É um a subdivisão no hinduísm o e sua divulgação no O cidente se deve a A.G. Bhaktivedanta
Swami B rabhupada (1896-1977), que, em 1965, fundou a Sociedade Internacional para a C onsciência
de K rishna em Nova York, EUA, baseada nos ensinam entos hindus de 1500 a.C., aproxim
adam ente.
Seu livro sagrado é Bhagavad-Gita, um dos cânticos do grande poem a épico hin d u M ahabarata,
no qual conta o diálogo entre o deus Krishna e o seu servo A rjuna. B rabhupada escreveu
m uitos outros livros, tam bém considerados sagrados.
Adora o deus K rishna. K rishna, considerado um criador pessoal. As alm as de todas as coisas
viventes são partes desse deus. Segundo as escrituras da seita, K rishna, certa vez, se dividiu em
16.308 form as para se parecer com 16.308 cuidadoras de vaca.
Jesus não é im portante, antes, é usualm ente m encionado entre os adeptos desse m ovim ento
com o um m estre ilum inado vegetariano que ensinou a m editação. Jesus não é a encarnação
de Deus.
Alguns partidários chegam a considerar Jesus com o sendo o K rishna. O utros dizem que Jesus
é um grande Avatar (m estre). N ão fazem nenhum a referência ao Espírito Santo.
Por ser um segm ento do hinduísm o, incorpora suas principais crenças e conceitos: o carm a,
o politeísm o (krishna é apenas um dos deuses) e a reencarnação (que pode ser em form a de anim
al, planta ou até m esm o m ineral).
Entre outras práticas, se dedicam aos cânticos de m an tra H are K rishna em público, à ioga,
às oferendas de alim entos e à solicitação de doações, à dieta vegetariana e à proibição de tóxicos e
apostas. O sexo só é perm itido para procriação.
A Sociedade Internacional para a Consciência de K rishna atrai novos adeptos p o r m eio de
festas e program as culturais hindus. O s sectários passam a ter novos nom es e, m uitas vezes, cortam
seus relacionam entos fam iliares.

FONTE: APOLOGETICA ICP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *