03 de Outubro de 2021
 
Jovens 4º Trimestre de 2021
 
TEXTO DO DIA
“Mas o Dia do Senhor virá como o Ladrão de noite, no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra e as obras que neta há se queimarão.” (2 Pe 310)
 
SÍNTESE
Estudar a respeito do fim de todas as coisas, à luz da Bíblia, traz consolo e esperança para o crente, e glorifica aquEle que tem o controle da história: Jesus.
 
AGENDA E LEITURA
SEGUNDA – Gn 3.15: Deus fala a respeito do futuro do Diabo
TERÇA – Gn 15.5: Deus fala a respeito do futuro com Abraão
QUARTA – 2 Sm 23.3,4: Deus fala a respeito do futuro com Davi
QUINTA –Mt 24.14: Jesus fala a respeito do futuro com os discípulos
SEXTA – At 9.15,16: Jesus fala a respeito do futuro de Paulo
SÁBADO – Ap 2.14: Jesus fala a respeito do futuro com João
 
OBJETIVOS
1 APRESENTAR a Doutrina das Últimas Coisas dentro de uma perspectiva bíblica;
2 MOSTRAR porque devemos estudar a Doutrina das Últimas Coisas;
3 COMPREENDER que devemos viver segundo a esperança cristã.
 
INTERAÇÃO
Prezado (a) professor (a). com a graça de Deus iniciamos o quarto trimestre do ano. Estudaremos treze lições a respeito da Doutrina das Últimas Coisas. Sabemos que em breve Jesus virá buscar a sua Noiva! Infelizmente, muitos cristãos já não creem no Arrebatamento, por isso desprezam as profecias bíblicas. Todavia. Jesus virá! O Arrebatamento da Igreja pode ocorrer a qualquer momento. Este glorioso dia, não nos pegará de surpresa, pois somos do Senhor e aguardamos a sua vinda com grande expectativa.
0 comentarista do trimestre é o pastor Reynaldo Odilo. Ele é membro da Assembleia de Deus em Natal, RN. O pastor Reynaldo é juiz de direito, bacharel em Teologia e Direito, especialista em Direito Processual Civil e Penal, doutorando em Direito pela Universidade do País Basco, Espanha. Ele tem várias obras publicadas pela CPAD. Que o estudo de cada lição possa trazer esperança ao seu coração, pois breve Jesus Cristo virá arrebatar a sua Igreja e estaremos para todo o sempre com Ele.
 
ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA
Professor (a), para a aula de hoje sugerimos que você escreva no quadro a sequência dos eventos que acontecerão nos últimos dias que estão relacionados abaixo. Porém, ao escrever no quadro coloque os eventos fora da ordem Peça aos alunos que falem a sequência, a ordem certa dos acontecimentos. Conclua explicando que esses eventos vão se cumprir e que eles serão estudados no decorrer do trimestre.
1- A Grande Tribulação;
2- O Milênio;
3- O Futuro de Israel;
4- A Ressurreição;
5- O Julgamento;
6- O Estado Eterno.
 
 
TEXTO BÍBLICO
2 Pedro 3.1-12

1.Amados, escrevo-vos, agora, esta segunda carta, em ambas as quais desperto com exortação o vosso ânimo sincero,

2.para que vos lembreis das palavras que primeiramente foram ditas pelos santos profetas e do mandamento do Senhor e Salvador, mediante os vossos apóstolos,

3.sabendo primeiro isto: que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências

4.e dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? Porque desde que os pais dormiram todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação.

5.Eles voluntariamente ignoram isto: que pela palavra de Deus já desde a antiguidade existiram os céus e a terra, que foi tirada da água e no meio da água subsiste;

6.pelas quais coisas pereceu o mundo de então, coberto com as águas do dilúvio.

7.Mas os céus e a terra que agora existem pela mesma palavra se reservam como tesouro e se guardam para o fogo, até o Dia do Juízo e da perdição dos homens ímpios.

8.Mas, amados, não ignoreis uma coisa: que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos, como um dia.

9.O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para convosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.

10.Mas o Dia do Senhor virá como o ladrão de noite, no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra e as obras que nela há se queimarão.

11.Havendo, pois, de perecer todas estas coisas, que pessoas vos convém ser em santo trato e piedade,

12.aguardando e apressando-vos para a vinda do Dia de Deus, em que os céus, em fogo, se desfarão, e os elementos, ardendo, se fundirão?

INTRODUÇÃO
As mensagens a respeito das últimas coisas nos concedem a esperança necessária para conhecermos a vontade divina para nós até que 0 Senhor volte.
0 estudo das últimas coisas não deve nos preocupar ou entristecer, pois esse nunca foi 0 objetivo do Senhor.
Estudar a Escatologia serve de alerta e nos tornar vigilantes acerca da iminência dos fatos finais da História.
Não devemos nos esquecer de que, quando estudamos a respeito da escatologia bíblica, precisamos ser humildes e saber que somente com a revelação do Senhor conheceremos 0 real sentido das revelações.
 
I – A DOUTRINA DAS ÚLTIMAS COISAS E A BÍBLIA
   1. O que é a escatologia. Talvez você já tenha ouvido muitas vezes essa palavra e ainda não conhece o seu real significado. Segundo o Dicionário de Escatologia Bíblica (CPAD), o vocábulo “escatologia” é derivado do grego escathos, últimas coisas, mais a palavra logia, discurso racional. Então, podemos definir a Escatologia como o “estudo sistemático e lógico das doutrinas concernentes às últimas coisas.”
Nas Sagradas Escrituras, encontramos um conjunto de princípios que formam a base do nosso sistema religioso. Esse conjunto de princípios é denominado de doutrina. Como servos de Deus, primamos pela fidelidade das Sagradas Escrituras e rejeitamos os modismos contrários à Palavra de Deus,
    2. O Espírito Santo nos ajuda no estudo da Escatologia. Algumas pessoas, erroneamente, acreditam que a doutrina das últimas coisas é difícil de ensinar e compreender. Contudo, nós podemos contar com a ajuda do Espírito Santo-que nos instrui a respeito das Sagradas Escrituras. Aqueles que leem a Palavra de Deus e procuram aprendera respeito do fim de todas as coisas, encontram sabedoria, conhecimento e não são enganados pelos falsos mestres.
Nossa fé a respeito do fim não pode estar firmada em meros palpites, mas precisa estar solidificada sobre a Palavra de Deus.
    3. Deus fala a respeito do futuro. O Senhor chamou Abraão e prometeu que o seu futuro seria magnifico e que sua família seria tão numerosa quanto às estrelas do céu. Com Moisés, Ele sempre apontou o caminho para a Terra Prometida. Com Davi, a promessa, acerca do futuro, dizia respeito de um descendente que reinaria para sempre. E assim, Deus sempre levantou profetas para falar ao seu povo a respeito do futuro.
0 Senhor Jesus, igualmente tratou de vários temas que estavam relacionados ao Tempo”, ou seja, ao futuro.
No último grande sermão de Jesus, registrado em Mateus 24, Ele falou a respeito dos últimos dias, mencionando fatos que aconteceriam nas décadas seguintes e até o fim dos tempos.
 
II – POR O QUE DEVEMOS ESTUDAR A DOUTRINA DAS ÚLTIMAS COISAS?
    1. Para termos uma vida santa. O Senhor espera que, conhecendo mais sobre o fim de todas as coisas, vivamos de maneira santa e piedosa neste mundo, conforme está escrito: “Uma vez que tudo será assim desfeito, vocês devem ser pessoas que vivem de maneira santa e piedosa1’ (2 Pe 3.11 – NAA). Conhecendo mais acerca do futuro, o crente anela estar mais perto, dia a dia, do Salvador.
Infelizmente, alguns crentes estudam Escatologia no afã de serem reconhecidos como ‘‘especialistas1’ em profecias bíblicas. Outros são movidos somente pela curiosidade, mas também existem aqueles que creem que a verdade acerca do futuro vai impactar e transformar suas vidas.
     2. Para estarmos sempre alertas. Deus, em nenhum momento da História, teve o desejo de alarmar os homens, isto é, deixá-los sobressaltados, alvoroçados, acerca dos fatos futuros. Ao usar os profetas para falarem sobre o juízo futuro, o Senhor anelava, em sua grande misericórdia, nos alertar, isto é, nos tronar mais vigilantes, precavidos, a respeito do Dia do Senhor que virá sobre o mundo rebelde. Um exemplo disso está na mensagem que o Senhor determinou que Jonas pregasse em Nínive (Jn 3.2): “Ainda quarenta dias, e Nínive será subvertida” (Jn 3.4), era um alerta de que densas trevas sobreviriam sobre os que viviam em rebeldia contra o Senhor. Contudo, o povo de Nínive se arrependeu e a cidade não foi destruída naquele tempo.
   3. Para termos esperança e sabermos combater as heresias. No sermão profético de Mateus 24, bem como na revelação de João no livro do Apocalipse. o Senhor não tinha o propósito de amedrontar as pessoas. Seu objetivo era trazer uma esperança indestrutível ao coração daqueles que são fiéis, a respeito do futuro glorioso com Deus na eternidade. Ele também desejava advertir, de forma veemente, sobre o fim daqueles que vivem uma vida dissoluta.
Atualmente há muitos pensamentos danosos em relação à Escatologia, como por exemplo:
(1) os pós-tribulacionistas que afirmam que o Arrebatamento ocorrerá após o fim da Grande Tribulação;
(2) o universalismo que acredita que todos serão salvos e 0 (3) aniquilacionismo que acredita que as almas dos condenados, no inferno, serão aniquiladas. As heresias precisam ser combatidas com sólidos argumentos bíblicos e, para tal, precisamos conheceras Sagradas Escrituras.
 
III – VIVENDO A ESPERANÇA CRISTA
    1. O retorno iminente do Noivo. A essência da doutrina cristã a respeito da Escatologia está relacionada à expectativa do iminente retorno do Senhor Jesus para buscar a sua Noiva. Essa é a nossa bendita esperança: O nosso Noivo garantiu que voltaria para nos buscar, para estarmos com Ele (Jo 14.3). Isso é o que enche de santa expectativa, diariamente, o coração de cada cristão genuíno.
Paulo aconselhou os Colossenses a pensarem nas coisas que são de cima. Os crentes precisavam, e ainda precisam, renunciar à impiedade e às concupiscências mundanas (Cl 3.1). Na Carta a Tito, Paulo diz: “Aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Salvador Jesus Cristo” (Tt 2.13). O nosso encontro com o Senhor Jesus será maravilhoso. A nossa esperança é, um dia, vivermos para sempre com o nosso Salvador (1 Ts 4.13-16).
     2. A expectativa do Arrebatamento. O cristão deve viver como se o Arrebatamento da Igreja fosse acontecer hoje, agora. Aqueles que vivem na expectativa desse encontro glorioso com o Senhor tornam-se mais fortes para enfrentar os embates da vida e procuram seguir uma disciplina espiritual, como por exemplo:
    a oração, o jejum, a leitura da Palavra de Deus, buscando sempre a santificação. Por outro lado, muitos crentes não levam a sério a sua vida espiritual e já não creem mais no Arrebatamento. A prioridade e o interesse de alguns se resume em acumular bens materiais.
    3. A bem-aventurada esperança do crente. “Jesus em breve vem!” Essa era a esperança dos crentes do primeiro século e precisa continuar sendo a esperança da igreja na atualidade. Eles declaravam: “Maranata”! (1 Co 16.22) Uma expressão aramaica que significa “nosso Senhor vem, o rei vem,” Porém, o apóstolo Pedro escreveu que, naquela época, alguns escarnecedores já criticavam a demora do retorno do Senhor, dizendo: “Onde está a promessa da sua vinda? Porque desde que os pais dormiram todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação” (2 Pe 3.4).
 Infelizmente, muitos em nosso meio fazem o mesmo tipo de questionamento. Também existem algumas pessoas que acreditam, erroneamente, que a volta de Jesus é algo figurado, alegórico, mas não real, O Senhor pode vir a qualquer momento. Está escrito: “Porque ainda um poucochinho de tempo, e o que há de vir virá e não tardará” (Hb 10.37). Que estejamos preparados para encontrar com o nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
 
SUBSÍDIO
“O que a Bíblia diz a respeito dos últimos eventos da vida e da história não é mera reflexão. O Gênesis demonstra que Deus tudo criou de conformidade com um plano que incluía sequência, equilíbrio, correspondência e clímax. Tais coisas não acontecem por acaso. Depois de Adão e Eva haverem pecado, Deus lhes fez a promessa de que o descendente da mulher esmagaria a cabeça da serpente (Gn 3.15). 
A partir daí, a Bíblia desdobra paulatinamente um plano de redenção com promessas feitas a Abraão (Gn 12.3), a Davi (2 Sm 7.11.16) e aos profetas do Antigo Testamento. Promessas estas que preveem a vinda de Jesus e seu triunfo final. O Evangelho garante-nos ainda ‘que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo’ (Fp 1.6). Isto é: a Bíblia inteira focaliza o futuro. Um futuro assegurado pela própria natureza de Deus” (HORTON, Stanley M. Teologia Sistemática: Uma Perspectiva Pentecostal. 19. ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2018, p. 609).
 
CONCLUSÃO
0 estudo da Escatologia bíblica nos mostra não apenas como será 0 fim de todas as coisas, mas também a glória do nosso Salvador Jesus Cristo. Aguardamos a sua vinda, pois sabemos que estamos nesse mundo de passagem, a Cidade Santa nos aguarda (Ap 21.2).
 
HORA DA REVISÃO
 
1. O que é Escatologia?
‘E o estudo sistemático e Lógico das doutrinas concernentes às últimas coisas.”
2. Segundo a lição, quem nos ajuda no estudo da Escatologia?
“O Espirito Santo.”
3. Dê exemplo de pessoas que ouviram Deus a respeito do futuro.
Abraão, Moisés e Davi.
 
4. Por que devemos estudar a Doutrina das Últimas Coisas?
Para termos uma vida santa, para estarmos sempre alertas e para termos esperança e sabedoria para combater as heresias.
 
5. O que significa a expressão “Maranata”?
Significa “nosso Senhor vem, o rei vem”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *