Em 2007, de acordo com um vídeo propagado pelos adeptos da
escatologia aterrorizante, foi realizado um grande funeral
illumi-nati em Austin, Texas, nos Estados Unidos. O evento
contou com a presença de Bill Clinton, Jimmy Cárter e outras
personalidades. Em certo momento, os presentes à cerimónia
fúnebre levantaram os dedos indicador e mínimo da mão direita,
como se estivessem formando um chifre. As imagens, juntamente
com a narração dos “terrólogos”, aparentemente evidenciam que
famosos políticos americanos pertencem à illuminati.
Vamos aos fatos. O funeral era de Lady Bird Johnson, uma
influente texana ligada a uma das mais famosas universidades do
Estado, a Universidade do Texas em Austin (The University of Texas
at Austin). E um dos símbolos dos texanos é o longhorn, tipo
de gado que possui dois longos chifres, representados pelos dedos
indicador e mínimo levantados. Como esse animal é um ícone para
os moradores do Texas, os participantes do funeral fizeram o gesto
com os dedos em alusão ao longhom, a fim de homenagear uma
cidadã texana, e não porque se tratava de um funeral illuminati!
Falando em funeral, os proponentes da escatologia aterrorizante
têm afirmado que os Estados Unidos estão montando campos
de concentração e estocando caixões na Geórgia para atender à
ordem das treze famílias illuminatis que dominam o mundo, a fim
de diminuírem a população mundial em 90%. No YouTube, há
vídeos produzidos pelos propagadores de teorias da conspiração
que mostram milhares de caixões enfileirados nas dependências da
FEMA (Federal Emergency Management Agency).
Na verdade, nos Estados Unidos há diversos locais para despejo
de lixo tóxico, parecidos com campos de concentração. Quanto
aos “caixões”, é importante observar que, no Estado da Geórgia,
há milhares de caixas, e não caixões estocadas nas dependências da
FEMA, que podem ser vistas até em imagens de satélite feitas pelo
site Google Earth. São contêineres de plástico para situações
emer-genciais. A FEMA é uma agência do governo destinada a
serviços emergenciais. Ela possui ônibus para evacuação de
emergência e,

nos últimos anos, tem adquirido milhares de contêineres, muito
úteis no socorro de vítimas de tragédias e catástrofes naturais.
Os Estados Unidos não são como o Brasil e outros países em
desenvolvimento. Em 2011, na Região Serrana do Rio de Janeiro,
vimos um exemplo de como o governo brasileiro ainda não
consegue prever tragédias ambientais e lidar com os seus efeitos.
Os norte-americanos se preparam para terremotos, enchentes,
desabamentos, incêndios e todo tipo de catástrofe. E possuem
planos de evacuação cm massa c de resgate de vítimas. No pró­
prio Estado da Geórgia, onde está instalada a FEMA, ocorreram
desastres, recentemente, como tempestades e tornados, segundo
informações contidas no site da mencionada agência americana:
http://www.fema.gov

 

fonte: Erros Escatológicos que os Pregadores Devem Evitar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *