Esse é um estímulo errado e uma motivação
totalmente equivocada. Você pensa que está contribuindo para
o desenvolvimento e o progresso de seu filho, mas pode estar
incentivando a formação de uma personalidade egocêntrica e
narcisista.

  Você tem de ser o melhor” é uma frase tão comum que a consideramos absolutamente normal. Contudo, ela
encerra um forte estímulo à altivez, à competitividade e à
agressão. Para ser o primeiro, em qualquer competição, é
preciso superar os demais concorrentes. Ser o “número um”
requer a capacidade de ultrapassar a todos e de permanecer no
topo. Ser o melhor implica convencer-se de que os outros não
são bons. Na vida real, porém, não é assim. Precisamos
entender que há espaço para o sucesso de todos. Fazer amigos
e ter aliados é melhor que ter competidores. A competição
esportiva é uma coisa, a vida cotidiana é orientada por outras
regras. No dia-a-dia, precisamos de solidariedade e de
companheirismo

Consequências
Quando você diz que seu filho tem de ser o melhor,
está instigando a constituição de um espírito egoísta. A
insistência para que ele vença sempre pode ainda prejudicá-lo
de diversas outras maneiras. A cobrança pode levá-lo à
ansiedade, causada pela preocupação constante em provar
que é o primeiro em tudo. Quando não alcança a expectativa
projetada pelos pais, a criança começa a se sentir incapaz.
Essa frustração é uma verdadeira fábrica de emoções
negativas e o estágio seguinte possivelmente será a depressão.

      Caroline é inteligente. Sempre teve notas acima da
média. Foi aprovada em dois vestibulares. Optou por
engenharia, mesmo sabendo que seu forte não eram os
cálculos. No final do primeiro semestre, trancou a matrícula.
Motivos: síndrome do pânico e depressão devido à frustração
por não conseguir notas altas nas disciplinas de ciências
exatas. A causa de tal frustração é o fato de ela ter ouvido de
seus pais, durante toda a sua infância, que deveria ser
impecável em tudo que fizesse.

O que dizer?
Eis um extraordinário incentivo ao seu filho: “Tenho
observado o grande potencial que Deus lhe deu. Você tem
dons naturais e habilidade para muitas coisas. Quem sabe,
você pode melhorar em algumas atividades em que ainda tem
alguma limitação. Você não precisa se comparar nem competir
com ninguém, mas poderá realizar muito mais do que fez até
agora. O esforço sempre trará bons resultados, e eles nos
deixam satisfeitos. Estou torcendo por você! ”.

FONTE: 50 Coisas que os pais nunca
devem dizer aos filhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *