Esta aliança determina a vida do homem decaído,
marcando condições que prevalecerão até a época do Reino,
quando “ …a mesma criatura será libertada da servidão
da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de
Deus” (Rm 8.21b). São os seguintes elementos:
a. – A serpente, instrumento de Satanás, amaldiçoada.
b. – A primeira promessa de um Redentor.
c. – A condição da mulher, mudada em três sentidos:
Primeiro: Conceição multiplicada (Gn 3.16a).
Segundo: Maternidade ligada com sofrimento (Gn
3.16b).
Terceiro: Sujeição ao homem (Gn 3.16c). Esta sujeição
foi ocasionada pela ordem do pecado, então torna necessário
0 governo, que compete ao homem (Ef 5.22-25; 1
Tm 2.11-14).
d. – A terra amaldiçoada por causa do homem. Mas 0
Criador acrescenta para Adão: é melhor para o homem caí-
do lutar com uma terra difícil, do que viver sem trabalhar
(alterado).
e. – O inevitável cansaço da vida.
f. – O leve trabalho do Éden (Gn 2.15), mudado para
serviço laborioso (Gn 3.18,19).
g. – A morte física (Gn 3.19; Rm 5.12,21); para a morte
espiritual também já havia sentença: a morte estava dentro
dele (Gn 2.17; Lm 1.20) se viesse a desobedecer.

 

fonte: Escatologia Severino Pedro da Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *