Foi fundada p o r W itness Lee, cristão chinês que fora auxiliar do fam oso escritor cristão
W atchm an Nee. Q uando M ao Tse Tung to m o u o poder na C hina, W atchm an Nee perm aneceu
no país, sendo posteriorm ente colocado na prisão, onde m orreu. W itness Lee fugiu para Taiwan
(Form osa), e de lá em igrou para os EUA.
Este m ovim ento sem pre foi antidenom inacional em suas raízes e, p o r isso, ad o to u diversos
nom es, com o, p o r exem plo, C orpo de Cristo, Rebanho de D eus, entre outros. O nom e Igreja Local
se dá devido à ênfase ao localism o; ou seja, a posição extrem ada tom ada pelo m ovim ento de
que só poder haver um a única igreja em cada localidade.
E m bora só aceite a Bíblia com o Palavra de D eus, os livros escritos p o r W itness Lee se revestem
de tal im portância que, na prática, passam a ter o m esm o valor que as Escrituras Sagradas. O
caráter excessivamente m ístico do m ovim ento faz que seus adeptos encarem a Bíblia não com o
u m livro que deva ser lido com a razão, antes, desenvolvem um a prática denom inada “orar-lendo”,
na qual não existe necessidade de um a busca pelo entendim ento real do texto, m as apenas
um a espécie de “interiorização” do m esm o.
A inda que sua declaração de fé a respeito da Trindade pareça ortodoxa, p o r afirm ar acreditar
em D eus com o “três pessoas distintas”, sua crença, na verdade, é um a espécie de m odalism o.
O u seja, seu ensino refere-se a u m “Deus processado”, pois, segundo afirm a, a divindade teria passado
p o r um processo: prim eiro o Pai, que se transform ou no Filho, e, p o r fim , o Filho, que, após
a ressurreição, se to rn o u o Espírito Santo.
A lgumas vezes, identifica o pecado com o p ró p rio Satanás, além de ser u m m ovim ento altam
ente voltado ao proselitism o, pois alega ser a única igreja verdadeira e, p o r interm édio da E ditora
Árvore da Vida, busca atingir e agregar cristãos evangélicos ao seu “rebanho”. E faz isso m ediante
farta distribuição de literatura.

FONTE: APOLOGETICA ICP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *