Parabola das dez virgens

 

Mateus 25.1-13
O Reino dos céus, pois, será semelhante a dez virgens que pegaram
suas lamparinas e saíram para encontrar-se com o noivo.
Cinco delas eram insensatas, e cinco eram prudentes. As insensatas
pegaram suas lamparinas, mas não levaram óleo consigo. As prudentes,
porém, levaram óleo em vasilhas juntamente com suas lamparinas.
O noivo demorou a chegar, e todas ficaram com sono e adormeceram.
À meia-noite, ouviu-se um grito: “O noivo se aproxima! Saiam para
encontrá-lo!”
Então todas as virgens acordaram e prepararam suas lamparinas. As
insensatas disseram às prudentes: “Dêem-nos um pouco do seu óleo, pois
as nossas lamparinas estão se apagando”.
Elas responderam: “Não, pois pode ser que não haja o suficiente para
nós e para vocês. Vão comprar óleo para vocês”.
E saindo elas para comprar o óleo, chegou o noivo. As virgens que
estavam preparadas entraram com ele para o banquete nupcial. E a porta
foi fechada.
Mais tarde vieram também as outras e disseram: “Senhor! Senhor!
Abra a porta para nós!”
Mas ele respondeu: “A verdade é que não as conheço!”
Portanto, vigiem, porque vocês não sabem o dia nem a hora!

Explicação: Nesta parábola, o noivo é Jesus, que virá no fim da
história. As virgens representam as comunidades cristãs, que devem

sempre estar preparadas para o encontro com o Senhor, mediante a prática
da justiça (o óleo).

2 comentários em “Parabola das dez virgens”

  1. As palavras que Jesus fez a respeito das dez virgens traz o ensinamento muito bom para nossa vida espiritual é para que nós possamos ficar mais atento alerta para o arrebatamento da igreja que Cristo é o noivo a igreja é a noiva então para esse grande encontro desse casamento muito bom muito gratificante não somente essa parada mas as demais parabéns que Jesus fez comparação para nós poder se aprofundar mais tem mais raízes na casa do senhor né tem mais experiência e guardar ensinamento da palavra dele pois pratica que Deus continue abençoando a todos fique com Deus amém

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima