O vale do Cedrom, ao norte de Jerusalém, eleva-se em
uma depressão insignificante conhecida como uádi el-Joz. Depois de fluir 800 m para o
leste, rodeia e prossegue para o sul, passando entre o muro oriental de Jerusalém e o
horto do Getsêmani, continuando através do vale do Rei e do jardim do Rei para unir-se
finalmente com o vale de Hinom, no poço de En-Rogel. As escavações revelaram que
entre 21 e 24 m de lixo estão acumulados no vale e que o leito do arroio foi empurrado
para leste, chegando o desvio a 21 m em alguns lugares. Isso não é surpreendente, já
que o lixo da cidade e os pedaços dos muros subseqüentes têm-se acumulado aí durante
séculos.
Ver tb: 2Sm 15:23, 1Rs 2:37, 1Rs 15:13, 2Rs 23:6, 2Cr 15:16, 2Cr 29:16, Ne 2:15, Jr
31:40, Jo 18:1

 

fonte: BIBLIA THOMPSON

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *