Vi novo céu e nova terra, pois o primeiro céu e a primeira
terra passaram, e o mar já não existe. — Apocalipse 21.1, AR
A
Depois do jantar, Isadora Dora e Marionete conversam sobre
a gravação do CD, na sala. Enquanto isso, no mesmo local,
seus maridos — depois de verem no telejornal que mais um
grande terremoto aconteceu no Japão — continuam a conversa
es-catológica, saboreando um delicioso café que Marionete
acabara de preparar.
— Dorinha, qual será a canção principal do seu novo CD? Foi
você que a compôs? — pergunta Marionete.
— A maioria dos hinos é composição minha e do Bibliófilo. O
primo dele, o Musicófilo, que é ministro de louvor, também com
pôs uma música e ajudou-nos com outras duas. Todas falam da
volta de Jesus e das moradas celestiais. Mas o hino-tema é uma
composição antiga.
— É mesmo?
— Sim. Bibliófilo me convenceu a resgatar dois hinos antigos,
que marcaram a sua juventude, e um deles acabou ficando como o
principal por encaixar-se perfeitamente com o título do CD: Man
sões Celestiais.
— Canta um pedacinho, querida — pede Bibliófilo, atento à
conversa da esposa.
— Bi, não faz isso comigo. Você sabe que não gosto de cantar
à capela.
Erros Escatológicos que os Pregadores Devem Evitar
— Canta, vai. Eu ajudo você.
— Canta! Canta! Canta! — gritam em coro Títere e Marionete,
batendo palmas.
— Tá bom, tá bom… — responde Isadora Dora, um pouco
constrangida, e começa a cantar, timidamente.
Este mundo jamais pode me separar dos valores celestiais que
eu vou receber. Meu tesouro e esperança estão no meu novo lar.
Sou herdeiro com Cristo, vou com Ele morar.
Céu, lindo céu. Céu, lindo céu. Há mansões celestiais todas feitas
por Deus. Céu, lindo céu. Céu, lindo céu. Eu vou pro céu, lindo
céu com Cristo, eu vou morar no lindo céu.
— Que lindooo! — exclama Marionete. E todos aplaudem.
Bibliófilo, com lágrimas nos olhos, começa a falar sobre o céu.
Ele perdeu a sua mãe, irmã Glória, há alguns meses e sente muita
saudade dela. Sua esposa já sabia que ele iria chorar… Ao vê-lo
emocionado, sem conseguir falar com desenvoltura, ela o abraça e
começa a cantar, bem baixinho, outro hino bastante conhecido.
Lá verei meu pai. Lá verei minha mãe. Lá verei Isaque e Jacó.
Lá verei Abraão e serei seu irmão. Lá verei meu Jesus com as marcas
nas mãos.
O que era para ser apenas uma pequena amostra do CD de Isadora
Dora se transformou em um momento marcante. Todos sentiram
a presença real do Senhor e se alegraram muito. Abraçados,
choraram copiosamente e glorificaram a Deus por terem a certeza
absoluta de que os seus nomes estão escritos no livro da vida e de
que, em breve, estarão para sempre nas mansões celestiais.

 

fonte: Erros Escatológicos que os Pregadores Devem Evitar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *