(Lucas 12.13-21)

“…15 E disse ao povo: Acautelai-vos e guardai-vos de toda espécie de cobiça; porque a vida do homem não consiste na abundância das coisas que possui. 16 Propôs-lhes então uma parábola, dizendo: O campo de um homem rico produzira com abundância; 17 e ele arrazoava consigo, dizendo: Que farei? Pois não tenho onde recolher os meus frutos. 18 Disse então: Farei isto: derribarei os meus celeiros e edificarei outros maiores, e ali recolherei todos os meus cereais e os meus bens; 19 e direi à minha alma: Alma, tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe, regala-te. 20 Mas Deus lhe disse: Insensato, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? 21 Assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus.”

Afirmação Teológica: Uma das maiores verdades deste texto bíblico é a seguinte: O HOMEM SÁBIO AJUNTA PARA SI VALORES ETERNOS; O LOUCO, AJUNTA COISAS DE VALOR TERRENO.

– O que tanto temos juntado por aí? Quais BENS nossa alma tem ajuntado por aí?

  1. BENS MATERIAIS? – Louco, se esta noite te pedirem a tua alma, o que tens ajuntado, para quem será?

Tudo o que você tem ficará aqui e, se for bem realista, você terá que admitir que não pode nem sequer decidir com quem ficarão as suas coisas . Alguém usará o seu carro, morará em sua casa, talvez até use suas roupas e seus sapatos, ouça os seus CDs, leia os seus livros e durma em sua cama. Todos os bens materiais ficarão aqui! Se você não ajuntar tesouros no céu, chegará diante do tribunal de Deus pobre, cego, miserável e nú.

  1. EXPERIÊNCIA DE VIDA?-Toda a sua experiência de vida, por mais rica e importante que tenha sido, será útil para você até o dia da sua morte. Toda a sua experiência de vida não te servirá pra nada no outro lado, porque a vida lá do outro será completamente diferente desta. Se você não tiver uma experiência pessoal com Jesus Cristo aqui nesta vida,  chegará diante do tribunal de Deus na qualidade de “desconhecido” de Deus (Mateus 7.23: “Então lhes direi claramente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade”).
  2. RECONHECIMENTO HUMANO, INFLUÊNCIA?-Toda as suas medalhas, troféus, diplomas, honra ao mérito, amigos influentes e coisas semelhantes, serão úteis para você até o dia da sua morte. Todo o reconhecimento humano e influência que você puder ajuntar nesta vida não te servirão pra nada no outro lado, porque lá do outro lado só há um reconhecimento: o de Jesus – se ele te reconhecer, você entra; senão, ficará do lado de fora. Se você não se reconciliar com Deus, por meio da fé em Jesus Cristo,  chegará diante do tribunal de Deus na qualidade de inimigo de Deus (Romanos 5.10: Nós éramos inimigos de Deus, mas fomos reconciliados com Ele pela morte de seu Filho).

CONCLUSÃO: Bens materias, experiência de vida e reconhecimento humano são valores terrenos e passageiros. Para nos apresentarmos diante de Deus temos que ajuntar para nós valores eternos.

Autor: Pr Franco

Adaptação: Ir. Augusto César Campos Mendes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *