Sabemos que o ministério profético do Antigo Testamento terminou, e
não a profecia como dom do Espírito Santo. A Bíblia diz que os profetas
profetizaram até João Batista (Mt 11.13). Hoje, não se consulta mais
profetas, como naquele tempo, mas Deus ainda fala profeticamente, segundo
a sua soberana vontade (1 Co 12.11).
Entretanto, nem todos são profetas. Os responsáveis por essa maneira
irresponsável de “profetizar” gritando ao microfone: “Profetize para o seu
irmão” ou “Profetize para você mesmo isso e aquilo” são os animadores de
auditório e os cantores-ídolos, que dão de ombros para as Escrituras. Esses
não têm compromisso com a sã doutrina, pois a Palavra de Deus afirma,
claramente, que nem todos são profetas (1 Co 12.29-31).
É lamentável quando, num culto, os crentes são estimulados a
repetirem “palavras mágicas”, como se fossem profecias. A bem da verdade,
o correto seria que apenas dois ou três, num culto genuinamente pentecostal,
profetizassem, para que os outros pudessem julgar, isto é, discernir, analisar
o que está sendo proferido (1 Co 14.29,30).
Reafirmo, entretanto, que há sim profetas de Deus nos dias de hoje, e
eles se dividem em dois grupos. Há os que servem nas igrejas de Deus como
ministros chamados por Ele, pois o Senhor deu dons aos homens (apóstolos,
profetas, evangelistas, pastores e doutores) para o aperfeiçoamento do
ministério (Ef 4.8-12). E existem também profetas e profetisas usados pelo
Espírito, dentre o povo de Deus, durante o culto coletivo, com o dom de
profecia. A descrição completa do uso desse dom, em detalhes, é
apresentada em 1 Coríntios 14.
O segredo para agradarmos a Deus e sermos beneficiados por essas
maravilhosas ferramentas e armas espirituais, que são os dons do Espírito
Santo, é andar de acordo com a Bíblia, e não segundo o que pensamos ou
sentimos. Como diz a Palavra de Deus, “Se alguém cuida ser profeta ou
espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do
Senhor” (1 Co 14.37).

 

fonte: Mais Erros que os Pregadores Devem Evitar – Ciro Sanches Zibordi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *