A aliança mosaica foi dada a Israel com três divisões,
cada uma essencial às outras, e conjuntamente formado a
aliança mosaica. São:
a. – Os Mandamentos; expressões da vontade de Deus
para seu povo (Êx 20.1-26).
b. – Os Juízos; governos da vida social de Israel (Êx
21.1 a 24.11).
c. – As Ordenanças; governando a vida religiosa de Israel
(Êx 24.12 a 31.18). Estes três elementos formaram um
só sistema religioso.
Semelhantemente, a Lei foi dada de três maneiras, a
saber:
1) Verbalmente (Êx 20.1-17). Isto era Lei pura, sem
nenhuma provisão de sacerdócio ou sacrifício, e foi acompanhada
das “ ordenanças” (Êx 21.1 a 23.13), relativas às
relações de hebreus com hebreus, a isto foi acrescentado
Êx 23.14-19, direções referentes às três festas anuais (Êx
23.30-23), e instruções sobre a conquista de Canaã.
Estas palavras Moisés comunicou ao povo (Êx 24.3-8).
Imediatamente, na pessoa dos seus anciãos; foram admitidos
à presença de Deus (Êx 24.9-11).
2) Moisés foi então chamado por Deus ao monte para
receber as Tábuas de Pedra (Êx 24.12-18). A história então
se divide. Moisés no monte recebe instruções referentes ao
Tabernáculo, Sacerdócio e Sacrifício (Êx 25.1 a 31.1 e ss).
No entanto 0 povo (Êx 32.1 e ss) chefiado por Arão,
transgride o primeiro mandamento, Moisés, voltando do
monte, quebra as Tábuas, escritas pelo dedo de Deus (Êx
31.18; 32.16-19).
3) As segundas Tábuas são feitas, e a Lei escrita novamente
por Moisés na presença de Deus (Êx 34.28,29).

 

fonte: Escatologia Severino Pedro da Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *