O Novo Testamento não fala sobre piercing. O Antigo Testamento fala sobre três tipos de piercing:

  • Para adorno – as mulheres usavam brincos nas orelhas e pendentes no nariz para se embelezarem. Alguns homens também usavam brincos, dependendo da cultura – Cânticos 1:10
  • Por ritual pagão – os povos vizinhos de Israel se cortavam e faziam furos no corpo por causa dos mortos e para adorar seus deuses falsos – Levítico 19:28
  • Para ser escravo – de acordo com a Lei de Moisés, todo escravo israelita deveria ser liberto depois de sete anos. Mas se o escravo quisesse continuar como escravo, sua orelha deveria ser furada no batente da porta do seu amo e ele seria escravo pelo resto da vida – Deuteronômio 15:16-17

O tipo de piercing que é claramente condenado na Bíblia é o piercing por motivos religiosos pagãos, porque é um ato de idolatria. O crente não deve fazer um piercing como parte de um ritual de outra religião. Isso é errado.

A Bíblia não condena os piercings para adorno. Se enfeitar com jóias era um sinal de alegria. Somente se tornava errado quando as pessoas se preocupavam mais com sua aparência que com obedecer a Deus. As leis sobre escravatura não se aplicam ao nosso contexto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *