foi onde Samuel orou por Israel e o julgou (1Sm 7:5,6). É identificada
tradicionalmente com Nebi Samwil, aldeia situada sobre um pico solitário 8 km a
noroeste de Jerusalém. É um dos lugares mais impressionantes da Palestina central, mas
ainda não foi escavado. Todavia, em anos mais recentes, as atenções estão voltadas na
direção de Tell en-Nasbeh, situado sobre uma colina arredondada de pedra calcária
cerca de 13 km ao norte de Jerusalém, na estrada que vai para o norte até Samaria. O dr.
W. F. Bade, auxiliado pelas Escolas Americanas de Investigação Oriental de Jerusalém,
conduziu cinco campanhas no lugar, de 1926 a 1935, e encontrou os muros da cidade,
que mediam em média 5 m de espessura e em certo lugar atingiam a largura de 8 m. Os
escavadores concluíram que era o muro construído por Asa, rei de Judá, como defesa contra o Reino do Norte (1Rs 15:22). Eles encontraram cerca de oitenta impressões de
selos em jarras com a inscrição “Pertencente ao rei”, o que indica serem propriedade
real, e várias asas de jarra com a palavra “Mispá” estampada em hebraico antigo.
Todavia, a descoberta mais emocionante foi um antigo selo com a figura de uma ave
semelhante a um galo de briga e as palavras “Pertencente a Jaazanias, funcionário do
rei”. Na quarta temporada, encontraram uma porta magnífica voltada para Siló, o ponto
central de adoração durante a época de Samuel.
Ver tb: Gn 31:49, Js 18:26, Jz 10:17, Jz 11:11, Jz 11:34, Jz 20:1, Jz 21:1, 1Sm 7:6, 1Sm
7:16, 1Sm 10:17, 1Rs 15:22, 2Rs 25:23, 2Rs 25:25, 2Cr 16:6, Ne 3:7, Ne 3:19, Jr 40:6

fonte: BIBLIA THOMPSON

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *