Livro de Ester.

Mordecai era primo de Ester, porém havia criado ela como uma filha.

Ester se casou com o Rei Assuero e tornou-se Rainha.

Hamã era um homem a quem o Rei Assuero honrou no reino e ele (Hamã) ordenou que todos os homens que estivessem a porta do rei se curvassem e reverenciassem a Hamã.

Dois eunucos do Rei pretendiam matá-lo mas Mordecai avisou a rainha que contou ao rei e ele pode matar os eunucos.

Mordecai não fez isso e Hamã o odiou.

Pelo ódio, pretendeu matar todos os judeus, fazendo uma lei e pagando por cada morte.

O povo passou a orar e jejuar. Mordecai contou tudo isso à rainha Ester e ela foi ter com o Rei.

No primeiro banquete, Hamã viu Mordecai sentado na porta do palácio e ficou com ódio dele.

Então Hamã conversou com seus amigos e sua esposa e deram-lhe a idéia de construir uma forca de 50 côvados e de Hamã pedir ao rei para enforcá-lo.

O rei não conseguiu dormir de noite e pediu o livro dos Feitos Memoráveis e lendo, achou o relato que Mordecai havia impedido que o rei fosse morto pelos eunucos.

No segundo banquete Ester conta ao rei que Hamã queria matar os judeus.

Enforcaram Hamã na forca que havia preparado para Mordecai e o rei ficou calmo.
Dados do autor:

Pr. Carlo Ribas
Presidente Mundial do MIL
Apóstolo da Igreja Evangélica Unção e Poder
Escritor e Conferencista Internacional
Mestrado em Teologia
Doutor em Divindade

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *