, meu Deus! Salva-me por causa do amor que tens por mim.

Que os meus inimigos fiquem sabendo que és tu que me salvas!

Eles podem me amaldiçoar, mas tu me abençoarás. Que os meus perseguidores sejam derrotados, e que eu, que sou teu servo, fique alegre!

Que sobre os meus inimigos caia a desgraça, e que a humilhação os cubra como roupa!

Em voz alta, darei graças a Deus, o SENHOR; eu o louvarei na reunião do povo

porque ele defende o pobre para salvá-lo daqueles que o condenam à morte.

 

Sl 110

Salmo de Davi.

O SENHOR Deus disse ao meu senhor, o rei: “Sente-se do meu lado direito, até que eu ponha os seus inimigos debaixo dos seus pés.”

Ó rei, o SENHOR Deus estenderá desde Jerusalém o poder do senhor. “Domine os seus inimigos” — disse o SENHOR Deus.

No dia em que o senhor, ó rei, os combater, o seu povo se apresentará como voluntário. Como o orvalho da madrugada, os jovens se encontrarão com o senhor nos montes sagrados.

O SENHOR Deus fez este juramento e não voltará atrás: “Você será sacerdote para sempre, na ordem do sacerdócio de Melquisedeque.”

Ó rei, Deus está do seu lado direito e derrotará reis no dia em que se irar.

Ele julgará as nações, cobrirá de mortos os campos de batalha e, no mundo inteiro, derrotará reis.

No caminho, o rei beberá água de um ribeirão e se levantará vitorioso.

 

Sl 111

De Davi. Ao regente do coro.

Aleluia! Na reunião do povo eu louvarei a Deus, o SENHOR, com todo o meu coração, junto com os que lhe obedecem.

Como são maravilhosas as coisas que ele faz! Todos os que se alegram por causa delas querem entendê-las.

Em tudo o que ele faz, há glória e grandeza; a sua fidelidade é eterna.

O SENHOR não nos deixa esquecer dos seus feitos maravilhosos; ele é bom e tem muita misericórdia.

Ele dá alimento aos que o temem e nunca esquece a sua aliança.

O SENHOR mostrou o seu poder ao povo de Israel quando lhe deu as terras de outras nações.

Ele é fiel e justo em tudo o que faz; todos os seus mandamentos merecem confiança.

Eles permanecem para sempre, pois se baseiam na verdade e na honestidade.

Deus pôs o seu povo em liberdade e fez com ele uma aliança eterna. Ele é santo e poderoso.

Para ser sábio, é preciso primeiro temer a Deus, o SENHOR. Ele dá compreensão aos que obedecem aos seus mandamentos. Que o SENHOR seja louvado para sempre!

 

Sl 112

Salmo de Davi. Ao regente do coro-para instrumentos de oito cordas.

Aleluia! Feliz aquele que teme a Deus, o SENHOR, que tem prazer em obedecer aos seus mandamentos!

Os filhos desse homem serão poderosos na Terra Prometida, e os seus descendentes serão abençoados.

Na sua casa há muita riqueza, e ele é sempre bem-sucedido.

A luz brilha na escuridão para aqueles que são corretos, para aqueles que são bondosos, misericordiosos e honestos.

Feliz aquele que tem pena dos outros e empresta generosamente e que dirige os seus negócios com honestidade!

Quem é correto nunca fracassará e será lembrado para sempre.

Ele não tem medo de receber más notícias; a sua fé é forte, pois ele confia no SENHOR.

Ele não fica preocupado, nem tem medo; ele tem certeza de que os seus inimigos serão derrotados.

Ele dá generosamente aos pobres, e a sua bondade dura para sempre. Ele é poderoso e respeitado.

Os maus vêem isso e ficam com raiva; olham com ódio e se acabam. A esperança dos maus dá em nada.

 

Sl 113

Salmo de Davi. Ao regente do coro.

Aleluia! Servos de Deus, o SENHOR, louvem o seu nome!

Que o nome do SENHOR seja louvado agora e para sempre!

Desde o nascer até o pôr-do-sol, que o nome do SENHOR seja louvado!

O SENHOR governa todas as nações; a sua glória está acima dos céus.

Não há ninguém como o SENHOR, nosso Deus, que tem o seu trono nas alturas,

mas se inclina para ver o que há no céu e na terra.

Ele livra da humilhação os pobres e tira da miséria os necessitados;

ele faz com que eles sejam companheiros de governantes, dos governantes do seu povo.

Ele faz com que a mulher que não tem filhos seja respeitada no seu lar e a torna feliz, dando-lhe filhos. Aleluia!

 

Sl 114

De Davi. Ao regente do coro.

Quando os descendentes de Jacó, o povo de Israel, saíram do Egito, aquela terra estrangeira,

Judá se tornou o povo escolhido de Deus, Israel ficou sendo a sua propriedade.

O mar Vermelho olhou e fugiu; o rio Jordão parou de correr.

As montanhas pularam como carneiros, e os montes saltaram como carneirinhos.

Que aconteceu, ó mar, para que você fugisse assim? E, você, rio Jordão, por que parou de correr?

Ó montanhas, por que vocês pularam como carneiros? Montes, por que vocês saltaram como carneirinhos?

Trema, ó terra, na vinda do Senhor, na presença do Deus de Jacó,

pois ele faz com que as rochas virem fontes e transforma as pedras em fontes de água.

 

Sl 115

Salmo de Davi.

Somente a ti, ó SENHOR Deus, a ti somente, e não a nós, seja dada a glória por causa do teu amor e da tua fidelidade.

Por que é que as outras nações nos perguntam: “Onde está o Deus de vocês?”

Nós respondemos: “O nosso Deus está no céu; ele faz tudo o que quer.

Os deuses das outras nações são de prata e de ouro, são feitos por seres humanos.

Eles têm boca, mas não falam; têm olhos, mas não vêem.

Têm ouvidos, mas não ouvem; têm nariz, mas não cheiram.

Têm mãos, mas não podem pegar; têm pés, mas não andam; e da garganta deles não sai nenhum som.

Que fiquem iguais a esses ídolos aqueles que os fazem e os que confiam neles!”

Ó israelitas, confiem em Deus, o SENHOR! Ele é a ajuda e o escudo de vocês.

Sacerdotes de Deus, confiem no SENHOR! Ele é a ajuda e o escudo de vocês.

Confiem no SENHOR, todos os que o temem! Ele é a ajuda e o escudo de vocês.

O SENHOR lembra de nós e nos abençoará; ele abençoará o povo de Israel e todos os sacerdotes de Deus.

Ele abençoará todos os que o temem, tanto os importantes como os humildes.

Que o SENHOR Deus lhes dê muitos filhos, a vocês e aos seus descendentes!

Que vocês sejam abençoados pelo SENHOR, que fez os céus e a terra!

Os céus pertencem somente ao SENHOR, mas a terra ele deu aos seres humanos.

Os mortos, que descem à terra do silêncio, não louvam a Deus, o SENHOR.

Mas nós, que estamos vivos, daremos graças ao SENHOR agora e para sempre. Aleluia!

 

Sl 116

Hino de Davi.

Eu amo a Deus, o SENHOR, porque ele me ouve; ele escuta as minhas orações.

Ele me ouve sempre que eu clamo pedindo socorro.

Os laços da morte estavam me apertando, os horrores da sepultura tomaram conta de mim, e eu fiquei aflito e apavorado.

Então clamei ao SENHOR, pedindo: “Ó SENHOR Deus, eu te peço: Salva-me da morte!”

O SENHOR é bondoso e fiel; o nosso Deus tem compaixão de nós.

O SENHOR protege os que não podem se defender. Quando eu estava em perigo, ele me salvou.

Meu ser inteiro, continue confiando em Deus, o SENHOR, pois ele tem sido bom para mim!

Deus me livrou da morte, fez parar as minhas lágrimas e não deixou que eu caísse na desgraça.

Por isso, no mundo dos que estão vivos, viverei uma vida de obediência a ele.

Eu continuei crendo, mesmo quando disse: “estou completamente esmagado.”

Não parei de crer, mesmo quando afirmei, sem pensar: “não se pode confiar em ninguém.”

Que posso eu oferecer a Deus, o SENHOR, por tudo de bom que ele me tem dado?

Levarei ao SENHOR uma oferta de vinho para lhe dar graças porque me salvou.

Na reunião de todo o seu povo eu lhe darei o que prometi.

O SENHOR Deus sente pesar quando vê morrerem os que são fiéis a ele.

Ó SENHOR, eu sou teu servo; eu te sirvo, como te servia a minha mãe. Tu me livraste da morte.

Eu te darei uma oferta de gratidão e a ti farei as minhas orações.

(18-19) Na reunião de todo o teu povo, nos pátios do teu Templo, em Jerusalém, eu te darei o que prometi. Aleluia!

 

Sl 117

Oração de Davi.

Louvem a Deus, o SENHOR, todas as nações! Que todos os povos o louvem!

O seu amor por nós é forte, e a sua fidelidade dura para sempre. Aleluia!

 

Sl 118

De Davi. Ao regente do coro. Palavras da canção que Davi, servo de Deus, cantou a Deus, o SENHOR, no dia em que ele o livrou de Saul e de todos os seus inimigos.

Dêem graças a Deus, o SENHOR, porque ele é bom e porque o seu amor dura para sempre.

Que o povo de Israel diga: “O seu amor dura para sempre!”

Que os sacerdotes de Deus digam: “O seu amor dura para sempre!”

E que todos os que o temem digam: “O seu amor dura para sempre!”

Na minha aflição, eu clamei ao SENHOR; ele me respondeu e me livrou da angústia.

O SENHOR está comigo, e eu não tenho medo; que mal pode alguém me fazer?

O SENHOR está comigo; é ele quem me ajuda. Por isso, verei a derrota dos meus inimigos.

É melhor confiar no SENHOR, do que depender de seres humanos.

É melhor confiar no SENHOR do que depender de pessoas importantes.

Os inimigos que estavam em volta de mim eram muitos, mas, pelo poder de Deus, o SENHOR, eu acabei com eles.

Eles me cercaram por todos os lados, mas, pelo poder do SENHOR, eu acabei com eles.

Eles se juntaram, como abelhas, em volta de mim, porém foram queimados no fogo como galhos secos; pelo poder do SENHOR, eu acabei com eles.

Eles me atacaram com violência, e eu quase fui derrotado, porém o SENHOR me ajudou.

O SENHOR Deus me torna forte e poderoso; ele me salvou.

Escutem os gritos alegres de vitória no acampamento do povo de Deus: “O poder do SENHOR nos deu a vitória.

Com o seu poder ele fez grandes coisas. O poder do SENHOR nos deu a vitória.”

Não vou morrer; pelo contrário, vou viver e anunciar o que o SENHOR Deus tem feito.

Ele me castigou com dureza, mas não deixou que eu morresse.

Abram os portões do Templo para mim; eu entrarei e louvarei o SENHOR.

Este é o portão do SENHOR; somente os que lhe obedecem podem entrar por ele.

Ó Deus, eu te louvo porque me escutaste e me deste a vitória.

A pedra que os construtores rejeitaram veio a ser a mais importante de todas.

Isso foi feito pelo SENHOR e é uma coisa maravilhosa!

Este é o dia da vitória de Deus, o SENHOR; que seja para nós um dia de felicidade e alegria!

Salva-nos, ó SENHOR, salva-nos! Dá-nos prosperidade, ó Deus!

Que Deus abençoe aquele que vem em nome de Deus, o SENHOR! Daqui do Templo do SENHOR, nós abençoamos todos vocês.

O SENHOR é Deus; ele é a nossa luz. Com ramos nas mãos, comecem a festa e andem em volta do altar.

Tu és o meu Deus— eu te louvarei; tu és o meu Deus— eu anunciarei a tua grandeza.

Dêem graças a Deus, o SENHOR, porque ele é bom e porque o seu amor dura para sempre.

 

Sl 119

Salmo de Davi. Ao regente do coro.

Felizes são os que não podem ser acusados de nada, que vivem de acordo com a lei de Deus, o SENHOR!

Felizes os que guardam os mandamentos de Deus e lhe obedecem de todo o coração!

Felizes os que não praticam o mal, os que andam nos caminhos de Deus!

Tu, ó Deus, nos deste as tuas leis e mandaste que as cumpríssemos fielmente.

Como desejo obedecer às tuas ordens e cumpri-las com fidelidade!

Se eu der atenção a todos os teus mandamentos, não passarei vergonha.

Com um coração sincero eu te louvarei à medida que for aprendendo os teus justos ensinamentos.

Obedecerei às tuas leis; peço-te que não me abandones nunca.

Como pode um jovem conservar pura a sua vida? É só obedecer aos teus mandamentos.

Eu procuro te servir de todo o coração; não deixes que eu me desvie dos teus mandamentos.

Guardo a tua palavra no meu coração para não pecar contra ti.

Eu te louvo, ó SENHOR Deus! Ensina-me as tuas leis.

Costumo repetir em voz alta todas as ordens que tens dado.

Fico mais alegre em seguir os teus mandamentos do que em ser muito rico.

Estudo as tuas leis e examino os teus ensinamentos.

As tuas leis são o meu prazer; não esqueço a tua palavra.

Senhor, trata com bondade este teu servo, para que eu possa continuar vivo e obedecer à tua palavra!

Abre os meus olhos para que eu possa ver as verdades maravilhosas da tua lei.

Viverei poucos anos aqui na terra; não escondas de mim os teus mandamentos.

O meu coração sofre, ansioso, pois, em todos os momentos, quero conhecer a tua vontade.

Tu repreendes os orgulhosos; os que se desviam dos teus mandamentos são malditos.

Livra-me dos insultos e das zombarias deles, pois tenho obedecido aos teus ensinamentos.

Mesmo que as autoridades se reúnam e contra mim façam planos, eu, que sou teu servo, meditarei nas tuas leis.

Gosto de pensar nos teus ensinamentos; eles são os meus conselheiros.

Estou derrotado e caído no chão; de acordo com a tua promessa, dá-me novas forças.

Contei tudo o que tenho feito, e tu me respondeste; ensina-me os teus mandamentos.

Ajuda-me a compreender as tuas leis, e eu meditarei nos teus maravilhosos ensinamentos.

É tanta a minha tristeza, que estou me acabando; dá-me forças, como prometeste.

Não me deixes seguir o caminho errado; com a tua bondade, ensina-me a tua lei.

Eu escolhi o caminho da fidelidade e tenho dado atenção às tuas ordens.

Ó SENHOR Deus, tenho seguido os teus ensinamentos; não me deixes passar pela vergonha do fracasso.

Eu me apresso em obedecer aos teus mandamentos porque assim tu me darás mais entendimento.

Ó SENHOR Deus, ensina-me a entender as tuas leis, e eu sempre as seguirei.

Dá-me entendimento para que eu possa guardar a tua lei e cumpri-la de todo o coração.

Guia-me pelo caminho dos teus mandamentos, pois neles encontro a felicidade.

Faze com que eu queira obedecer aos teus ensinamentos, em vez de querer ajuntar riquezas.

Não me deixes ficar pensando em coisas sem valor; sê bondoso para comigo, como prometeste.

Eu sou teu servo; cumpre a promessa que me fizeste, a promessa que fazes aos que te temem.

Livra-me dos insultos, que me causam medo; os teus julgamentos são bons.

Eu quero muito obedecer às tuas leis. Conserva-me vivo, pois tu és justo.

Ó SENHOR Deus, mostra-me o quanto me amas e livra-me dos meus inimigos, de acordo com a tua promessa!

Então saberei responder aos que me insultam, pois eu confio na tua palavra.

Ajuda-me a falar sempre a verdade, pois a minha esperança está nos teus julgamentos.

Todos os dias obedecerei à tua lei; eu sempre a cumprirei.

Viverei à vontade, livre de perigos, porque tenho procurado seguir os teus ensinamentos.

Anunciarei aos reis as tuas ordens e não ficarei envergonhado.

Os teus mandamentos me trazem alegria, pois eu os amo.

Respeito e amo os teus mandamentos e medito nas tuas leis.

Lembra da promessa que fizeste a mim, este teu servo, a promessa que tem sido a minha esperança.

No sofrimento, eu fui consolado porque a tua promessa me deu vida.

Os orgulhosos estão sempre zombando de mim, mas eu não tenho me afastado da tua lei.

Eu lembro dos teus julgamentos do passado, e eles me confortam, ó SENHOR.

Fico muito revoltado quando vejo os maus quebrando a tua lei.

Na minha curta vida aqui na terra, faço canções sobre os teus mandamentos.

De noite, eu penso em ti, ó SENHOR Deus, e medito na tua lei.

O meu dever nesta vida é este: obedecer aos teus mandamentos.

Tu, ó SENHOR Deus, és tudo o que eu tenho; prometo obedecer às tuas leis.

De todo o coração, eu te peço: tem misericórdia de mim, como prometeste.

Tenho pensado na minha maneira de agir e prometo seguir os teus ensinamentos.

Com toda a pressa e sem demora, procuro obedecer aos teus mandamentos.

Os maus armaram uma armadilha para me pegar, mas eu não esqueço a tua lei.

Por causa dos teus ensinamentos justos, eu me levanto no meio da noite para te louvar.

Eu sou amigo de todos os que te temem, de todos os que obedecem às tuas leis.

Ó SENHOR Deus, a terra está cheia do teu amor; ensina-me os teus mandamentos.

Ó SENHOR Deus, tu cumpriste a tua promessa e tens sido bom para mim, este teu servo.

Dá-me sabedoria e conhecimento, pois confio nos teus mandamentos.

Antes de me castigares, eu andava errado, mas agora obedeço à tua palavra.

Ó Deus, tu és bom e fazes o bem; ensina-me os teus mandamentos.

Os orgulhosos dizem mentiras contra mim, mas eu, de todo o coração, obedeço aos teus mandamentos.

Esses homens não querem aprender a tua lei, porém eu tenho prazer nela.

Foi bom que eu tivesse sido castigado, pois assim aprendi os teus mandamentos.

A tua lei vale muito mais para mim do que toda a riqueza do mundo.

Ó Deus, as tuas mãos me criaram e me formaram; dá-me entendimento para que eu possa aprender as tuas leis.

Aqueles que te temem se alegram quando me vêem porque a minha esperança está na tua palavra.

Ó SENHOR Deus, eu sei que os teus julgamentos são justos e que me castigas porque és fiel.

Peço que o teu amor me console, como prometeste a mim, este teu servo!

Tem compaixão de mim, e eu continuarei vivo, pois gosto de pensar na tua lei.

Que os orgulhosos fiquem envergonhados, pois me acusam com mentiras! Mas eu meditarei nos teus ensinamentos.

Que venham para o meu lado os que te temem, os que conhecem os teus mandamentos!

Que eu obedeça completamente aos teus mandamentos e não sofra a vergonha do fracasso!

Ó Deus, estou aflito, esperando que tu me livres dos meus inimigos; eu ponho a minha esperança na tua palavra.

Os meus olhos estão cansados de tanto olhar, esperando o que prometeste, e eu pergunto: “Quando vens me consolar?”

Sou tão inútil como um odre cheio de furos, porém não esqueço os teus mandamentos.

Até quando vai este teu servo ter de esperar? Quando vais castigar os que me perseguem?

Os orgulhosos, que não obedecem à tua lei, cavaram covas para me pegar.

Todos os teus mandamentos merecem confiança. Ajuda-me, pois sou perseguido por mentirosos.

Eles quase conseguiram me matar, porém eu não abandono os teus ensinamentos.

Por causa do teu amor, livra-me da morte para que eu possa obedecer aos teus mandamentos.

Ó SENHOR Deus, a tua palavra dura para sempre; ela é firme como o céu.

A tua fidelidade permanece em todas as gerações; tu colocaste a terra no seu lugar, e ela fica firme.

De acordo com as tuas ordens todas as coisas permanecem até hoje, pois tudo te obedece.

Se a tua lei não tivesse sido o motivo da minha alegria, eu já teria morrido de tanto sofrer.

Nunca esquecerei os teus ensinamentos, pois é por meio deles que tens conservado a minha vida.

Livra-me dos meus inimigos, pois sou teu e tenho procurado obedecer aos teus mandamentos.

Os maus estão esperando a hora de me matarem, mas eu meditarei nas tuas leis.

Tenho visto que todas as coisas têm o seu limite, mas o teu mandamento se aplica a tudo.

Como eu amo a tua lei! Penso nela o dia todo.

O teu mandamento está sempre comigo e faz com que eu seja mais sábio do que os meus inimigos.

Eu entendo mais do que todos os meus professores porque medito nos teus ensinamentos.

Tenho mais sabedoria do que os velhos porque obedeço aos teus mandamentos.

Não tenho andado pelos caminhos da maldade, pois quero obedecer à tua palavra.

Não tenho deixado de cumprir as tuas ordens porque és tu que me ensinas.

Como são doces as tuas palavras! São mais doces do que o mel.

Por meio das tuas leis, consigo a sabedoria e assim detesto todos os caminhos da mentira.

A tua palavra é lâmpada para guiar os meus passos, é luz que ilumina o meu caminho.

Cumprirei o juramento que fiz de seguir os teus justos ensinamentos.

Ó SENHOR Deus, os meus sofrimentos são terríveis; conserva-me vivo, como prometeste.

Ó SENHOR, aceita a minha oração de agradecimento e ensina-me os teus mandamentos!

A minha vida está sempre em perigo; no entanto não esqueço a tua lei.

Os maus armaram uma armadilha para me pegar, mas eu não desobedeci aos teus mandamentos.

Os teus ensinamentos são a minha riqueza para sempre; eles são a alegria do meu coração.

Eu resolvi obedecer às tuas ordens até o fim da minha vida.

Não suporto as pessoas falsas, mas amo a tua lei.

Tu és o meu esconderijo e o meu escudo; eu ponho a minha esperança na tua promessa.

Afastem-se de mim, vocês que praticam o mal, e eu obedecerei aos mandamentos do meu Deus!

Dá-me forças, como prometeste, e eu continuarei vivo; não permitas que eu fique desiludido com a minha esperança.

Dá-me apoio, e estarei em segurança; e sempre darei atenção às tuas ordens.

Tu rejeitas todos os que desobedecem às tuas leis, pois os seus planos enganosos não valem nada.

Tu tratas todos os maus como lixo, e por isso eu amo os teus ensinamentos.

Eu tremo diante de ti e tenho medo dos teus julgamentos.

Tenho feito o que é certo e bom; não me entregues nas mãos dos meus inimigos.

Promete que ajudarás a mim, este teu servo. Não deixes que os orgulhosos me façam sofrer.

Os meus olhos estão cansados de tanto olhar, esperando que me salves e assim cumpras a tua promessa.

Trata este teu servo de acordo com o teu amor e ensina-me os teus mandamentos.

Sou teu servo; por isso, dá-me sabedoria para que eu possa conhecer os teus ensinamentos.

Ó SENHOR Deus, já é tempo de agires, pois a tua lei está sendo desobedecida.

Eu amo os teus mandamentos mais do que o ouro, mais do que o ouro puro.

Por isso, sigo os teus ensinamentos e detesto todos os caminhos da mentira.

Os teus mandamentos são maravilhosos, e por isso os cumpro de todo o coração.

A explicação da tua palavra traz luz e dá sabedoria às pessoas simples.

Abro a boca e suspiro, pois o que mais desejo na vida é obedecer aos teus mandamentos.

Olha de novo para mim e tem compaixão, como sempre fazes com os que te amam.

Conserva-me firme, como prometeste; não deixes que eu seja dominado pelo mal.

Livra-me daqueles que me maltratam para que eu possa obedecer aos teus mandamentos.

Olha com bondade para mim, teu servo, e ensina-me as tuas leis.

As minhas lágrimas correm como um rio porque os outros não obedecem à tua lei.

Tu és justo, ó SENHOR Deus; as tuas leis são certas.

Os ensinamentos que tens dado são completamente certos e justos.

Fico queimando de raiva porque os meus inimigos desprezam a tua palavra.

Como é firme a tua promessa! E como este teu servo a ama!

Sou humilde e desprezado, porém não esqueço os teus ensinamentos.

A tua justiça dura para sempre, e a tua lei é sempre verdadeira.

Os sofrimentos e a ansiedade me atingem, mas os teus mandamentos me alegram.

Os teus ensinamentos são sempre certos; dá-me entendimento, e continuarei vivo.

De todo o coração, eu clamo a ti; responde-me, ó SENHOR, e obedecerei aos teus mandamentos!

Eu clamo pedindo socorro; livra-me dos meus inimigos e eu seguirei as tuas ordens.

Antes do nascer do sol, eu clamo pedindo ajuda, pois a minha esperança está na tua promessa.

Eu fico acordado a noite inteira para meditar na tua palavra.

Ouve-me, ó SENHOR Deus, por causa do teu amor! Conserva-me vivo, de acordo com a tua justa vontade.

Os meus terríveis perseguidores estão chegando perto; é gente que nunca obedece à tua lei.

Mas tu, ó SENHOR, estás perto de mim, e todos os teus mandamentos são verdadeiros.

Faz muito tempo que conheço os teus ensinamentos; tu os deste a fim de durarem para sempre.

Ó Deus, olha para o meu sofrimento e socorre-me, pois não tenho desprezado a tua lei!

Defende a minha causa e livra-me dos meus inimigos; conserva-me vivo, como prometeste.

Os maus não serão salvos dos seus sofrimentos porque eles não se importam com as tuas leis.

Como é grande a tua compaixão, ó SENHOR! Conserva-me vivo, de acordo com a tua justa vontade.

Tenho muitos inimigos e perseguidores, porém não deixo de obedecer aos teus mandamentos.

Quando olho para aqueles traidores, sinto nojo porque eles não obedecem à tua lei.

Vê como amo os teus ensinamentos, ó SENHOR! Conserva-me vivo, por causa do teu amor.

Todas as tuas palavras são verdadeiras; os teus mandamentos são justos e duram para sempre.

Os poderosos me atacam injustamente, mas eu respeito os teus mandamentos.

Como sou feliz por causa das tuas promessas, tão feliz como alguém que encontra um grande tesouro!

Odeio e detesto a mentira, mas amo a tua lei.

Sete vezes por dia, eu te louvo por causa dos teus julgamentos justos.

Aqueles que amam a tua lei têm muita segurança, e não há nada que os faça cair.

Espero que me livres dos meus inimigos, ó SENHOR Deus, pois cumpro os teus mandamentos.

Obedeço aos teus ensinamentos; eu os amo com todo o coração.

Cumpro os teus mandamentos e as tuas ordens, pois tu vês tudo o que eu faço.

Que o meu grito de socorro chegue a ti, ó SENHOR Deus! Dá-me sabedoria como prometeste.

Que a minha oração chegue diante de ti! Conforme a tua promessa, livra-me dos meus inimigos!

Sempre te louvarei, pois me ensinas as tuas leis.

Cantarei a respeito da tua lei, pois os teus mandamentos são justos.

Ó Deus, que a tua mão esteja sempre pronta para me ajudar, pois sigo os teus mandamentos!

Como desejo que me ajudes, ó SENHOR Deus! Na tua lei, encontro a felicidade.

Conserva-me vivo para que eu possa te louvar. Que os teus ensinamentos sirvam de ajuda para mim!

Como ovelha perdida, tenho andado sem rumo. Ó SENHOR Deus, vem buscar este teu servo, pois não esqueço os teus mandamentos!

 

Sl 120

Canção de peregrinos.

Quando estive aflito, pedi ajuda a Deus, o SENHOR, e ele me respondeu.

Ó SENHOR, livra-me dos mentirosos e dos falsos!

Mentirosos, que será que Deus vai fazer com vocês? Como será que ele vai castigá-los?

Ele os castigará com as flechas afiadas de um soldado e com brasas.

Viver entre vocês me faz sofrer tanto como se eu morasse em Meseque ou entre a gente de Quedar.

Há muito tempo que estou morando com aqueles que odeiam a paz.

Quando falo de paz, eles falam a favor de guerra.

 

Sl 121

Canção de peregrinos.

Olho para os montes e pergunto: “De onde virá o meu socorro?”

O meu socorro vem do SENHOR Deus, que fez o céu e a terra.

Ele, o seu protetor, está sempre alerta e não deixará que você caia.

O protetor do povo de Israel nunca dorme, nem cochila.

O SENHOR guardará você; ele está sempre ao seu lado para protegê-lo.

O sol não lhe fará mal de dia, nem a lua, de noite.

O SENHOR guardará você de todo perigo; ele protegerá a sua vida.

Ele o guardará quando você for e quando voltar, agora e sempre.

 

Sl 122

Canção de peregrinos. De Davi.

Fiquei alegre quando me disseram: “Vamos à casa de Deus, o SENHOR.”

E agora aqui estamos, dentro de Jerusalém.

Jerusalém é uma cidade construída de novo, onde o povo se reúne.

Para cá sobem as tribos, as tribos de Israel, para dar graças ao SENHOR, como ele ordenou.

Aqui estão os tribunais de justiça, onde o rei julga o seu povo.

Orem para que haja paz em Jerusalém. “Ó Jerusalém, que prosperem aqueles que a amam!

Que haja paz na cidade protegida por muralhas! Que haja segurança nos seus palácios!”

Eu amo os meus patrícios e amigos e por isso digo a Jerusalém: “Que a paz esteja com você!”

Eu amo o Templo do SENHOR, o nosso Deus, e por isso oro pela prosperidade de Jerusalém.

 

Sl 123

Canção de peregrinos.

Ó SENHOR Deus, levanto os olhos a ti, que tens o trono no céu.

Como o escravo depende do seu dono e como as escravas dependem das suas donas, assim olhamos para ti, ó SENHOR, nosso Deus, esperando que tenhas compaixão de nós.

Tem compaixão de nós, ó SENHOR! Tem compaixão, pois somos tratados com muito desprezo.

Somos sempre desprezados pelos ricos, e os orgulhosos zombam de nós.

 

Sl 124

Canção de peregrinos. De Davi.

Que teria acontecido se o SENHOR Deus não estivesse do nosso lado? Responda, povo de Israel!

O povo responde: “Se o SENHOR não estivesse do nosso lado quando os nossos inimigos nos atacaram,

eles nos teriam engolido vivos; pois, furiosos, se voltaram contra nós.

As águas nos teriam levado para longe, a enchente nos teria coberto,

e teríamos morrido afogados na correnteza violenta.”

Demos graças ao SENHOR, que não deixou que os nossos inimigos nos destruíssem.

Como o passarinho, nós escapamos da armadilha do caçador. A armadilha quebrou, e ficamos livres.

O nosso socorro vem do SENHOR Deus, que fez o céu e a terra.

 

Sl 125

Canção de peregrinos.

Aqueles que confiam em Deus, o SENHOR, são como o monte Sião, que não pode ser abalado, mas continua sempre firme.

Como as montanhas estão em volta de Jerusalém, assim o SENHOR está ao redor do seu povo, agora e sempre.

Os maus não governarão para sempre a terra do povo de Deus; se os maus governassem, até os bons começariam a fazer o mal.

Ó SENHOR Deus, sê bondoso para aqueles que são bons, para os que obedecem aos teus mandamentos!

Porém, quando castigares os maus, castiga também aqueles que abandonam os teus caminhos. Que a paz esteja com o povo de Israel!

 

Sl 126

Canção de peregrinos.

Quando o SENHOR Deus nos trouxe de volta para Jerusalém, parecia que estávamos sonhando.

Como rimos e cantamos de alegria! Então as outras nações disseram: “O SENHOR fez grandes coisas por eles!”

De fato, o SENHOR fez grandes coisas por nós, e por isso estamos alegres.

Ó SENHOR, faze com que prosperemos de novo, assim como a chuva enche de novo o leito seco dos rios.

Que aqueles que semeiam chorando façam a colheita com alegria!

Aqueles que saíram chorando, levando a semente para semear, voltarão cantando, cheios de alegria, trazendo nos braços os feixes da colheita.

 

Sl 127

Canção de peregrinos. De Salomão.

Se o SENHOR Deus não edificar a casa, não adianta nada trabalhar para construí-la. Se o SENHOR não proteger a cidade, não adianta nada os guardas ficarem vigiando.

Não adianta trabalhar demais para ganhar o pão, levantando cedo e deitando tarde, pois é Deus quem dá o sustento aos que ele ama, mesmo quando estão dormindo.

Os filhos são um presente do SENHOR; eles são uma verdadeira bênção.

Os filhos que o homem tem na sua mocidade são como flechas nas mãos de um soldado.

Feliz o homem que tem muitas dessas flechas! Ele não será derrotado quando enfrentar os seus inimigos no tribunal.

 

Sl 128

Canção de peregrinos.

Feliz aquele que teme a Deus, o SENHOR, e vive de acordo com a sua vontade!

Se você for assim, ganhará o suficiente para viver, será feliz, e tudo dará certo para você.

Em casa, a sua mulher será como uma parreira que dá muita uva; e, em volta da mesa, os seus filhos serão como oliveiras novas.

Quem teme ao SENHOR certamente será abençoado assim.

Que, lá do monte Sião, o SENHOR o abençoe! Que, em todos os dias da sua vida, você veja o progresso de Jerusalém!

E que você viva para ver os seus netos! Que a paz esteja com o povo de Israel!

 

Sl 129

Canção de peregrinos.

Povo de Israel, conte como os seus inimigos têm perseguido vocês desde o começo da sua história.

O povo responde: “Desde o começo, os nossos inimigos nos têm perseguido ferozmente, mas nunca nos venceram.

Eles abriram feridas fundas nas nossas costas, como um arado faz na terra.

Porém o SENHOR, que é justo, nos livrou do domínio deles.”

Que sejam derrotados e fujam todos os que odeiam Jerusalém!

Que todos eles sejam como a erva que cresce nos telhados e que seca antes de ser arrancada,

erva que ninguém colhe, nem leva embora em feixes!

E que os que passam não digam a eles: “Que o SENHOR Deus os abençoe! Nós os abençoamos em nome do SENHOR.”

 

Sl 130

Canção de peregrinos.

Ó SENHOR Deus, eu te chamei quando estava em profundo desespero.

Escuta o meu grito, ó Senhor! Ouve o meu pedido de socorro.

Se tu tivesses feito uma lista dos nossos pecados, quem escaparia da condenação?

Mas tu nos perdoas, e por isso nós te tememos.

Eu aguardo ansioso a ajuda de Deus, o SENHOR, e confio na sua palavra.

Eu espero pelo Senhor mais do que os vigias esperam o amanhecer, mais do que os vigias esperam o nascer do sol.

Povo de Israel, ponha a sua esperança em Deus, o SENHOR, porque o seu amor é fiel, e ele sempre está disposto a salvar.

Ele salvará Israel, o seu povo, de todos os seus pecados.

 

Sl 131

Canção de peregrinos. De Davi.

Ó SENHOR Deus, eu já não sou orgulhoso; deixei de olhar os outros com arrogância. Não vou atrás das coisas grandes e extraordinárias, que estão fora do meu alcance.

Assim, como a criança desmamada fica quieta nos braços da mãe, assim eu estou satisfeito e tranqüilo, e o meu coração está calmo dentro de mim.

Povo de Israel, ponha a sua esperança em Deus, o SENHOR, agora e sempre!

 

Sl 132

Canção de peregrinos.

Ó SENHOR Deus, lembra de Davi e de todos os seus sofrimentos.

Lembra da promessa feita por Davi, lembra deste juramento que ele fez a ti, o SENHOR, o Poderoso de Jacó:

“Eu não vou para casa, nem vou descansar;

não vou me deitar, nem dormir

enquanto não encontrar um lugar para o SENHOR, uma casa para o Poderoso de Jacó.”

Em Belém ouvimos falar a respeito da arca da aliança e nós a encontramos nos campos de Jearim.

Então dissemos: “Vamos à casa de Deus, o SENHOR; vamos adorá-lo diante do seu trono.”

Ó SENHOR, vem para o teu Templo, com a arca da aliança, que representa o teu poder, e fica ali para sempre!

Que os teus sacerdotes façam sempre o que é certo! Que os teus servos fiéis gritem de alegria!

Ó SENHOR Deus, fizeste uma promessa ao teu servo Davi; portanto, não rejeites o rei que escolheste.

Tu não voltarás atrás neste juramento que fizeste a Davi: “Farei com que um dos seus filhos seja rei, e ele reinará depois de você.

Se os filhos de você forem fiéis à minha aliança e aos mandamentos que lhes dei, também os filhos deles sempre serão reis.”

O SENHOR Deus escolheu o monte Sião; ele quis que a sua casa fosse ali e disse:

“Aqui viverei para sempre; é aqui que eu quero reinar.

Darei de tudo com fartura a Jerusalém, darei muito alimento aos seus pobres.

Abençoarei tudo o que os seus sacerdotes fizerem, e o seu povo cantará e gritará de alegria.

Aqui farei com que um descendente de Davi seja rei poderoso e farei com que sempre sejam reis os descendentes desse rei escolhido.

Farei com que os seus inimigos fiquem cobertos de vergonha, mas ele usará uma coroa que vai brilhar cada vez mais.”

 

Sl 133

Canção de peregrinos. De Davi.

Como é bom e agradável que o povo de Deus viva unido como se todos fossem irmãos!

É como o azeite perfumado sobre a cabeça de Arão, que desce pelas suas barbas e pela gola do seu manto sacerdotal.

É como o orvalho do monte Hermom, que cai sobre os montes de Sião. Pois é em Sião que o SENHOR Deus dá a sua bênção, a vida para sempre.

 

Sl 134

Canção de peregrinos.

Venham e louvem a Deus, o SENHOR, todos os seus servos, todos os que de noite servem no seu Templo!

Levantem as mãos em oração no Templo e louvem o SENHOR!

Que de Jerusalém o SENHOR Deus, que fez o céu e a terra, abençoe vocês!

 

Sl 135

De Davi.

Aleluia! Louvem a Deus, o SENHOR, vocês que são seus servos,

vocês que estão na casa dele, no Templo do nosso Deus!

Louvem o SENHOR porque ele é bom; cantem louvores a ele porque é bondoso.

Pois o SENHOR escolheu Jacó para ser dele, escolheu o povo de Israel para ser o seu tesouro.

Eu sei que o SENHOR é grande; o nosso Deus está acima de todos os deuses.

O SENHOR faz o que quer, tanto no céu como na terra, tanto nos mares como nos oceanos profundos.

Dos fins da terra, ele traz as nuvens, prepara os relâmpagos para as tempestades e faz com que o vento saia dos seus depósitos.

Foi ele quem no Egito matou todos os primeiros filhos, tanto dos egípcios como dos seus animais.

Ali fez milagres e coisas maravilhosas para castigar o rei e todos os seus servidores.

O SENHOR Deus destruiu muitas nações e matou reis poderosos.

Ele matou Seom, o rei dos amorreus, Ogue, rei de Basã, e todos os reis de Canaã.

E a terra desses reis ele deu a Israel, o seu povo, para ser propriedade deles.

Ó SENHOR, todos sempre saberão que tu és Deus; todas as gerações futuras lembrarão de ti.

O SENHOR defenderá o povo de Israel; ele terá compaixão dos seus servos.

Os deuses das outras nações são de prata e de ouro, são feitos por seres humanos.

Eles têm boca, mas não falam; têm olhos, mas não vêem.

Têm ouvidos, mas não ouvem; e não podem respirar.

Que fiquem iguais a esses ídolos aqueles que os fazem e também os que confiam neles!

Louve o SENHOR Deus, povo de Israel! Sacerdotes de Deus, louvem o SENHOR!

Levitas, louvem o SENHOR! Todos os que o temem, louvem o SENHOR!

Louvem o SENHOR em Sião, em Jerusalém, onde ele mora. Aleluia!

 

Sl 136

De Davi, servo do SENHOR. Ao regente do coro.

Dêem graças a Deus, o SENHOR, porque ele é bom; o seu amor dura para sempre.

Dêem graças ao mais poderoso de todos os deuses; o seu amor dura para sempre.

Dêem graças ao mais poderoso de todos os senhores; o seu amor dura para sempre.

Somente o SENHOR faz grandes milagres; o seu amor dura para sempre.

Pela sua sabedoria, ele fez os céus; o seu amor dura para sempre.

Ele pôs a terra sobre as águas profundas; o seu amor dura para sempre.

Ele fez o sol e a lua; o seu amor dura para sempre.

Fez o sol para governar o dia; o seu amor dura para sempre.

Fez a lua e as estrelas para governarem a noite; o seu amor dura para sempre.

Em cada lar dos egípcios, Deus matou o primeiro filho; o seu amor dura para sempre.

Ele tirou do Egito o povo de Israel; o seu amor dura para sempre.

Ele os tirou com a sua mão forte e com o seu braço poderoso; o seu amor dura para sempre.

Ele dividiu o mar Vermelho em duas partes; o seu amor dura para sempre.

Fez com que o povo de Israel passasse pelo meio do mar; o seu amor dura para sempre.

Ali, no mar, ele afogou o rei do Egito e o seu exército; o seu amor dura para sempre.

Deus guiou o seu povo pelo deserto; o seu amor dura para sempre.

Matou reis poderosos; o seu amor dura para sempre.

Matou reis famosos; o seu amor dura para sempre.

Matou Seom, o rei dos amorreus; o seu amor dura para sempre.

E matou Ogue, rei de Basã; o seu amor dura para sempre.

Ele deu ao seu povo as terras desses reis; o seu amor dura para sempre.

Deu essas terras ao povo de Israel, seu servo; o seu amor dura para sempre.

Quando fomos derrotados, Deus não esqueceu de nós; o seu amor dura para sempre.

Ele nos livrou dos nossos inimigos; o seu amor dura para sempre.

Ele dá comida aos seres humanos e aos animais; o seu amor dura para sempre.

Dêem graças ao Deus do céu; o seu amor dura para sempre.

 

Sl 137

De Davi.

Sentados na beira dos rios da Babilônia, chorávamos quando lembrávamos de Jerusalém.

Penduramos as nossas liras nas árvores que havia ali.

Aqueles que nos levaram como prisioneiros mandavam que cantássemos. Eles diziam: “Cantem para nós as canções de Sião.”

Mas, em terra estrangeira, como podemos cantar um hino a Deus, o SENHOR?

Que nunca mais eu possa tocar harpa se esquecer de você, ó Jerusalém!

Que nunca mais eu possa cantar se não lembrar de você, se não pensar em você como a maior alegria da minha vida!

Lembra, Ó SENHOR Deus, do que os edomitas fizeram no dia em que Jerusalém foi conquistada! Lembra de como diziam: “Arrasem Jerusalém até o chão!”

Babilônia, você será destruída! Feliz aquele que fizer com você o mesmo que você fez conosco—

aquele que pegar as suas crianças e esmagá-las contra as pedras!

 

Sl 138

De Davi.

Ó SENHOR Deus, eu te agradeço de todo o coração; diante de todos os deuses eu canto hinos de louvor a ti.

Por causa do teu amor e da tua fidelidade, eu me ajoelho virado para o teu santo Templo e dou graças a ti. Pois tens mostrado que o teu nome e as tuas promessas estão acima de tudo.

Quando te chamei, tu me respondeste e, com o teu poder, aumentaste as minhas forças.

Ó SENHOR Deus, todos os reis da terra te louvarão quando ouvirem falar das tuas promessas.

Eles cantarão a respeito das coisas que tu, ó SENHOR, tens feito, pois grande é a tua glória.

Tu estás lá nas alturas, mas assim mesmo te interessas pelos humildes, e os orgulhosos não podem se esconder de ti.

Quando estou cercado de perigos, tu me dás segurança. A tua força me protege do ódio dos meus inimigos; tu me salvas pelo teu poder.

Tu cumprirás tudo o que me prometeste. O teu amor dura para sempre, ó SENHOR Deus. Não abandones o trabalho que começaste.

 

Sl 139

Salmo de Davi. Ao regente do coro.

Ó SENHOR Deus, tu me examinas e me conheces.

Sabes tudo o que eu faço e, de longe, conheces todos os meus pensamentos.

Tu me vês quando estou trabalhando e quando estou descansando; tu sabes tudo o que eu faço.

Antes mesmo que eu fale, tu já sabes o que vou dizer.

Estás em volta de mim, por todos os lados, e me proteges com o teu poder.

Eu não consigo entender como tu me conheces tão bem; o teu conhecimento é profundo demais para mim.

Aonde posso ir a fim de escapar do teu Espírito? Para onde posso fugir da tua presença?

Se eu subir ao céu, tu lá estás; se descer ao mundo dos mortos, lá estás também.

Se eu voar para o Oriente ou for viver nos lugares mais distantes do Ocidente,

ainda ali a tua mão me guia, ainda ali tu me ajudas.

Eu poderia pedir que a escuridão me escondesse e que em volta de mim a luz virasse noite;

mas isso não adiantaria nada porque para ti a escuridão não é escura, e a noite é tão clara como o dia. Tu não fazes diferença entre a luz e a escuridão.

Tu criaste cada parte do meu corpo; tu me formaste na barriga da minha mãe.

Eu te louvo porque deves ser temido. Tudo o que fazes é maravilhoso, e eu sei disso muito bem.

Tu viste quando os meus ossos estavam sendo feitos, quando eu estava sendo formado na barriga da minha mãe, crescendo ali em segredo,

tu me viste antes de eu ter nascido. Os dias que me deste para viver foram todos escritos no teu livro quando ainda nenhum deles existia.

Ó Deus, como é difícil entender os teus pensamentos! E eles são tantos!

Se eu os contasse, seriam mais do que os grãos de areia. Quando acordo, ainda estou contigo.

Ó Deus, como eu gostaria que tu acabasses com os maus! Gostaria que os homens violentos me deixassem em paz!

Eles falam mal de ti; contra ti falam coisas ruins.

Ó SENHOR Deus, como odeio os que te odeiam! Como desprezo os que são contra ti!

Eu os odeio com todas as minhas forças; eles são meus inimigos.

Ó Deus, examina-me e conhece o meu coração! Prova-me e conhece os meus pensamentos.

Vê se há em mim algum pecado e guia-me pelo caminho eterno.

 

Sl 140

Salmo de Davi. Ao regente do coro.

Ó SENHOR Deus, salva-me dos maus! Livra-me dos homens violentos.

Eles vivem planejando o mal e estão sempre provocando brigas.

A língua deles parece a língua das cobras venenosas, e as suas palavras são como o veneno das serpentes.

Ó SENHOR Deus, protege-me do poder dos maus! Livra-me dos homens violentos, daqueles que procuram fazer com que eu caia na desgraça.

Homens orgulhosos armaram uma armadilha e estenderam uma rede no meu caminho; eles puseram armadilhas para me pegar.

Eu digo ao SENHOR: “Tu és o meu Deus.” Ó SENHOR, escuta o meu pedido de ajuda!

Ó SENHOR, meu Deus e meu Salvador, tu me protegeste na batalha.

Não dês aos maus o que eles querem, ó SENHOR! Não deixes que os seus planos perversos se realizem.

Não deixes que os meus inimigos consigam a vitória; faze com que as suas ameaças contra mim caiam sobre eles mesmos.

Que caiam brasas em cima deles! Que sejam jogados num poço e nunca mais possam sair de lá!

Que os caluniadores não consigam progredir! Que a maldade persiga, pegue e destrua os homens violentos!

Ó SENHOR Deus, eu sei que tu defendes o direito dos pobres e a causa dos necessitados.

Os que te obedecem certamente te louvarão e os que são corretos viverão na tua presença.

 

Sl 141

Salmo de Davi.

Ó SENHOR Deus, eu clamo a ti; vem depressa me socorrer! Escuta-me quando peço a tua ajuda.

Recebe a minha oração como se fosse incenso, e que as minhas mãos levantadas sejam como a oferta da tarde!

Ó SENHOR, controla a minha boca e não me deixes falar o que não devo!

Não permitas que o meu coração deseje fazer o mal, nem que eu ande com os que são perversos ou tome parte na maldade deles. E que eu nunca esteja presente nas suas festas!

Eu aceito que uma pessoa direita me repreenda ou castigue, pois isso é um gesto de amizade; mas eu nunca aceitarei elogios dos perversos e continuarei a orar contra a ruindade deles.

Quando os seus chefes forem atirados do alto dos rochedos, então o povo saberá que eu dizia a verdade.

Como a lenha é rachada e cortada em pedaços, assim os seus ossos serão espalhados na beira da sepultura deles.

Mas eu, ó SENHOR, meu Deus, continuo confiando em ti e buscando a tua proteção. Não me deixes morrer.

Livra-me das redes que os perversos estendem para me pegar, livra-me das armadilhas dos que fazem o mal.

Que os maus caiam nas suas próprias armadilhas, e que eu consiga escapar são e salvo!

 

Sl 142

Poesia de Davi. Oração que ele fez quando estava na caverna.

Eu clamo a Deus, o SENHOR, pedindo socorro; eu suplico que me ajude.

Levo a ele todas as minhas queixas e lhe conto todos os meus problemas.

Quando estou desistindo, ele sabe o que devo fazer. No caminho por onde ando os meus inimigos armam uma armadilha para me pegar.

Olho para os lados e não vejo ninguém que me ajude. Não há ninguém para me proteger, não há ninguém que cuide de mim.

Ó SENHOR, eu grito pedindo a tua ajuda. Ó Deus, tu és o meu protetor, és tudo o que desejo nesta vida.

Escuta o meu grito pedindo socorro, pois estou caindo no desespero. Salva-me dos meus inimigos, pois eles são fortes demais para mim.

Livra-me do sofrimento, e eu te louvarei na reunião do teu povo porque tu tens sido bom para mim.

 

Sl 143

Salmo de Davi.

Ó SENHOR Deus, ouve a minha oração! Escuta o meu pedido. Responde-me, pois és fiel e bom.

Não julgues a mim, este teu servo, pois ninguém é inocente diante de ti.

O meu inimigo me perseguiu até me pegar e me derrotou completamente. Ele me pôs numa prisão escura, e eu sou como aqueles que morreram há muito tempo.

Por isso, estou quase desistindo, e o desespero despedaça o meu coração.

Eu lembro do passado. Penso em tudo o que tens feito e não esqueço as tuas ações.

A ti levanto as mãos em oração; como terra seca, eu tenho sede de ti.

Ó SENHOR Deus, responde-me depressa, pois já perdi todas as esperanças! Não te escondas de mim para que eu não seja como aqueles que descem ao mundo dos mortos.

Peço que todas as manhãs tu me fales do teu amor, pois em ti eu tenho posto a minha confiança. As minhas orações sobem a ti; mostra-me o caminho que devo seguir!

Ó SENHOR Deus, livra-me dos meus inimigos, pois em ti encontro proteção!

Tu és o meu Deus; ensina-me a fazer a tua vontade. Que o teu Espírito seja bom para mim e me guie por um caminho seguro!

Conserva-me vivo, ó SENHOR, como prometeste! E, porque és bom, livra-me das minhas aflições.

Mata os meus inimigos, pois tens amor por mim; acaba com todos os que me perseguem, pois eu sou teu servo.

 

Sl 144

De Davi.

Louvem o SENHOR Deus, a minha rocha; ele me prepara para a batalha e me ensina a combater.

Ele é a minha rocha e a minha fortaleza, o meu abrigo e o meu libertador. Ele me defende como um escudo, e eu confio na sua proteção. Ele põe as nações debaixo do meu poder.

Ó SENHOR, que é o ser humano, para que penses nele? Que é um simples mortal, para que te preocupes com ele?

O ser humano é como um sopro; a sua vida é como a sombra que passa.

Ó SENHOR, abre o céu e desce! Toca nas montanhas, e elas soltarão fumaça.

Manda relâmpagos e espalha os inimigos; atira as tuas flechas para fazê-los fugir.

Lá do alto estende mão, tira-me do mar profundo e salva-me. Livra-me do poder dos pagãos,

pois eles nunca dizem a verdade e mentem, fazendo juramentos falsos.

A ti, ó Deus, eu cantarei uma nova canção; tocarei harpa de dez cordas e te cantarei louvores.

Tu dás a vitória aos reis e livras da morte o teu servo Davi.

Salva-me dos meus inimigos cruéis; livra-me do poder dos pagãos, pois eles nunca dizem a verdade e mentem, fazendo juramentos falsos.

Que, na sua mocidade, os nossos filhos sejam como plantas viçosas, e que as nossas filhas sejam como colunas que enfeitam a frente de um palácio!

Que os nossos depósitos fiquem cheios de todo tipo de mantimentos! Que, nos nossos campos, os rebanhos dêem dezenas de milhares de crias!

Que o gado se reproduza bem, e as vacas não percam as suas crias! E que não haja gritos de aflição nas nossas ruas!

Feliz a nação que tem tudo isso! Feliz o povo cujo Deus é o SENHOR!

 

Sl 145

Canção de louvor. De Davi.

Meu Deus e meu Rei, eu anunciarei a tua grandeza e sempre serei grato a ti.

Todos os dias te darei graças e sempre te louvarei.

O SENHOR Deus é grande e merece receber altos louvores. Quem pode compreender a sua grandeza?

Ó Deus, cada geração anunciará à seguinte as coisas que tens feito, e todos louvarão os teus atos poderosos.

Eles falarão da tua glória e da tua majestade, e eu meditarei nas coisas maravilhosas que fazes.

Falarão dos teus atos poderosos, e eu anunciarei a tua grandeza.

Falarão da tua imensa bondade e cantarão com alegria a respeito da tua fidelidade.

O SENHOR Deus é bom e cheio de compaixão; ele demora a ficar irado e tem sempre muito amor.

O SENHOR é bondoso com todos e cuida com carinho de todas as suas criaturas.

Ó SENHOR Deus, todas as tuas criaturas te louvarão, e te darão graças os que são fiéis a ti.

Todos falarão da glória do teu Reino e contarão a respeito do teu poder,

para que todos os povos conheçam os teus atos poderosos e a grandeza e a glória do teu Reino.

O teu Reino é eterno, e tu és Rei para sempre. O SENHOR Deus sempre cumpre o que promete; ele é fiel em tudo o que faz.

Ele ajuda os que estão em dificuldade e levanta os que caem.

Todos os seres vivos olham para ele com esperança, e ele dá alimento a todos no tempo certo.

Quando os alimenta, o SENHOR Deus é generoso; ele satisfaz a todos os seres vivos.

O SENHOR é justo em todos os seus atos e fiel em tudo o que faz.

Ele está perto de todos os que pedem a sua ajuda, dos que pedem com sinceridade.

A todos os que o temem dá o que é necessário; ele ouve os seus gritos e os salva da morte.

O SENHOR protege os que o amam, mas destruirá todos os maus.

Eu sempre louvarei o SENHOR. Que todos os seres vivos louvem o Santo Deus para sempre!

 

Sl 146

Ao regente do coro-para soprano. Canção do grupo de Corá.

Aleluia! Que todo o meu ser te louve, ó SENHOR!

A vida inteira eu louvarei o meu Deus, cantarei louvores a ele enquanto eu viver.

Não ponham a sua confiança em pessoas importantes, nem confiem em seres humanos, pois eles são mortais e não podem ajudar ninguém.

Quando eles morrem, voltam para o pó da terra, e naquele dia todos os seus planos se acabam.

Feliz aquele que recebe ajuda do Deus de Jacó, aquele que põe a sua esperança no SENHOR, seu Deus,

o Criador do céu, da terra e do mar e de tudo o que neles existe! O SENHOR sempre cumpre as suas promessas;

ele julga a favor dos que são explorados e dá comida aos que têm fome. O SENHOR Deus põe em liberdade os que estão presos

e faz com que os cegos vejam. O SENHOR levanta os que caem e ama aqueles que lhe obedecem.

O SENHOR protege os estrangeiros que moram em nossa terra; ele ajuda as viúvas e os órfãos, mas faz com que fracassem os planos dos maus.

O SENHOR será Rei para sempre. Ó Jerusalém, o seu Deus reinará eternamente. Aleluia!

 

Sl 147

Canção do grupo de Corá. Ao regente do coro.

Aleluia! É bom cantar louvores ao nosso Deus; é agradável e certo louvá-lo.

O SENHOR Deus está construindo de novo Jerusalém; ele está trazendo de volta o seu povo, que foi levado como prisioneiro para outro país.

Ele cura os que têm o coração partido e trata dos seus ferimentos.

Foi ele quem resolveu quantas estrelas deviam existir e chama cada uma pelo nome.

Deus, o Senhor nosso, é grande e poderoso; a sua sabedoria não pode ser medida.

O SENHOR Deus levanta os humildes, mas esmaga os maus no chão.

Cantem hinos de louvor ao SENHOR; toquem músicas na lira em louvor ao nosso Deus.

Ele cobre de nuvens o céu, manda cair chuva na terra e faz crescer grama nas montanhas.

Ele dá de comer aos animais e alimenta os filhotes dos corvos quando eles pedem.

O que agrada a Deus não são cavalos fortes nem soldados corajosos,

mas, sim, as pessoas que o temem e põem a sua esperança no seu amor.

Louve o SENHOR, ó Jerusalém! Louve o seu Deus, ó Sião!

Pois ele reforça os portões da cidade e abençoa o seu povo que mora ali.

Ele conserva a paz nas fronteiras e alimenta o povo com o melhor trigo.

O SENHOR dá uma ordem, e ela chega depressa aonde ele quer.

Ele faz cair neve tão grossa como lã e espalha a geada como pó.

Ele envia chuva de pedra, gelo em pedaços; ninguém suporta o frio que ele manda.

Então ele dá uma ordem, e o gelo se derrete; manda o vento soprar, e as águas correm.

O SENHOR anuncia a sua mensagem aos descendentes de Jacó e dá as suas ordens e leis ao povo de Israel.

Ele não fez assim com nenhuma outra nação; as outras nações não conhecem as suas leis. Aleluia!

 

Sl 148

Salmo do grupo de Corá. Canção.

Aleluia! Todos os que estão nos céus, louvem o SENHOR Deus nas alturas!

Louvem o SENHOR, todos os seus anjos, todos os seus exércitos celestiais!

Sol e lua, louvem o SENHOR! Todas as estrelas brilhantes, louvem a Deus!

Que os mais altos céus o louvem e também as águas que estão acima do céu!

Que todos eles louvem o SENHOR, pois ele deu uma ordem, e eles foram criados!

Ele mandou, e foram firmados para sempre nos seus lugares; eles não podem desobedecer.

Louve o SENHOR, tudo o que existe na terra: monstros do mar e todas as profundezas do oceano!

Louvem o SENHOR, relâmpagos e chuva de pedra, neve e nuvens, e ventos fortes, que obedecem à sua ordem!

Louvem o SENHOR, colinas e montanhas, florestas e árvores que dão frutas!

Louvem o SENHOR, todos os animais, mansos e selvagens! Louvem o SENHOR, passarinhos e animais que se arrastam pelo chão!

Louvem o SENHOR, reis e todos os povos, governantes e todas as outras autoridades!

Louvem o SENHOR, moços e moças, velhos e crianças!

Que todos louvem a Deus, o SENHOR, porque ele é superior a todos os outros deuses! A sua glória está acima da terra e do céu.

Ele fez com que a sua nação ficasse cada vez mais forte, e por isso o louvam todos os seus servos fiéis, o povo de Israel, a quem ele tanto ama. Aleluia!

 

Sl 149

Salmo do grupo de Corá. Ao regente do coro.

Aleluia! Cantem a Deus, o SENHOR, uma nova canção. Louvem a Deus na reunião dos seus servos fiéis.

Alegre-se, ó povo de Israel, por causa do seu Criador! Fique contente, ó povo de Jerusalém, por causa do seu Rei!

Louvem a Deus, o SENHOR, com danças e, em seu louvor, toquem pandeiros e liras.

Pois o SENHOR está contente com o seu povo; ele dá aos humildes a honra da vitória.

Que os seus servos fiéis se alegrem com a vitória e cantem alegremente nas suas festas!

Que eles louvem a Deus, gritando bem alto, com espadas afiadas nas mãos

para derrotar as nações e castigar os povos;

para prender os seus reis e as suas autoridades com pesadas correntes de ferro;

para castigar as nações como Deus mandou! Essa é a vitória dos seus servos fiéis. Aleluia!

 

Sl 150

Salmo de Asafe.

Aleluia! Louvem a Deus no seu Templo. Louvem o seu poder, que se vê no céu.

Louvem o SENHOR pelas coisas maravilhosas que tem feito. Louvem a sua imensa grandeza.

Louvem a Deus com trombetas. Louvem com harpas e liras.

Louvem o SENHOR com pandeiros e danças. Louvem com harpas e flautas.

Louvem a Deus com pratos musicais. Louvem bem alto com pratos sonoros.

Todos os seres vivos, louvem o SENHOR! Aleluia!

 

12 opiniões sobre “SALMOS EM AUDIO”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.