Imagine o que significa ouvir isso de alguém. Se for
dito com real intenção, configura uma ameaça de morte.
Expressa disposição de privar da vida o semelhante, de
extinguir sua vitalidade e destruí-lo. Sem dúvida, a maioria
dos que assim falam não o faz com intenção assassina, mas
como forma de intimidação. A sensação que a criança tem, no
entanto, é que de fato você não a ama e quer destruí-la, ou
que está blefando. O cinismo tem origem nesse tipo de
situação. Ele é resultado de chantagem, manipulação, ameaças
não cumpridas, ordens desobedecidas, simulações e disfarces.
Essa frase carrega a ideia de exacerbada hostilidade,
falta de amor e de acolhimento. É extremamente agressiva e
consiste no repúdio declarado ao seu filho pela via da
eliminação e da extinção.

Consequências
Seu filho usará do mesmo artifício sempre que estiver
insatisfeito com alguém. Irá ameaçar o cônjuge e os desafetos
e reeditará essa atitude na criação dos filhos. Ele tenderá a
distanciar-se dos pais como forma de morrer para eles. Esse
afastamento pode se caracterizar de várias formas: indiferença,
falta de afeto, ausência de vínculo e, também, obviamente, no
sentido físico. Sabe aqueles filhos que somem e não dão
notícias? Eles estão morrendo para os pais.
Inconscientemente, cumprem o desejo manifestado no
discurso deles.
A criança que ouve essa ameaça imagina que não
merece viver. Nos estados depressivos, terá maior propensão
ao suicídio. A pulsão da morte, o thanatos NE, estará sempre
presente. Será uma pessoa inclinada a fazer ameaças aos
filhos, aos subordinados e a todos os seus desafetos.

O que dizer?
Estabeleça critérios e limites claros. Seja firme ao falar,
mas sem perder a serenidade, quando o fato exigir correção.
Caso ele seja reincidente, aplique a disciplina adequada:
suspensão de privilégios, do passeio programado, do presente,
do brinquedo esperado ou da festinha do amigo. Diga: “O que
você fez foi errado, e por isso ficará de castigo. Quero que
você pense no que fez, para não repetir mais esse erro”.

FONTE: 50 Coisas que os pais nunca
devem dizer aos filhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *