Após os primeiros 450 anos de fidelidade da parte de
Deus e de infidelidade da parte do homem, Israel acrescentou
mais um pecado à longa lista de transgressões contra a
lei de Deus.
Israel se enfadou de sua relação de sacerdote em favor
das demais nações e queria ser igual às outras. A nação pediu
a Deus um rei e Deus respondeu, mas versaticamente:
“ …dei-te um rei na minha ira, e to tirei no meu furor” (Os
13.11). O mal que Saul praticou e 0 desapontamento que
causou a Israel serviam para preparar o caminho para a escolha
de Davi, filho de Jessé.(124)
Com este jovem Deus fez aliança, dizendo: “ Fiz um
concerto com o meu escolhido; jurei ao meu servo Davi: A
tua descendência estabelecerei para sempre…” (SI
89.3,4,28). Desta aliança surgiu o Messias: “ …que nasceu
da descendência de Davi segundo a carne” (Rm 1.3b).
Portanto, esta aliança com Davi teve um caráter eterno
(2 Sm 7.16).

 

fonte: Escatologia Severino Pedro da Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *