Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus;
e, se primeiro começa por nós, qual será o fim daqueles que
são desobedientes ao evangelho de Deus? 1 Pedro 4.17
Quase todos os cristãos bem informados admiram Martinho Lutero,
considerando-o o protagonista da Reforma Protestante. Não obstante,
ninguém hoje quer que outra pessoa faça o que ele fez… Onde estão os
reformadores — pregadores, ensinadores, escritores, articulistas, etc. —,
homens e mulheres que tenham coragem de alertar o povo de Deus?
Diante das contundentes análises contidas nesta obra, pelas quais
tenho abordado, com temor a Deus e à luz da Bíblia, os desvios em relação
ao verdadeiro evangelho, alguns leitores, embora concordem no todo ou em
parte com o que lêem, podem estar se perguntando: “Cabe a nós julgar o que
fazem os nossos irmãos? Quem somos nós para julgar?”
Alguém também poderá dizer: “Somos o único exército que mata os
seus soldados”. Este é um clichê muito usado hoje em dia por superpregadores
e cantores-ídolos, com o objetivo de incentivar os crentes a não
submeterem a julgamento o que ouvem. Entretanto, à luz da Palavra de
Deus, podemos, sim, e devemos julgar tudo quanto vemos, ouvimos e
sentimos.

 

fonte: Mais Erros que os Pregadores Devem Evitar – Ciro Sanches Zibordi

1 opinião sobre “QUEM DISSE QUE NÃO PODEMOS JULGAR?”

  1. a paz do Senhor e boa tarde. eu tenho o mesmo pensamento. se não Deus não teria deixado a justiça para o homem julgar. no caso a os juízes e promotores. mas na bíblia tem algum texto?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *