Mas tu, por que julgas teu irmão? Ou tu, também, por que
desprezas teu irmão? Pois todos havemos de comparecer
ante o tribunal de Cristo. — Romanos 14.10
Marionete está ansiosa com a viagem para Levitópolis,
onde a sua amiga, a rantora ^ d o ra Dora grsMra o
seu CD ao vivo.
— Títere, o que você acha de irmos ao shopping? Estou preci
sando comprar roupas e uma bota nova para a nossa viagem. Em
Levitópolis faz muito frio.
— Não exagere na quantidade de bagagem, hein, Nete! O carro
do professor Bibliófilo é grande, mas a irmã Dora também deve
levar bastante coisa. Leve somente o necessário.
— Você ainda não entende as mulheres… Quando viajamos,
levamos muito mais que o necessário, para termos várias opções
de combinação e escolher nâ hora a melhor roupa, o sapato que
combina com a roupa…
— Por que vocês não procuram prever tudo antes?
— Não vou nem responder, seu machista!
— Desculpe, meu amorzinho — Títere abraça Marionete carinhosamente
e a beija.
— Tá bom, Tite, jár chega… Agora deixa eu me arrumar.
— Vamos lá. Eu também preciso comprar um livro que o pro
fessor Bibliófilo recomendou na Escola Bíblica Dominical.
Erros Escatológicos que os Pregadores Devem Evitar
— Para variar, né? Em breve, teremos de comprar uma casa só
para guardar livros. Tem livro na sala, no nosso quarto, na cozi
nha, no banheiro…
— Mas os livros que o professor indica são muito bons. Não
posso deixar de adquiri-los.
— Qual ele recomendou, dessa vez?
— Esqueci o título, mas sei que fala do Tribunal de Cristo, das
Bodas do Cordeiro, da Grande Tribulação, etc. Ele apresenta a
ordem cronológica de todos os eventos futuros, desde o Arrebata
mento da Igreja até o Juízo Final.
— Como você pretende encontrá-lo, se não sabe o título?
— É um lançamento.
— Ah, então procure rapidinho no Google.
— Não é preciso, pois eu me lembro do nome da autora. É só
perguntar na livraria.
— Autora? Meu marido vai ler o livro de uma mulher?
— Viu como não sou machista?
— Quem é essa escritora?
— É uma especialista em assuntos escatológicos: Ellen Sinabem.
— Quem disse que as mulheres não entendem de Bíblia?
— É verdade. O professor Bibliófilo falou que essa autora é
inteligente, piedosa e tem muita facilidade para explicar a escatologia
bíblica. É uma ensinadora de mão cheia.
— OK, querido. Vou me arrumar, agora.
— E eu vou tomar um banho rápido para a gente sair.
Uma hora depois…
— Nete, aconteceu alguma coisa? Por que está demorando tan
to para se aprontar? Posso entrar? — pergunta Títere, ao perceber
que sua esposa está em seu quarto há um bom tempo.
— Pode, sim, amor.
— O que está havendo, Nete? Está triste com alguma coisa?
— Não. Fique tranquilo. Só estou um pouco pensativa.
— Com o quê?
— Naquele dia que o Bibliófilo e a Dora estiveram aqui, não
pudemos assistir ao vídeo sobre a seita dos iluminados…
— llluminatis.

— É isso mesmo: illuminatis. Eu sempre me confundo. Então,
Tite. Eles acabaram ficando até tarde. E, como eu estava muito
curiosa, tentei ver o DVD, no dia seguinte…
— Não conseguiu ver? Estava com defeito?
— Para dizer a verdade, eu fiquei pensando em tudo o que con
versamos com o irmão Bibliófilo. Ele fez menção do Tribunal de
Cristo e que todas as nossas obras serão julgadas.
— Exatamente. Mas não se trata de um julgamento para con
denação. Ele deixou claro isso.
— Eu sei, querido. Mesmo assim, fiquei pensando sobre algu
mas coisas que tenho feito, pois a Bíblia diz que tudo o que fizer
mos será considerado por Deus, no Juízo Final.
— Juízo Final, não. Tribunal de Cristo.
— Não é um nome diferente para um mesmo juízo, como Tri
bunal de Cristo, Trono Branco e Juízo Final?
— Não, meu amor. Tribunal de Cristo é um tipo de julgamento
só para os salvos. E Trono Branco ou Juízo Final é um julgamento
para os ímpios. Este, aliás, tem esse nome porque será o último de
todos os juízos.
— O último de todos? Quantos juízos acontecerão?
— Eu não sei direito… Por que você acha que vou comprar o
livro da Ellen Sinabem? Mas uma coisa é certa: Tribunal de Cristo
e Trono branco são julgamentos completamente diferentes, para
públicos distintos.
— OK. Entendi. Mas o Bibliófilo falou que haverá um julga
mento em que nós vamos comparecer para prestar contas a Deus
de tudo o que tivermos feito.
— Sim, o Tribunal de Cristo. Com o que você está preocupada?
— Por exemplo, eu comprei um DVD pirata. Já é um erro. Eu
baixei um livro da internet sem autorização da editora e do autor.
Pequei de novo. Discuti com a irmã Jurema Arruda…
— Essa irmã também é muito teimosa e gosta de uma confusão,
não é?
— Eu sei, Tite. Mas devemos suportar os nossos irmãos.
— Isso é verdade.
— E outra coisa: eu sempre tive um pouco de inveja da Isadora
Dora, pois ela canta bem, é muito requisitada pelas igrejas. E agora
estou me sentindo muito mal pelo fato de ela estar me tratando
tão bem…
— Meu Deus! Você nunca me falou que a invejava, Nete. Então,
é por isso que fazia aqueles comentários maldosos?
Marionete balança a cabeça verticalmente, respondendo de
forma positiva à pergunta do marido.
— Olha, querida, Deus então preparou essa oportunidade de
viajarmos juntos para você pedir perdão a ela.
— É verdade.
— Faça isso. Você varse sentir bem melhor. Agora, quanto às
outras coisas, peça perdão a Deus e siga em frente.
— Isso mesmo. Inclusive, já joguei o DVD fora.
— Não acredito! O Bibliófilo me ligou ontem. E eu lhe prometi
que levaria o vídeo na viagem, para o assistirmos em Levitópolis.
O professor foi convidado para dar uma palestra sobre o assunto
e me perguntou se ainda tinha o DVD em casa.
— Ele sabe que o vídeo é pirata, não sabe?
— Nem conversamos sobre isso.
— Agora é tarde…
— Tudo bem. No YouTube tem um monte de vídeos dessa série.
Não se preocupe com isso. Eu dou um jeito. Agora, se anime.
Marionete fica aliviada com as palavras de seu esposo, mas
chora um pouco. Eles, então, oram e vão ao shopping. Depois de
efetuarem algumas compras, voltam para casa. Títere está visivelmente
cansado e um pouco decepcionado. Além de sua esposa ter
demorado muito para escolher suas roupas novas, ele não encontrou
o livro que queria comprar.
Como era sábado, Títere toma um banho e começa a estudar a
revista da Escola Dominical, mas acaba adormecendo no sofá.
— Tite, Tite, Titeee — Marionete acorda o marido, batendo em
seu braço.
— O que foi, querida? — acorda Títere, assustado.
— Vá para a cama.
Títere escova os dentes e se deita, enquanto Marionete perma100
Não Confunda o Tribunal de Cristo com o Trono Branco
nece acordada e conversa pelo MSN com a sua irmã, Maringênua.
Maringênua, uma jovem de 18 anos, acabou de confessar à irmã
um grande erro cometido com o seu namorado.

 

fonte: Erros Escatológicos que os Pregadores Devem Evitar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *