Seicho-no-Ie significa “casa da vida longa”. Seu fundador é M asaharu Tanigushi, ex-m em bro
da seita japonesa O m otoko, que pregava o início da reconstrução do m undo para 1922. M asaharu
nasceu em novem bro de 1893, em Kobe, Japão. Em 1929, lançou um a revista cham ada Seicho-no-Ie,
periódico que deu início à seita, que foi registrada, em 1936, com o Associação cultural.
A Seicho-no-Ie diz crer em D eus, m as não ensina a seus adeptos a m anter um relacionam ento
com o Senhor. Na verdade, prega que o hom em é um a em anação de Deus. A lgum as vezes, cha1381
m am ao p ró p rio consciente de “deus”. Segundo afirm a, é no coração que se encontra o po d er para
curar e resolver os problem as da vida.
Os escritos de M asaharu Tanigushi são considerados sagrados. Já publicou m ais de oitenta
obras, sendo que a principal delas é Seimei nojisso, cuja tradução é: “Verdadeira natureza da vida”.
Esse ho m em usou a Bíblia apenas para tentar justificar suas doutrinas. N ão poucas vezes, seus escritos
são considerados um a espécie de talism ã; o u seja, um objeto de proteção e/o u cura.
Para esta seita, nem o pecado (porque o hom em seria im aculado, um a vez que D eus não criou
o pecado), nem as doenças, nem a m orte existem. N ada disso é real. Tais conceitos são bem sem elhantes
a alguns conceitos hindus.
Suas literaturas são perm eadas com u m otim ism o extrem ado, sem pre orientando as pessoas
a terem bons pensam entos e boas atitudes com relação a tudo.
N o Brasil, cresceu bastante, p o r conta da publicação da revista Acendedor, que, depois, teve
seu nom e alterado para Pomba branca.

FONTE: APOLOGETICA ICP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *