situa-se perto da moderna aldeia de Balata, ao norte da estrada, no
formoso vale situado entre os montes Ebal e Gerizim. Foi o primeiro lugar que Abraão
visitou na Palestina (Gn 12:6,7). Jacó e sua família vieram a Siquém, ergueram um altar
e cavaram um poço (Gn 33:18-20). Os irmãos de José apascentaram ali seus rebanhos, e
os ossos de José foram enterrados nesse lugar (Js 24:32). Em Siquém, Josué reuniu as
tribos de Israel, Roboão foi coroado, a monarquia foi dividida e Jeroboão estabeleceu
sua residência real (1Rs 12:1). Carl Watzinger conduziu escavações no lugar pela
primeira vez no período de 1907 a 1909, e mais tarde Ernest Sellin deu prosseguimento
a elas, em 1913 e 1934. A partir de 1956, o trabalho de escavação vem sendo realizado
pela Expedição Arqueológica Drew-McConnick, sob a direção do dr. G. Ernest Wright,
e por outros. Muitos recursos têm sido empregados na escavação da cidade, e muitos
jovens arqueólogos recebem treinamento nesse lugar. Muitos arqueólogos veteranos,
como o dr. O. R. Sellers, o dr. Bull e outros, ajudaram o dr. Wright. Foram encontrados
templos, portas e um grande número de peças de alvenaria, ferramentas, moedas e
objetos menores. E grande parte da história — secular e bíblica — vem sendo
confirmada. Os escavadores encontraram restos de um grande muro da Idade do Bronze
Médio (época de Abraão e Jacó) e nele uma porta, com toda probabilidade a mesma
para onde Hamor e seu filho Siquém se dirigiram a fim de consultar os principais
homens da cidade acerca das relações com Jacó e o povo deles (Gn 34:20-24). Dentro
da cidade, havia um sólido edifício com paredes de 5 m de espessura que cercavam uma
superfície de 10 x 12 m. Duas fileiras de colunas sustentavam o teto e possivelmente um
segundo piso. A entrada dava para o sudeste, e tudo indica que era flanqueada por duas
torres providas de torrezinhas. A estrutura foi edificada durante a Idade do Bronze
Tardio e ainda existia no período dos juízes. Era sem dúvida a “torre de Siquém”, que
Abimeleque queimou com “cerca de mil homens e mulheres” da cidade, que se haviam
refugiado ali (Jz 9:46-49). Perto de Siquém foi desenterrado um grande templo,
identificado como o de Baal-Berite.
Ver tb: Gn 12:6, Gn 33:18, Gn 37:12, Js 20:7, Js 24:1, Js 24:25, Js 24:32, Jz 9:23, Jz
9:41, Jz 21:19, 1Rs 12:1, 1Rs 12:25, 1Cr 7:28, 2Cr 10:1, Sl 60:6, Sl 108:7, Jr 41:5, Jo
4:6, At 7:16

 

fonte: BIBLIA THOMPSON

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *